De golpes e labaredas

Mauro Santayana (HD)

Certa militante de partido da oposição usa a internet para divulgar “golpe comunista” em 2014. Estudante pernambucano de 19 anos, para ridicularizar o gesto, cria, pelo mesmo meio, a frase “Eu Vou. Golpe Comunista em 2014. Os reacinhas piram!”, ilustrada com a foice e o martelo, e consegue milhares de “apoiadores” para  manifestação fictícia marcada para o começo do ano que vem. O banner passa a ser reproduzido em sites de direita e de extrema direita, como se tratasse de  ameaça real. Um farmacêutico de 34 anos “reage”, criando página no Facebook, sob o título “Golpe Militar 2014”.

Desta vez, no entanto, não se trata de uma “brincadeira”. Trata-se, sim, segundo ele, de “testar o apoio a um golpe militar no Brasil”, e de defender a tese de que “nenhuma solução virá das urnas”. A página, ilustrada com fotos copiadas de um site oficial do Exército, torna-se desaguadouro de comentários radicais.
O que está ocorrendo com a Nação? Estaríamos, na velocidade da internet, dando inequívoca demonstração de falta de bom senso?  Consideramos, como certos meios de comunicação, normal esse tipo de “brincadeira”? Ou os políticos, por ignorância ou omissão, desconhecem o que se passa?
NAVEGANDO NA REDE
Basta navegar pela Rede, para ver que vivemos perigoso processo de radicalização nos extremos do espectro político brasileiro. Quem usar parte de seu tempo pode encontrar dezenas de sites que pregam a quebra da ordem institucional e o fim do Estado de Direito. Há páginas de orientação nazista, integralista, sites anticomunistas católicos, blogs ligados a organizações estrangeiras, sites que afirmam representar segmentos associados à reserva das Forças Armadas, a policiais e bombeiros.
Acusado de pretender o “golpe”, o PT deveria ter tomado providências. Brincadeira ou não, ao ver seu símbolo ligado à mesma idéia, o PCB e o PC do B deveriam ter pedido à justiça a retirada do material do ar, e a proibição de sua reprodução futura.
Tudo isso mostra que é preciso aprovar, com a máxima urgência, legislação clara de proteção à democracia no Brasil. Em um país em que, todos os anos, páginas são retiradas do ar por iniciativa do Ministério Público, e a apologia do tráfico de drogas e ao racismo dá cadeia, o apelo à quebra da ordem constitucional e ao fim do Estado de Direito deve ser investigado e seus autores punidos.
A volta da democracia ao nosso país foi  conquista, árdua e sacrificada, de todo o povo brasileiro. À esquerda e à direita, não podemos brincar com fogo. É preciso que se convoquem e se unam os setores mais responsáveis da sociedade – à margem  de suas opções políticas e ideológicas –  para acabar com essas provocações, antes que se alastrem, como um vírus, contaminando o país e ameaçando a República.
This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

17 thoughts on “De golpes e labaredas

  1. Que isso? Esse texto é uma prova de como o mundo esta louco!

    São esses políticos de hoje que devem “zelar pela democracia”? Ou serão os militares igualmente corruptos? Não a ambos!!!

    Essa corrupção generalizada em todos os lados, em todas as frentes deve sim chegar a um fim! Um FIM pela mudança na consciência! Temos que tomar vergonha na cara e não aceitar mais a corrupção. Negar esse modus operandi do sistema, que muitas vezes nós mesmos alimentamos.

    Censura??? Agora querem dar argumentos justos para fazer o que sempre combateram???Jamais!!! Que seja finalmente legado a cada um colher aquilo que plantou!

    A sociedade não estaria clamando por alternativas se não estivesse sendo tão claramente explorada. Sinceramente quero ver cada um ter o que merece.

  2. AGUEM UM DIA ESCREVEU, FALOU, EM FIM :

    ” Não concordo com uma palavra do que dizes, mas defenderei até o ultimo instante seu direito de dizê-la.
    Voltaire ”

    TODO POVO TEM O GOVERNO QUE MERECE

    A SEMEADURA E LIVRE MAIS A COLHEITA OBRIGATORIA

    “Cuidado com o que desejas, pois poderás ser atendido”.

  3. Concordo com a frase: “nenhuma solução virá das urnas”, caso o sistema eleitoral continue como está. Manifesto, ainda, repúdio à reeleição – tanto no executivo, como também no legislativo. A rotatividade do Poder tem de ser maior. Acredito que não deve haver “político profissional”. Por isso, acho de bom tom a proibição de qualquer reeleição num período mínimo de 20 anos.

  4. Parece que a pessoa que assina o texto, não percebe ou se inocenta cinicamente e se excluiu do grupo daqueles que tem o compromisso de alimentar orientações tendenciosas, sempre floreando um campo minado que representa a administração do PT. Faz a defesa e enaltece o lulapetismo, sem enxergar o perigo!

    Sem deixar claro, apoia a censura prévia e o controle social da mídia tão desejada pela cúpula da Organização. Santayana escreve com rodeios favoráveis que isso aconteça o mais breve possível. E tudo, seria em nome da democracia conquistada.

    Seria bom deixar claro que aqueles que desfrutam hoje do poder, não lutaram pela democracia, nem lutaram para restabelecer o regime democrático de direito. Voltaram do exílio e abusam da história.

    É engraçado um jornalista míope da realidade cobrar alguma coisa dos políticos. E cobrar justamente a regulação da liberdade de expressão e de pensamento e etc e etc.

  5. Ora, ora! Esses são fortes sinais de que está havendo mais do que um rebuliço. Estamos constatando que a classe média está se enfurecendo. Houve uma concessão natural ao PT e seus adjacentes. Mas, essa turma, com o único projeto de se perpetuarem no poder a qualquer custo, está fazendo o Brasil perder o grande momento histórico de avançar e consolidar-se como nação desenvolvida, capaz de sustentar o crescimento econômico com base em sólidos fundamentos. Mas, essa politicalha está colocando o Brasil no retrocesso. Estamos perdendo as conquistas e, se não acudirmos a tempo, o Brasil levará muitas décadas para atingir o patamar das nações desenvolvidas. O Chile, a Colômbia, o Peru e o México enxergaram o óbvio e estão formando um mercado comum que, de cara, deixou o Mercosul no chão. Também, com esses incompetentes, amiguinhos dos importadores de papel higiênico e dos exportadores de cocaína, perdoando dívidas de nações africanas para que elas façam mais dívidas que não serão pagas, avacalhando a economia brasileira e entregando vastas extensões de terras produtivas a índios barrigudos, branquelos e carecas, que exclusivamente comem, defecam e dormem … Ferro nesses petralhas!

  6. A ditadura militar despolitizou pelo menos três gerações,a minha inclusive. Nasci em 1967 e meus pensamentos às vezes dão guinadas de 180º. vendo que o presidente do congresso é um senador que renunciou para fugiu à cassação no último mandato e se elegeu novamente. A classe política está cada vez mais desacreditada e não duvidem que muita gente prefere realmente fechar o congresso.
    Somos 0,01 por cento da população que tem discernimento e preza por uma boa discussão. A frase que o “gms” citou é muito pertinente, mas voltando à despolitização,se fossemos argentino ou de algum país europeu, já estávamos nas ruas manifestando.
    Tudo tem que ser levando em conta em relação aos extremos, como por exemplo a questão do Marco Feliciano. São casos isolados que se somam ao todo.
    Não sei o que vai dar. Não há oposição porque eles não sabem o quê e como fazer.

  7. ESTE CARA ESTA CERTO O BRASIL ESTA UMA BAGUNÇA PRIMEIRO NA MORAL DOS POLITICOS AI VAI EDUCAÇAO SAUDE SEGURANÇA NO GOVERNO MILIS HOSPITAL FUNCIONAVA OS PROFESSORES DAVAM AULAS SEM TER MEDO ERA OUTRO PAIS

  8. Tudo tudo tudo, menos a volta da ditadura militar ou qualquer outra!!!
    Renan Calheiros foi presidente da República por um dia!!! E que fosse por um segundo!!! O Brasil desmoraliza-se a cada dia!!!
    Milhões não têm o que comer, nem onde morar, nem estudar. E os políticos … estão ricos, riquíssimos, debochando do povo. O povo acomoda-se. Acovarda-se. Prefere focar sua atenção nos gays e os viciados em drogas estão nas ruas, sem qualquer tipo de ajuda ou salvação.
    Nossos homens públicos de públicos não têm nada. Entram na vida pública para enriquecer e o resto que se dane. Nossos partidos políticos são quadrilhas unidas, unidas em torno delas mesmas. José Dirceu passa reprimendas em Joaquim Barbosa!!! Mas o que é isso??? Entreguemos logo os três poderes para os bandidos, de forma oficial!!! Lula foi a casa do Maluf, pedir votos para seu candidato!!! E Lula é o “mais querido do Brasil!!!”
    Estou com medo!!! Medo de acordar amanhã e receber a notícia que um general aí …resolveu assumir tudo e … Eis a nossa história.

  9. Não há motivos para preocupações, a internet em termos de comentários é um festival de baboseiras! Além de ser um reduto de covardes, General nenhum vai assumir o país para entregar totalmente “arregaçado” como em 1985. Quanto ao comunismo ou revolução não faz parte do perfil do brasileiro.

  10. Pois bem! Façam lá, o que quiserem mas não esqueçam, de antes de tudo, “tirar do ar” os comentários do Mauro Santayana!
    Hehehehehehehehehe!

  11. Pois é, fazer o quê?!
    Dois episódios recentes instigam as mentes de pessoas que querem o Brasil mais honesto, decente, que progrida, que se desenvolva:

    1) O término do julgamento do mensalão e a prisão dos condenados;
    2) O bolsa-família, que levou milhares de pessoas às agências da Caixa Federal sob a alegação do seu término e a culpa do boato sendo atribuída à oposição, posteriormente vindo à tona ter sido a própria instituição financeira a responsável pelo estardalhaço.

    Duas questões de amplo espectro que nos dão a dimensão do quanto o Brasil está nas mãos de um governo que condenou o povo à miséria e a viver de esmolas, e nosso sistema Judiciário que se verga covardemente diante dos interesses políticos do partido ora à testa deste País.
    O resultado é uma indagação apenas:
    Conseguiremos reagir a este domínio do mal?
    A nossa economia está estagnada;
    Moral e ética não existem mais no meio parlamentar;
    O povo foi cooptado através de meios condenáveis. Se, em primeiro momento, o bolsa-família contribuiu para que a fome fosse efetivamente diminuída – decisão que merece aplausos -, a sua sequência demonstra que o pobre foi condenado a este auxílio indefinidamente, haja vista a falta de perspectiva para seu crescimento pessoal pela ausência de programas aliados à diminuição gradativa deste auxílio através de trabalho, planejamento familiar e ENSINO;
    O Legislativo só funciona à base da corrupção;
    O governo mantém a sua famigerada e deletéria “base de sustentação” mediante tráfico de influências e loteamento de ministérios, secretarias e cargos em estatais;
    Não existe mais oposição;
    As negociatas continuam cada vez mais constantes e seguem IMPUNES ou, por acaso, de uma hora para outra as obras do PAC passaram a ser feitas corretamente? O que dizer, então, sobre as construções dos estádios à Copa do Mundo?
    O Judiciário não é confiável, pois o sistema de escolha dos ministros ao STF continua o mesmo, ou seja, a critério da presidência do País;
    Desnecessário comentar sobre Educação, Saúde, Segurança, Infraestrutura, Saneamento Básico, Estradas…
    A questão que se impõe de forma pejorativa e enigmática é por que a presidente Dilma e Lula, simplesmente a continuação dos mesmos problemas que agravam sobremaneira a condição do Brasil e do seu povo são os candidatos mais badalados?
    E por que não temos alternativa a este projeto petista que demonstrou ser incompetente à solução das dificuldades mais rotineiras deste País?
    Arrisco um palpite:
    A população brasileira, incluindo até mesmo os contrários ao PT diante desta administração caótica, negligencia a Pátria, menospreza o País, não tem amor à sua terra, e não se importa com a situação política e social que prejudica tanto o cidadão quanto ao Estado brasileiro.
    Enfim, o grande golpe, o verdadeiro objetivo de todos os governos que tivemos nas últimas décadas foram conquistados:
    O divorciamento do povo para com a grandiosa Nação Brasileira, a sua separação, obtida através da ausência de Educação, troca de votos por cestas básicas e meia dúzia de tostões por mês e, à classe mais consciente que reconhece a incapacidade do PT, oferta de crédito para consumo e vagas de emprego mediante salários muito aquém das necessidades básicas dos trabalhadores, que são compensados por empréstimos com desconto em Folha de Pagamento – outra excrescência jurídica e ofensa à Constituição Federal – e ocasionando uma falsa melhoria de vida e conforto, mas endividando o brasileiro inexoravelmente e deixando-o à mercê da elite mais perniciosa desde que esta terra foi descoberta: OS BANCOS!
    Continuaremos a votar e aprovar este modelo deplorável que tanto criticamos?!

  12. Essa de Santayana é velha: acusar os outros daquilo que ele mesmo pratica.
    O PT já deixou claro há décadas que é contra a democracia . Tanto é que tem relações carnais com a ditadura de Fidel.
    Quer mais afronta à democracia que a presença do bandido condenado João Paulo Cunha como um dos protagonistas principais da última propaganda do PT na televisão?

  13. Prezado Sr. Santayana, desde muito tempo leio e aprecio seus escritos. Quando lutei pela volta da democracia em nosso país, não imaginava que as lideranças que propunham na época, medidas de justiça social, fossem adotar o modelito neo liberal. Nem poderia supor que o congresso nacional fosse atingir os níveis de degradação e fisiologismo atuais. Realmente concordo com a tese de que nada de bom virá através dos partidos políticos. Como bem diz João Ubaldo, a culpa é nossa. O congresso nacional é a cara do nosso povo. Analisando a história, percebo que diferentemente do que propõe o materialismo dialético, a história é feita pelos homens. Grandes homens, como Cromwell que transformou a Inglaterra em potencia mundial, ou Napoleão que transformou a Europa. Infelizmente este grande líder não surgiu no Brasil. A alternativa populista neste país, produziu caudilhos, a exemplo de Vargas, ou mediocridades como Lula. Nossos partidos políticos são meros balcões de negócios sórdidos. Nossos representantes populares formam um rebotalho da pior espécie. Entretanto a alternativa golpista, tão a gosto de nossas oligarquias, sempre nos conduziu a grandes retrocessos, vide o golpe de 64. É necessário a mobilização da sociedade civil consciente, a margem da política partidária, para que as mudanças ocorram. As elites intelectuais sempre conduziram os processos de mudanças. Se isto não está ocorrendo no Brasil, provavelmente é porque não possuímos este tipo de elite.

  14. A Democracia, sempre têm Crise de Pânico, quando ouve um petista, tipo o Santayana dizer: “Tudo isso mostra que é preciso aprovar, com a máxima urgência, legislação clara de proteção à democracia no Brasil.” A Democracia sabe muito bem que, por detrás dessa tal “proteção à democracia” existe um desejo oculto de amordaçamento da imprensa, da mídia em geral….

  15. O PT é um dos partidos mais democratas do mundo, em qualquer outro lugar o STF teria sido destituído com uma farsa igual a essa do MENTIRÃO, que só aconteceu por causa do Sr. Roberto Jefferson ter tido um apaniguado apanhado e gravado roubando nos correios e ter sido correta e imediatamente afastado da institruição por José Dirceu, em suas atribuições, como Chefe de Gabinete da Presidência da República. Se essa gente fosse séria, já teria julgado e condenado o Sr. Eduardo Azeredo, por causa do mensalão tucano, que aconteceu seis anos anhtes do MENTIRÃO. A Aliança do Pacífico é uma piada. O comércio entre os países que a compõem não chega à corrente de comércio que o Brasil tem com o México, e com Aliança ou sem Aliança, o Brasil continuará a ser o maior parceiro comercial de qualquer desses países na América Latina, como já o é atualmente. O México está do outro lado do mundo, ém um fenômeno regional que vende e recebe 90% de suas exportações e de seus turistas dos EUA e do Canadá, e que tem uma indústria tão incipiente que o conteúdo local de um carro é de 30%¨, incluindo verbas para publicidade, enquanto no Brasil chega a 90%. O Brasil fabrica lanchas de guerra com a Colômbia, a quem vende aviões de caça, está produzindo o KC-390 da Embraer com a Colombia e o Chile, além da Argentina, está vendendo Super-Tucanos para a Força Aérea peruana, a chance de Colombia Peru e Chile se afastarem da UNASUL para fazer uma aliança com o México é igual a ZERO. A Aliança do Pàcífico é um mero factóide sem nenhuma consistência econômica ou geopolítica.

  16. Snatayana é muito criterioso na arte de separar o joio do trigo. Ardiloso publica o joio como se trigo fosse. É mais um na arte de enganar. Seria até saudável para o mostrar a realidade se já não tivéssemos tantos baldados operando o Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *