A briga está ficando séria. Pezão acusa Lula de quebrar o compromisso

Carlos Newton

O vice-governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB), afirmou que a mudança na distribuição dos royalties do petróleo quebra a promessa feita pelo ex-presidente Lula ao governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB).

“A coisa está fedendo!”

“(Lula) combinou que os direitos adquiridos dos Estados do Rio e do Espírito Santo seriam preservados”, desabafou Pezão, que já está em plena campanha para o governo estadual em 2014.

NA JUSTIÇA…

Enquanto isso, o jornal O Tempo informa que a associação que reúne as empresas prestadoras de serviço do Rio de Janeiro (AEPS-RJ) decidiu liberar suas afiliadas para entrar na Justiça contra o governo do Rio, que suspendeu o pagamento às empresas na semana passada depois que o Congresso derrubou os vetos presidenciais sobre a distribuição dos recursos do petróleo.

A associação também estuda entrar na Justiça caso a suspensão do pagamento seja estendida por mais tempo. “O Estado tem três datas para pagar no mês seus prestadores de serviço. São os dias 7, 17 e 27. O do dia 7 não foi feito, e se o pagamento não acontecer no dia 17 também, vamos entrar na Justiça no dia seguinte”, disse o diretor-executivo da AEPS, José de Alencar.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *