Fernando Pessoa no Brasil de hoje: “Roubar é preciso, navegar não é preciso”

Resultado de imagem para navegar é preciso CHARGES

Charge do Luiz Caetano, reprodução do Arquivo Google

José Carlos Werneck

Diante das últimas notícias sobre as delações premiadas, cheguei à conclusão de que atualmente “roubar é preciso”. E, para não fugir à regra, roubei o poema de Fernando Pessoa, plagiando, embora de maneira extremamente mambembe, o grande poeta lusitano. Antigamente, políticos sérios como Ulysses Guimarães tinham uma frase gloriosa: “Governar é preciso; viver não é preciso.” Atualmente, a frase foi com certeza modificada. E ficou assim: “Levar uma vida digna, ser honesto e ético não é mais preciso; o que é necessário é roubar”.

Está mais do que comprovado que agora o objetivo de grande parte das autoridades, sejam de quais poderes forem, é simplesmente usurpar os recursos públicos, mesmo que isso ocorre por meio de penduricalhos salariais, cartões corporativos e outros artifícios supostamente legais. Portanto: roubar é preciso!

NOVAS VERSÕES – O espírito desta frase, transformada, atualmente passou a ser “administrar não é preciso, o que é necessário é roubar”. Com os acréscimos, do tipo “conto gozar a minha vida e roubar bastante, porque só quero torná-la grande e para isso vou roubar cada vez mais e mais”. Ou mesmo “só quero roubar de toda a humanidade, ainda que para isso tenha de perder toda a dignidade e a vergonha, se é que as tive algum dia”.

Há, também a versão “cada vez mais assim penso, cada vez mais ponho meus objetivos em execução, e na essência do meu sangue o propósito pessoal é me engrandecer e seguir roubando, para ficar cada vez mais rico”.

Ou a variável “é a forma que em mim tomou o objetivo de minha vida, só quero me tornar rico e poderoso, ainda que para isso o meu corpo e a minha alma tenham de ser a lenha desse fogo”. E ainda a que defende que “só quero me tornar mais rico e sem escrúpulos, ainda que para isso tenha de trair todos os bons princípios, e cada vez mais assim penso, cada vez mais esta é a minha finalidade, porque é a forma que em mim tomou o misticismo da nossa época”.

O fato concreto é que chegamos ao limite. Essa pouca vergonha, essa imundície e essa roubalheira têm urgentemente que acabar!

18 thoughts on “Fernando Pessoa no Brasil de hoje: “Roubar é preciso, navegar não é preciso”

  1. Julgar ladrão é preciso !!!

    O Ministro do STF Edson Fachin tem que aceitar o novo pedido de liminar da PGR, que diz que réu não pode ser representante de nenhum poder da república (presidente do Senado), ou seja, outra matéria, outro mérito que depois pode ser levado pra discussão com os outros Ministros dos STF.

    ACEITA 
FACHIN !!!

  2. Artigo muito bom, analisa bem a que ponto as autoridades do Brasil chegaram..
    Não há sistema político bom, se o ser humano, em regra é mau. Cada ser humano, quando nasce carrega em seu DNA uma tendência, uma índole, e todos, com raríssimas exceções são vaidosos. A vaidade se apresenta de diversas maneiras, quantos comentaristas, aqui mesmo no blog, corrige o colega ( ainda que errado) de maneira vaidosa e ofensiva.
    Considero a vaidade a raiz de todos os males. A vaidade gera o orgulho, a ira, a inveja e a luxúria, que nada mais é, que o prazer material e a paixão, excluo o prazer sensual, porque considero o sexo um ato normal, dos seres vivos, uma necessidade fisiológica.
    Sempre houve corrupção em todos os governos, mas não como na gestão.do PT. Porque? Quando a corrupção é comandada pelo alto escalão do governo, inclusive o presidente da república, embora, naquele momento, não se possa provar, mas governadores, prefeitos e a maioria do três poderes, sabia, que o assalto aos cofres públicos estava funcionando a todo vapor.Então, os de má formação de caráter, se acharam no direito de roubar, num espetáculo de salve-se que puder. Quando o mal exemplo vem de cima, espalha-se como uma doença contagiosa.
    Como nenhum presidente da república tem condições de fazer uma verdadeira faxina na política brasileira, só nos resta a esperança da Lava Jato fazê-la.
    Se a força tarefa da Lava Jato for fundo, vai ser difícil encontrar um governador ou prefeito que não estejam envolvidos em corrupção…

  3. O nome do presidente Michel Temer aparece 43 vezes no documento do acordo de delação premiada de Cláudio Melo Filho, ex-vice-presidente de Relações Institucionais da Odebrecht.

    O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, é mencionado 45 vezes e Moreira Franco, secretário de Parceria e Investimentos do governo Temer, 35.

    O ex-ministro Geddel Vieira Lima, que pediu demissão recentemente, surge em 67 trechos.

    O líder do governo no Congresso, Romero Jucá (PMDB-RR), apontado como o “homem de frente” das negociações da empreiteira no Congresso, tem 105 menções no relato, um arquivo preliminar, ao qual a Folha teve acesso, do que o ex-executivo vai dizer em depoimento às autoridades da Lava Jato.

    De acordo com Melo Filho, o presidente Temer atua de forma “indireta” na arrecadação financeira do PMDB, mas teve papel “relevante” em 2014, quando, segundo ele, pediu R$ 10 milhões a Marcelo Odebrecht para a campanha eleitoral durante jantar no Palácio do Jaburu, em maio de 2014.

    Segundo o delator, Temer incumbiu Padilha de operacionalizar pagamentos de campanha. O ministro, diz o ex-executivo, cuidou da distribuição de R$ 4 milhões daqueles R$ 10 milhões: “Foi ele o representante escolhido por Michel Temer –fato que demonstrava a confiança entre os dois–, que recebeu e endereçou os pagamentos realizados a pretexto de campanha solicitadas por Michel Temer. Este fato deixa claro seu peso político, principalmente quando observado pela ótica do valor do pagamento realizado, na ordem de R$ 4 milhões”.

    “Chegamos no Palácio do Jaburu e fomos recebidos por Eliseu Padilha. Como Michel Temer ainda não tinha chegado, ficamos conversando amenidades em uma sala à direita de quem entra na residência pela entrada principal. Acredito que esta sala é uma biblioteca”, disse o delator, que conta detalhes do jantar.

    “Após a chegada de Michel Temer, sentamos na varanda em cadeiras de couro preto, com estrutura de alumínio. No jantar, acredito que considerando a importância do PMDB e a condição de possuir o Vice-Presidente da República como presidente do referido partido político, Marcelo Odebrecht definiu que seria feito pagamento no valor de R$ 10 milhões”, diz.

    “Claramente, o local escolhido para a reunião foi uma opção simbólica voltada a dar mais peso ao pedido de repasse financeiro que foi feito naquela ocasião. Inclusive, houve troca de e-mails nos quais Marcelo se referiu à ajuda definida no jantar, fazendo referência a Temer como ‘MT'”, ressalta o ex-executivo da Odebrecht.

    Um dos endereços de entrega foi o escritório de advocacia de José Yunes, atual assessor especial da Presidência da República.

    Segundo o delator, “o atual presidente da República também utilizava seus prepostos para atingir interesses pessoais, como no caso dos pagamentos que participei, operacionalizado via Eliseu Padilha”.

  4. Já que este governo corrupto fala tanto em contas, vamos lá: déficit de 172 bi + 50 bi da repatriação de dinheiro surrupiado = 222 bi. Pergunto, onde está este dinheiro. A Dilma teríamos um déficit de 120 bi e impediram a Janete de continuar. São 100 bi há mais que ninguém sabe para onde está indo? Temer não cortou nada, na realidade, aumentou tudo, cartão corporativo nas alturas já que sua mulher é gulosa na gastança. Aviões da FAB voando mais que urubu, levando os corruptos do PMDB para todos os cantos. Muito pelo contrário, esta caricatura de presidente aumentou todas as despesas.

  5. Temer só não baterá Sarney na lambança que deixará para trás. Serão dez anos perdidos e todos os direitos sociais cassados por este laranja do Sarney e Renan. Se este traíra não cair, o país vai afundar na lama. E olha que não estou chamando ele de traíra por causa da Janete, ele traiu Janete e trai o povo brasileiro. Esta reforma da previdência é o maior assalto aos direitos sociais jamais vistos no Brasil.

    • Veja a situação dos jovens no mercado de trabalho ——-No Brasil, apenas 36% dos jovens entre 15 e 24 anos têm emprego, outros 22% já trabalharam mas estão desempregados atualmente; na média, os jovens demoram 15 meses para conseguir o primeiro emprego ou uma nova ocupação, nas regiões metropolitanas. No total, 66% deles precisam trabalhar porque todo o seu ganho, ou parte dele, complementa a renda familiar.——–Se após conseguirem um emprego , não ficando desempregado um dia sequer, ele se aposentará com quantos anos , tendo de contribuir 49 anos com o INSS . Fascismo higienista.

  6. Título apropriado do artigo, que retrata com perfeição o atual estágio de corrupção e desonestidade que tomou conta do País, portanto, parabéns, Werneck, pela ótima escolha!

    Roubar tem sido a única atividade dos Três Poderes. Se o Judiciário (leia-se STF) não tem acesso às maneiras de lesar o erário público, os ministros roubam a expectativa do povo quanto a esperar que a Justiça seja feita!

    Acumpliciado com Executivo e Legislativo, hoje somos comandados por criminosos, e com a chancela de um grupo de pessoas que teria como responsabilidade, isenção e imparcialidade, julgar e condenar os envolvidos em práticas delituosas.

    Não só a frustração se abate sobre a população, como passa a constatar que o Brasil virou uma legítima anarquia entre os Poderes, cabendo ao cidadão arcar com os danos e prejuízos ocasionados, como ainda é punido pela recessão econômica, desemprego, inadimplência, consequentemente, e não antevendo um futuro algum para si e País diante destas crises política, social, econômica, ética e moral, que nos devastam como nação!

    Se um tumor maligno pode levar à morte, e tem como salvar o paciente se deixar que seja extirpado o mal que o aflige, cabe ao povo fazer o mesmo com os poderes que o humilham, exploram, e lhes tiram até mesmo a sustentabilidade, arrancá-los de suas poltronas e eliminá-los!

    Ou fechamos o Legislativo ou seremos aniquilados pelos ladrões, inúteis e vagabundos parlamentares, o câncer brasileiro, que nos leva inexoravelmente para uma era de miséria, desespero e total desorganização social!

    Ou este governo pífio e medíocre de Temer, igualmente cúmplice de criminosos através desta administração corrupta e desonesta não seja apeada do poder ou, então, conforme determinação do Legislativo e protegido pelo STF, o povo viverá momentos de extrema crueldade, pois sem dinheiro e emprego, sem ter como se alimentar e dar de comer para seus filhos, os próximos dias nos reservam sangue, suor e lágrimas!

    Pergunto:
    E os causadores desse nosso sofrimento continuarão impunes e imunes aos crimes que praticaram?

    Seguirão livres, leves, soltos, e ricos?

    Para nós coube pagar os roubos que cometeram e perder direitos adquiridos ao longo do tempo?

    Quais serão as parcelas de contribuição dos Poderes com relação à crise?

    Alguém sabe se os parlamentares terão seus salários reduzidos?

    Se diminuirão suas “despesas pessoais”?

    Se terão menos aspones?

    E o Judiciário, terá menos penduricalhos em seus vencimentos?

    O Executivo se preocupará mais em nomear ministros que não sejam bandidos?

    O servidor público estadual deixará de ser “punido” por governadores medíocres e incompetentes, corruptos e desonestos, que querem lhes diminuir os ganhos, aumentar a participação na Previdência, receber seus proventos em atraso ou em parcelas, enquanto os demais Poderes recebem em dia e antecipadamente?

    Evidente que essas perguntas terão como resposta um sonoro NÃO!

    Assim, ÀS ARMAS!

    Uma vez condenados à morte por um governo ladrão, seguido por um Legislativo e Judiciário que somente agem em defesa de seus interesses e conveniências, que morramos lutando, bramindo nossa voz e disposição física contra esses traidores, contra esta gentalha canalha, contra esses despautérios diários!

    Ou renovemos o grito de Independência ou Morte ou que balbuciemos até o último suspiro por Dependência e Morte!

    A escolha é de cada um.

    A minha, diz que sou voluntário para movimentos que visem expurgar do poder os ladrões, os criminosos, os assassinos de um povo inculto e incauto, que foi enganado e levou este País para ser o quarto mais corrupto do mundo!

    Se quiserem contar com a minha experiência estou à disposição, mas,
    FORA TEMER E ESTE PARLAMENTO DESGRAÇADO, LADRÃO E VAGABUNDO!

    Eliminar esta gente é preciso, navegar é para marujos!

      • Caro Werneck,

        A honra foi minha em poder concordar com o teu artigo verdadeiramente importante e inteligente sobre as questões que envolvem o governo e o país!

        O título escolhido veio a calhar, pois só o que temos visto é roubo, legislações em causa própria, artimanhas políticas, enquanto o Brasil continua estagnado, aumentando os índices de desemprego, inadimplência, e ocasionando o terror entre a população.

        Não há mais governantes. Estados e prefeituras estão falidos, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, fala-se que Minas será o próximo estado NESTA CONDIÇÃO. Ribeirão Preto está um caos, uma das maiores cidades de São Paulo, acho que a terceira ou quarta, depois de Campinas ou Santos. Porto Alegre não tem como pagar o 13º para seus funcionários, assim como o RS, e assistimos passiva e IRRESPONSAVELMENTE os ladrões receber seus polpudos vencimentos em dia, até mesmo antecipados, enquanto o povo sofre, e é punido pelas administrações corruptas e desonestas, além de arcar com os custos dos roubos incalculáveis às estatais, fundos de pensão, empréstimos consignados, e agora até mesmo o Fiés, que falam em desvios de mais de VINTE BILHÕES DE REAIS!

        Pois é contra esta clamorosa injustiça que me rebelo, que me coloco à disposição de lutar contra os ladrões, os causadores de nossas desgraças, aqueles que são traidores dessa nação e desse povo que hoje amarga e pena ter eleito criminosos para comandá-lo!

        Lamentavelmente desta vez não poderemos contar com as FFAA para nos livrar desses bandidos encastelados no Congresso, Assembleias e Câmaras Municipais.
        Caberá somente ao povo resolver seus impasses, haja vista o Exército estar muito bem acomodado nas casernas brincando de soldado, bordando, pregando botões, aprendendo a cozinhar, tricotando, e depois de meio expediente vai para casa “descansar”!

        Como compensação de salários até então defasados, os milicos começam a “trabalhar” segundas à tarde, terça, quarta, quinta e sexta somente pela manhã, e têm um longo fim de semana para gastar seus nababescos proventos de meio expediente, porém ganhando salários integrais!

        Ora, vão se incomodar para quê?!

        Vão assumir um rabo de foguete com que intenção?

        O povo está só, abandonado, fragilizado, alquebrado, sem dinheiro, emprego, perspectiva de vida.

        Apesar desta situação dantesca, este é o momento para reagir, pois, a meu ver, petistas e não petistas poderiam se unir em defesa de si mesmos, de suas vidas, de seus sustentos, de seus filhos e famílias!

        Enfim, não vou para o túmulo sem ver o meu país lutar pelo que lhe pertence, e não morrerei sem enfrentar quem me ofende e me quer ver morto de fome, sem trabalho, sem ganho algum, enquanto os criminosos se auferem cada vez mais proventos absolutamente em desacordo à realidade brasileira e à média salarial do povo!

        Jamais imaginei ver o meu Brasil nesta situação caótica, e justamente ocasionada pelos poderes, que hoje se mantém distante do povo e do país como se não existíssemos, apenas para servir de exploração e fonte de arrecadação de impostos, mediante um período de quase MEIO ANO onde somos escravos de um governo incompetente, pífio, fraco, sem moral, desonesto e corrupto como os demais que lhe antecederam!

        Se esta escravidão e terror agrada alguns, a mim me revolta, então, quem quiser me acompanhar, ÀS ARMAS!

        Outro abraço, Werneck.
        Muita saúde, pois é preciso!

    • Assino embaixo. Só não concordo com o quarto país mais corrupto do mundo, no meu entendimento, é o país mais corrupto do mundo. Não tem prefeitura, não tem Estado, não tem um órgão público que tenha um contrato dentro da lei.

  7. Caro Dr. José Carlos Werneck,
    Excelente o POST, pois debocha com irreverência dessa corja de malfeitores que assaltou o Estado brasileiro.
    Concordo em gênero, número e grau com a sua conclusão “O fato concreto é que chegamos ao limite. Essa pouca vergonha, essa imundície e essa roubalheira têm urgentemente que acabar!”.
    No entanto, pergunto-lhe: como fazer para acabar com essa ESCULHAMBAÇÃO se estamos DESARMADOS?

    • Prezado dr.Belem,

      Uma das maiores resistências que a história registra foi a de Stalingrado, onde o povo lutou SEM ARMAS contra os nazistas!

      Os invasores que tombavam vitimados por um revólver ou funda, a sua arma era rapidamente tomada por um cidadão, que passava a defender a sua cidade, a sua vida e a de seus familiares.

      Existem muitas pessoas que não estão sem alguma arma para se defender. Não seria difícil organizá-las, deixando na retaguarda aqueles que somente possuem armas brancas, que também podem ser fatais se bem usadas.

      Mais a mais, não acredito que as polícias civis e militares matariam o povo revoltado, se eles mesmos estão sendo prejudicados e lesados pelo Legislativo e Executivo.

      Digo mais:
      Acho que, lá pelas tantas, esses homens se engajariam no movimento de retomada do poder pela população, de modo a livrarem-se desse jugo caótico e nefasto que temos, e que nos leva inexoravelmente para o cadafalso!

      Eu não vou ficar assistindo pacatamente este desmonte nacional sem antes me rebelar, lutar, me defender até a morte, pois jamais serei arrastado vivo para qualquer prisão por ter lutado contra usurpadores, criminosos, ladrões, indivíduos da pior espécie!

      Temos, sim, como nos fazer impor sem armas. Basta que milhares de pessoas estejam unidas, e quero ver a tropa que dará conta de dispersar cem ou mais pessoas por policial, é só um questão de organização e disciplina tática.

      Um abraço.
      Saúde, muita saúde!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *