“A democracia está em perigo”

Quem disse isso? O golpista Zelaya. Pediu para voltar ao governo de Honduras até 27 de fevereiro, quando teoricamente terminaria seu mandato. Isso antes de trair a Constituição, pedindo “referendo para a própria reeeleição”. O que é proibido expressamente pela Constituição.

O pedido para Zelaya voltar ao governo foi votado pelo Congresso e a favor dele, ficaram apenas 14 deputados.

Tem que sair da embaixada do Brasil

O vergonhoso episódio de sua “hospedagem” no território do Brasil, precisa terminar. O Brasil deveria dar 48 horas para ele ir embora. No Itamaraty de outras épocas, Zelaya jamais teria sido “hospedado”. Mas no Itamaraty de Celso Amorim, tudo é possível.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *