Jucá insiste em ficar como ministro e o presidenteTemer terá de demiti-lo

Jucá diz que sua permanência não prejudicará o governo

Machado Da Costa
Folha

Apesar de ser o protagonista da primeira crise enfrentada pelo presidente interino, Michel Temer, o ministro do Planejamento, Romero Jucá, diz que sua permanência à frente da pasta não prejudica a imagem do novo governo. Segundo Jucá, Temer o apoiou na escolha de permanecer no Planejamento e reiterou que irá junto do presidente entregar a nova meta fiscal, à tarde, no Congresso Nacional. Eles vão se reunir com o presidente do Senado, Renan Calheiros, para definir a votação. Embora Jucá acredite que não há crise, na manhã desta segunda-feira (23), a bolsa abriu em queda e o dólar alta, o que mostrou o temor dos investidores com o risco causado pelo ministro.

Próximo do meio dia, cerca de 50 manifestantes ocuparam a frente do Ministério do Planejamento. Eles pedem a saída de Michel Temer e acusam Jucá de ser golpista. “Temer mal consegue montar sua equipe, porque os políticos sérios sabem que foi um golpe o que aconteceu”, acusa um dos manifestantes.

“Eu tenho um entendimento errado sobre a imagem do governo e a bolsa. Acho que a bolsa caiu porque a minha saída seria uma baixa para a equipe econômica. Eu faço uma leitura diferente, respaldado pelos agentes econômicos”, afirma Jucá.

“RETIRADOS DO CONTEXTO”

Durante entrevista coletiva, o ministro insistiu na tese de que os trechos publicados pela Folha foram retirados de contexto.

“Estou dizendo que as frases que estão ali, eu tenho repetido abertamente. Disse o mesmo no Roda Viva, na Veja e também na Isto É”, diz.

Jucá explicou porque se recusou a responder à Folha os questionamentos que lhe foram enviados. O ministro havia escalado o advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, para responder às perguntas da reportagem.

“O assunto foi encaminhado ao Kakay porque ele é o advogado. Não vou ficar dando informações sobre o processo judicial. Eu não confio no repórter e nem no veículo. Eu não sei a que ponto passariam a verdade. Eu tenho o direito de colocar o que eu entendo. Para falar com a Folha, eu preciso saber quais são os termos. Por isso, o doutor Kakay tratará de qualquer questão judicial, até para que não tenhamos um desgaste sobre algo que não existe”, afirmou Jucá.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
A Folha respondeu que as informações publicadas não foram retirados de contexto. Juca não quer sair e Temer terá de demiti-lo, caso contrário ficará totalmente desprestigiado.É isso que vai acontecer daqui a pouco. (C.N.).

18 thoughts on “Jucá insiste em ficar como ministro e o presidenteTemer terá de demiti-lo

  1. É só o Temer repetir o gesto republicano de Itamar quando teve seu ministro acusado: mandou que se afastasse até que esclarecesse a situação. Provada sua inocência, acabou voltando.

  2. O TEMER ter nomeado o JUCÁ ministro, foi literalmente uma TEMERIDADE, agora esta com o”pepino” nas mãos para tentar descascar.
    “Se alguma coisa pode dar errado, dará. E mais,
    dará errado da pior maneira, no pior momento e de modo que cause o maior dano possível”.
    Esse tal de MURPHY sabia o que dizia. Nomear um indivíduo como esse ROMERO JUCÁ, para ministro, só poderia dar nos que esta dando.
    Não é de hoje que frequenta as páginas do livro negro da república.
    Tem as histórias dos financiamentos que nunca pagou, das fazendas fantasmas dadas em garantia e o próprio arquivamento dos processos,
    não por absolvição, mas por prescrição. A justiça demorou tanto, que o Jucá se safou.
    É um “safo” por natureza, agora o Temer deve confirmar ou não esta sua “virtude”.
    Que Deus tenha piedade de nós.

  3. ###
    NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG – A Folha respondeu que as informações publicadas não foram retirados de contexto. Juca não quer sair e Temer terá de demiti-lo, caso contrário ficará totalmente desprestigiado.É isso que vai acontecer daqui a pouco. (C.N.).

    PERFEITÍSSIMO!!!

  4. Zé da Zica foi perfeito no seu comentário, e mais ainda me alegro que Newton e o Dr.Werneck concordam comigo, conforme comentários meus postados em pagina anterior, mas a respeito do mesmo assunto.
    Jucá se não for demitido, pois alega que não vai sair, acaba com o governo, que se chamará de Temer, o Breve!
    Então, a solução será eleições GERAIS, repito, GERAIS!

  5. Como essas gravações são parte de um processo de delação premiada, devemos seguir atentamente o comportamento das bancadas dos diversos partidos, principalmente a do PT. Não me refiro a discursos, mas a ações práticas. O PSOL vai entrar com um pedido prisão do Jucá.
    Assim poderemos ter uma noção de quem age sério ou se apenas faz um discursinho de oposição dentro da Onorata Società…

  6. Temer já deveria tê-lo demitido. O diálogo gravado é claríssimo. Cada hora que passou sem tomar a decisão inadiável, é interpretada como sinal de fraqueza. Depois as manchetes serão “Temer não resiste às pressões e demite Jucá. “

  7. Enquanto Temer chega no Congresso para discutir a meta fiscal , a OAB através de nota , pede a cabeça do Jucá:

    “O novo governo, alçado ao poder pela via constitucional e não pela via eleitoral, precisa ser um exemplo ético. Quem é investigado pela Operação Lava-Jato não pode ser ministro de Estado, sob o risco de ameaçar a chance que o Brasil tem de trilhar melhores rumos. Qualquer ação suspeita praticada pelos ministros investigados colocam o governo todo em xeque”.

    Claudio Lamachia diz que espera que o presidente em exercício Michel Temer tome medidas “à altura da gravidade da situação”
    e eis o editorial de O Globo:

    http://oglobo.globo.com/opiniao/editorial-hora-de-temer-19360657

    E isso sem falar na matéria que o Greenwald acaba de postar no Intercept.

  8. Ouvido de um político conhecido pela frieza:
    —————————————————————-

    “Dilma não demitiu Mercadante”

    “O ideal seria que Romero Jucá renunciasse. Mas, como é improvável que o faça agora, Temer tem de administrar o problema, sem se preocupar muito com a própria imagem. O de curto prazo é conter o fogo que vem do inimigo. Uma forma de fazê-lo seria enviar a mensagem que Dilma não demitiu Mercadante quando ele foi pego tramando explicitamente contra a Lava Jato. O PT, digamos assim, deu o benefício da dúvida a Mercadante. Seria só para calar a boca deles.”

    E o de médio prazo?

    “Impedir que a base no Senado se esfacele”

    E o de longo prazo?

    “Ser reconhecido como bom governante.”

    E se surgirem outras gravações?

    “Esqueça tudo o que disse. Aí o negócio é tirar Jucá o quanto antes.”
    ( OA )
    ————————————————–
    Acontece que a Folha já divulgou todo o teor da “conversa”.

  9. Lauro Jardim
    ———————————————-
    Os próximos são Renan e Sarney

    “Sérgio Machado não gravou apenas Romero Jucá.Ele também gravou Renan Calheiros e José Sarney.

    Quem teve acesso aos áudios diz que o que foi revelado hoje em relação a Jucá ‘não é nada’ comparado ao que Renan e Sarney disseram.

    As gravações foram feitas no âmbito da delação premiada que Sérgio Machado está negociando com a Procuradoria-Geral da República desde março. O acordo com a PGR foi selado na semana passada”.

  10. Tudo bem!, acho que o Temer tem de demitir o Jucá.
    Mas, é impressionante que, o PT nos 14 anos no poder, um poço sem fim de corrupção ,o líder máximo apavorado com a possibilidade de fazer companhia permanente aos petistas que já estão preso , e agora e seu partido amestrado,o PSOL, estão tendo orgasmos pela publicidade de um telefonema trocado 3 meses antes do impeachment? Esqueceram os telefonemas entre Lula e cia. ?Esqueceram que inclusive até mesmo o ex Advogado Geraldo PT, digo,da União, esta com risco de ser processado por tentativa de interferir na Lava Jato? É,petistas e associados têm a memória absolutamente seletiva , depois de tanta paulada merecida , coitados, estão tendo uma pífia oportunidade de regozijo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *