A casa caiu

Percival Puggina

Sabe aqueles vídeos anunciados como contendo “cenas muitos fortes”, tipo “tire as crianças de perto”? É com iguais cautelas que se deveriam abrir as matérias referentes às revelações feitas pelos dois mais famosos depoentes das últimas semanas, o doleiro Alberto Youssef e o engenheiro Paulo Roberto Costa.

Quem se tenha dado ao trabalho de escutar o teor dos depoimentos deste último, disponível no YouTube, ouvirá dele que em três partidos políticos com sólida presença no Governo Federal e no Congresso Nacional se estruturaram organizações criminosas. Não que ele assim as qualifique. Não, em seu relato, Paulo Roberto Costa, o “Paulinho” de Lula, simplesmente entrega o serviço, contando, em tom monocórdio, como eram feitos os acertos e a repartição do botim das comissões entre o PT, o PMDB e o PP. Não preciso dizer qual dos três ficava com a parte do leão.

Este escândalo, tudo indica, transforma Marcos Valério em mero pivete e o Mensalão em coisa de amadores. No entorno da Petrobras circula tanto dinheiro quanto petróleo. E foi muito fácil aos profissionais da corrupção abastecer desses tanques contas bancárias que saíam – lavadas, passadas e empacotadas – da lavanderia de Youssef.

TRÂNSITO EM JULGADO

Vários anos decorrerão entre os achados de agora e o trânsito em julgado de quaisquer sentenças condenatórias. Isso significa que, muito embora os crimes em questão tenham sido praticados num ambiente político, seus efeitos eleitorais serão jogados para bem depois do pleito que agora se desenrola. Nós, cidadãos, devemos lamentar que seja assim. No entanto, se não temos como saber mais sobre os fatos e seus atores, podemos e devemos levar em conta a dança das cadeiras nos tribunais superiores em geral e no Supremo Tribunal Federal em particular. Será certamente ali, outra vez, que serão tomadas as decisões mais relevantes sobre estes casos.

O STF continuará se renovando e promovendo alterações na composição de seu quorum por aposentadoria dos atuais ministros. E aí se impõe a reflexão que quero trazer ao leitor destas linhas. As últimas indicações do governo petista para o STF têm deixado a desejar. Portanto, ainda que o julgamento definitivo vá ocorrer lá adiante, a continuidade da atual administração federal não atende aos anseios nacionais por justiça e combate à corrupção. É o que a história recente parece deixar bem claro.

9 thoughts on “A casa caiu

  1. Quando o Abilio diniz foi sequestrado, prenderam is sequestradires, nao sem antes fazerem com que eles vestissem camisetas do PT, era vespera das eleicoes. Delä para ca a direita evoluiu agora usam os “meretissimos” da direitA para tentar o golpe.
    Vao cair do cavalo como cairam com o espetaculo das prisoes nas eleicoes paulistana o tiro saiu pela culatra e o Haddad foi eleito.

  2. O que o marginal diz, que o comentario que ele ouvia era que os 2% eram para os partidos. Ouvir comentarios e jogar numa vespera de eleicoes é coisa que só um “doutor meretissimo” é capaz

  3. O crustáceo disse que está de “saco cheio com as denúncias”. Realmente faz sentido. Os grandes chefões da máfia italiana falaram a mesma coisa. É lógico. Chefe de organização criminosa fica de saco cheio quando seus capangas começam a dar com a língua nos dentes. Aliás, ele pode ter confessado que já roubou tanto, que encheu o saco. Lula, o principal suspeito de ter mandado assassinar Celso Daniel de forma bárbara, não suporta que lhe apontem o dedo. O crustáceo deverá apodrecer na cadeia, a não ser que a mão generosa de Deus já não seja tão generosa e o câncer o mande para o inferno, assim como aconteceu com o lula venezuelano. Os petralhas privatizaram a Petrobrás, a Eletrobrás, a Previ, a Funcef, a Petros, o BNDES. Privatizaram e levaram todos à falência. Não sei porque o crustáceo está tão nervosinho para a Dilma ser reeleita. Eles quebraram o Brasil e não existe mais onde roubar. Êpa! Será que querem rebaixar a classe média para a miséria, tal e qual aconselhou a doida varrida Marilena Chafariz? Aécio, faça-nos o grande favor: quebre o sigilo dos empréstimos aos jurássicos irmãos Castro e solicite o empeachment do Dias Toffoli e do Levandowiski, amiguinhos escancarados dos petralhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *