Prefeitura do Rio é tão incompetente que não consegue nem cuidar das árvores nas ruas da cidade

 Árvores “podadas” por garis…

Darcy Leite

Hoje em dia, a tarefa de cuidar das árvores da cidade do Rio de Janeiro foi delegada para a Comlurb, Companhia Municipal de Limpeza Urbana.

Em frente ao meu edifício, a calçada está toda danificada por cinco árvores (amendoeiras). Uma delas está inclinada e que já possui laudo da Defesa Civil condenando-a pelo problema dos cupins, em 2010.

Desde essa época, como síndico do meu edifício, venho ligando para a Comlurb para que essa árvore seja cortada e que seja efetuada a poda nas raízes das outras quatro. E até hoje, depois de mais de 50 (CINQUENTA LIGAÇÕES) com protocolo registrado, a Comlurb NÃO TOMOU A MÍNIMA PROVIDÊNCIA, a não ser a poda das copas das árvores, inútil para o problema.

Para aumentar o surrealismo da história, já fui intimado duas vezes, através do Condomínio, para providenciar o conserto da calçada, sob pena de multa pecuniária. Essa medida foi suspensa devido a requerimento, com fotos do estado da calçada, OCASIONADO PELAS ÁRVORES, ao órgão responsável.

A Prefeitura anulou as intimações. mas providências para o conserto da calçada, o que seria bom, NADA!!!!!!!!

E segue o bonde!!! Há mais de três anos tento resolver o problema e essa prefeitura não toma a menor iniciativa, apesar de continuar cobrando religiosamente o IPTU.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

6 thoughts on “Prefeitura do Rio é tão incompetente que não consegue nem cuidar das árvores nas ruas da cidade

  1. poderiam, me informar do que essa prefeitura sabe cuidar.Acabaram com arvores centenárias na Estrada dos bandeirantes ,na calada da noite e sem nenhum comentário.Depois vem com publicidade enganosa que é tudo pelo verde,só se for verde, os da propina.

  2. Também das luminárias apagadas, apesar do prefeito Eduardo Paes após a posse ter introduzido uma taxa na conta da Light dos munícipes sob o cínico nome de “contribuição de luminárias”. O pior é que há uma luminária constantemente defeituosa em frente a Galeria Condor, no Largo do Machado 29, ao lado do Correios, distante 100m da boca do metrô que os próprios atendentes da prefeitura informam que tal endereço NÃO CONSTA NO COMPUTADOR DO MUNICÍPIO, mas o município sabe” constar” para mandar IPTUs aos comercios, escritórios e consultórios do prédio.

  3. Além do mais, as calçadas do centro da cidade, excluindo as da Av.Rio Branco, causam males ortopédicos aos pedestres que por lá são obrigados a caminhar. A defronte ao velho banerjão da Nilo Peçanha chega a ser um risco à integridade física dos que por lá andam, que são frequentemente forçados a subirem e descerem degraus ou caminharem entre carros na rua. As ruas Uruguaiana, Rosario, Quitanda e Carmo atentam contra joelhos e colunas cervicais, quando não agravam as artroses dos que por lá caminham. Quanto ã varredura dos logradouros, há anos deixa a desejar. A fiscalização da Conlurb é precária, embora haja mais fiscais que gari, segundo se comenta. Eles são informados por garis e cidadãos sobre entulhos jogados nas ruas e não tomam providência para reprimir. As papeleiras escasseiam e, quando vandalizadas, não são substituídas. O contrôle do transito de veículos nos sinais é feiro por empregados terceirizados impotentes que os infratores não respeitam. A guarda municipal se concentra em algumas áreas e desaparece da cidade quando começa a entardecer. Bares infestados de pessoas embriagadas e sem composturas invadem as calçadas. A Praça Del Prete, na rua das Laranjeiras, é uma exemplo típico com bêbados e maltrapilhos com copos nas mãos a dificultar a circulação das pessoas até mesmo em horário escolar. Onde está o prefeito Paes que não vê essas irregularidades e desordens da cidade e não toma providências para solucionar ?

  4. Essa empresa pública da prefeitura do Rio para cortar ou podar árvores é novidade para mim. Pelo que sei e me informei meses atrás, esse trabalho é realizado por TERCEIRIZADOS e praticamente sem fiscalização ou azeitando os fiscais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *