A chacina de São Paulo, confusa e tumultuada, com o único suspeito: um menino de 13 anos, também morto. O adiamento ou inversão no mensalão, agora correta, morreu a mulher de um ministro. A CPI da Câmara Municipal, marcada para começar amanhã, não funcionará com corruptos.

Helio Fernandes

Além de corruptos, burros e péssimos analistas. É o mínimo que pode ser dito da maioria dos vereadores do Rio. Os manifestantes “interditaram” a Câmara e não deixaram que realizassem a primeira sessão da CPI em homenagem à Fetranspor. A CPI ficou marcada para começar amanhã, quinta-feira, também não haverá nada.

Quando os manifestantes entraram e dominaram o plenário da Câmara, poderiam ter feito um acordo, os que protestavam estavam abertos ao diálogo. E o que pediam era muito pouco. 1 – Corruptos não poderiam participar da CPI. 2 – Chiquinho Brazão, presidindo a CPI para CONSAGRAR a Fetranspor, de jeito algum.

Agora, os manifestantes fizeram 9 exigências, mas talvez (não é certo) retirem algumas. Acordo certíssimo: Eliomar Coelho presidente da CPI, e mais quatro membros que não assinaram o pedido de CPI. Os vereadores deveriam ficar satisfeitos, os cidadãos que pretendem recuperar a Câmara querem CPI com televisão.

Puxa, vocês vão ganhar holofotes, o povo nas ruas e nas casas, assistirá tudo. Aceitem, não sou inimigo, quem sabe em 2016 vocês se reelegem? O que recebem em salários, privilégios e mordomias, não encontrarão em lugar algum.

A CHACINA DO ADOLESCENTE DE 13 ANOS

Ontem juntei muitos dados e “coincidências” sobre o desaparecimento de Amarildo. Hoje vou examinar em profundidade essa morte de 5 pessoas, com as autoridades, peritos, técnicos civis e militares “patinando” na descoberta dos fatos, cometendo tantos erros e equívocos, que o quadro é inacreditável.

Cinco pessoas apareceram mortas em duas casas construídas no mesmo terreno. Desde logo, como único suspeito, um dos mortos, um jovem de 13 anos. Teria matado o pai, a mãe, a avó e a tia-avó e se suicidado.

Mas a disposição dos corpos, todas as mortes sem um pingo de sangue, ninguém da família ou dos vizinhos acreditando que aquele adolescente simpaticíssimo (um garoto muito bonito e de apresentação carinhosa) pudesse ser o assassino.

Os dias foram se passando, surgiam “fatos” estranhíssimos, mas nenhum outro suspeito. Só que as acusações contra o jovem foram ficando impossíveis de serem confirmadas, surgiam versões, novos fatos com muito atraso, mas nenhum nome que se encaixasse.

Todos os vizinhos ouvidos defendiam o menino, mas afirmavam: “Ele sabia dirigir e sabia atirar”. Dirigir, nenhum problema, mas atirar? Viam o garoto várias vezes tirar o carro da garage, nem surpreendente, mas onde viam o garoto atirar? Ele nasceu e morreu na mesma casa, treinava tiros dentro de casa? Então deviam ter ouvido os tiros, e as balas podem ser achadas. Os pais levavam o filho para treinar tiro em algum lugar? Improvável?

O DELEGADO: “NÃO HOUVE LATROCÍNIO,
O SUSPEITO É O GAROTO

Ele se firmou e se fixou nessa possibilidade, mas não conseguiu provar nada, só que não houve roubo. Mas sua investigação foi e continua precaríssima. Só cinco dias depois das mortes, achou um par de luvas, dentro do carro. Para ele, o garoto matou as quatro pessoas usando as luvas, recolocou-as no carro e se matou sem elas. Alto planejamento, só na imaginação. Mas da última morte deviam existir traços de pólvora nas mãos. Técnicos dizem: “Era pistola, não deixa marca”. Bobagem.

O corpo do pai e da mãe, no chão. Posição rigorosamente vertical, alinhados, sem alteração. As duas mulheres em camas diferentes, também executadas com um tiro (todos quatro certeiros, na cabeça), sem se mexerem. Daí surgiu a ideia de que “poderiam ter sido drogadas antes”. Nada que comprovasse.

TESTEMUNHAS E FATOS CONTRADITÓRIOS

Um coronel que servia no quartel onde a mãe do garoto trabalhava (o coronel não era o comandante) afirmou em depoimento: “A cabo Andréa delatou policiais que assaltavam caixas eletrônicos de bancos de madrugada”. Ora, a palavra delatar não se aplica, pois se ela denunciou assaltos, estava cumprindo sua condição de policial.

Mas o coronel pediu para fazer outro depoimento, e negou tudo que havia dito. Textual: “Eu estava nervoso, ela quase não falava comigo, não sei como é que fui relatar conversas que não existiram”. Que comportamento estranho e suspeito para um coronel.

TRÊS FATOS QUE DEVERIAM TER SIDO
CONHECIDOS NA HORA, LEVARAM 10 DIAS

1 – No dia das mortes, houve um churrasco na casa do pai e da mãe do jovem de 13 anos. Por que não se soube disso antes? A rua é pequena e silenciosa, vizinhos sabem de tudo, não souberam do churrasco?

2 – Foram encontrada 20 latas de bebida alcoólica. Por que só agora foram achadas ou pelo menos reveladas?

3 – Inacreditável: peritos constataram que entre as mortes do pai e da mãe e das duas mulheres, decorreram 6 horas. Esses peritos não sabem ou não querem dizer quem morreu primeiro? Lógico que foi depois desse estranho churrasco, mas o que aconteceu até os corpos serem achados?

Provado e comprovado pela posição do carro e pelo depoimento de professores que conversaram com o jovem. Sem nenhuma dúvida, os que o acusam dizem: “Depois de matar as quatro pessoas, ele dormiu no carro, até chegar a hora de ir para a escola”. Existe até o vídeo dele deixando o carro e indo a pé para a escola.

Tudo tão confuso, esdrúxulo, atordoante, parece o título do filme de Julinho Bressane: “Matou a família e foi ao cinema”.

Para terminar por hoje: quem primeiro encontrou os mortos foi um policial que mora na mesma rua. Não deram importância ao fato. Por que o policial entrou na casa? Fazia isso sempre? Sentiu “cheiro” de morto? E os quatro já estavam mortos, contrariando a afirmação de técnicos?

Uma vizinha que mora ao lado, contou: “Vi dois policiais pulando o muro da casa da família Pesseghini. Chamada para depor, ficou marcado para anteontem, segunda-feira. Logo que se soube que ela ia depor, surgiram rumores de que estava sofrendo ameaças. O depoimento foi adiado, o que deixa claro que as ameaças não eram apenas rumores.

Todas essas contradições e controvérsias confirmam a razão de tantos homicídios não serem desvendados. O que acontecerá com este?

O tio-avô do menino acusado das morte só foi na casa de Marcelo, 3 ou 4 dias depois. Quase no portão da casa, encontrou uma chave que entregou à polícia. Pode não ter a menor importância. Mas tantos policiais, técnicos civis e militares entraram e saíram da casa e não viram a chave?

HOJE NÃO HAVERÁ MENSALÃO

Estava marcada para hoje a segunda fase do julgamento, que ficou meses parada e paralisada. Agora, com a morte da mulher do ministro Teori Zavascki, o presidente não quis correr o risco de um empate nos recursos dos que tiveram 4 votos a favor. Esse julgamento é obrigatório.

Uma das condenações-chave (a de formação de quadrilha) está 5 a 4 a favor da tese de Joaquim Barbosa. Com 10 ministros no plenário, e com a vasta possibilidade de Barroso votar a favor dos condenados, ficaria 5 a 5.

Nesse caso o presidente teria que desempatar absolvendo ou eliminando a acusação de formação de quadrilha. Invertendo a pauta, e esperando o ministro (que deverá ficar de fora pelo menos 10 dias, por causa da missa de sétimo dia), o presidente do Supremo pode ganhar ou perder de 6 a 5. Mas em nenhuma hipótese terá que desempatar.

Amanhã o moroso e tortuoso Procurador Geral vai para casa aposentado. Ninguém perceberá a não ser da sua participação no MENSALÃO. Ele queria estar no Supremo quando chegar a vez do CARTELÃO do PSDB.

###
PS – Você tem razão, Aquino, aqui no Brasil, ninguém parecido com Roosevelt e De Gaulle, mas é preciso comparar.

PS2 – Obrigado pela ideia do livro como fez Carlos Lacerda “Depoimento”. Até meus filhos e netos me cobram. Eu devia ter escrito um livro por ano, pelo menos de 1963 a 2003. Constrangimento em citar personagens. Eu tinha os fatos, minha forma de expressão é a palavra escrita e a palavra falada, deixei o tempo passar. Agora, passou muito.

PS3 – Devia e podia pelo menos reproduzir em livro o que escrevi diariamente. Desde 1956, milhares de artigos e colunas. Todos os que escrevem em jornais no mundo todo, republicam em livros.

PS4 – Amigos jornalistas e não jornalistas se oferecem para pesquisar, selecionar, relacionar, sem que eu tenha o menor trabalho. Só não autorizei até agora.

PS5 – Até professores apanham da Polícia? Assim ninguém suporta. Eles querem apenas ensinar e receber salários pelo menos razoáveis.

PS6 – E os policiais que cumprem “ordens superiores”, deveriam desobedecer, “bater” não é obrigação de policial. Além do mais, têm os mesmos problemas salariais dos professores, que não fazem greve por prazer e sim como último recurso.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

17 thoughts on “A chacina de São Paulo, confusa e tumultuada, com o único suspeito: um menino de 13 anos, também morto. O adiamento ou inversão no mensalão, agora correta, morreu a mulher de um ministro. A CPI da Câmara Municipal, marcada para começar amanhã, não funcionará com corruptos.

  1. Bom dia Hélio.
    Sou seu leitor e admirador, desde o Diário de Notícias.
    Escreva sim. Estou certo da grande contribuição que você daria ao Brasil inclusive tirando a máscara de quantos “patriotas” ???!!!.
    Rigorosamente verdadeiro.
    Um abraço do Camilo

  2. Helio
    Neste link podemos encontrar 864 edições da Tribuna da Imprensa.Sendo o mais antigo este (Rio de Janeiro, sexta-feira, 05 de dezembro de 2003).

    EX-SECRETÁRIA
    Flamarion Portela sabia de folha fantasma
    Foto Jorge Reis
    > Flamarion admite desconforto e diz que acatará decisão do partido

    10h35 – Países do Golfo prometem mudar textos anticristãos
    09h56 – Coldplay lança single na rede
    09h40 – Desemprego na Grande SP cai para 19,9%
    09h39 – Roberto Carlos x Ronaldo: show no Palestra
    09h12 – Lula chega a São Paulo no início da tarde
    09h04 – Recapturado traficante resgatado de hospital no Rio
    09h00 – Sabesp suspende rodízio de água durante as festas
    08h57 – Michael desiste de viagem para a Inglaterra
    Fonte: Agência Estado
    Índice das últimas notícias
    IRAQUE
    Brasil e Síria pedem rápida saída das tropas de ocupação
    Foto ABr – O presidente Lula rega um cedro que plantou nos jardins do Palácio Baabda, no Líbano
    > Inteligência israelense induziu EUA a erro
    > França apóia posição brasileira sobre Oriente Médio
    > Presidente libanês aprova cúpula árabe sul-americana
    PREVIDÊNCIA
    CCJ do Senado aprova emenda paralela à reforma

    Calheiros faz nova lista de exigências para tributária

    POLÍTICA ECONÔMICA
    Itamar: governo precisa se alinhar às promessas de campanha

    MINISTÉRIO
    Presidente quer preservar PT na reforma ministerial

    PIB
    Ipea refaz cálculos e aponta crescimento de apenas 0,2%

    PROTECIONISMO
    Casa Branca anuncia o fim da sobretaxa ao aço importado
    DITADURA
    Dirceu assegura que governo vai buscar corpos de desaparecidos
    Foto ABr – José Dirceu disse que a busca aos corpos é um compromisso de vida e de governo
    > Ministro: taxa de juros precisa ficar entre 6% e 8%
    CRIME NA BARRA
    Agentes do FBI vêm ao Rio acompanhar investigações
    Michelle não resiste e morre

    ARMAÇÃO NA RODOVIA CASTELINHO
    MP denuncia 53 policiais por execução de 12 do PCC

    OPERAÇÃO ANACONDA
    Livro-caixa registra pagamento de U$ 68 mil a juiz Mattos

    Justiça decreta prisão de ex-juiz acusado de estelionato

    COPACABANA
    Riotur promete o maior réveillon de todos os tempos
    DOCUMENTOS SECRETOS
    Kissinger ordenou eliminação de opositores na Argentina
    Foto Arquivo
    Na ordem, Kissinger pediu pressa: “Quanto mais rápido, melhor”
    PALESTINOS
    Bush aprova plano alternativo de paz

    Egito pede a grupos armados palestinos que aceitem trégua

    HOMEM DE GELO
    Oetzi ganha iglu como casa em museu

    Descoberto fóssil de 450 milhões de anos incontestavelmente macho

    AGÊNCIA ANTIDOPING
    Calote na Wada põe em risco Olimpíadas de 2012 no Brasil

    SELEÇÃO SUB-20
    Brasil perde para a Austrália mas continua no Mundial
    Colunas
    SEBASTIÃO NERY
    Alencar, meu presidente HELIO FERNANDES
    A reeleição nos EUA e no Brasil
    CARLOS CHAGAS
    Balanços sem o contraditório MAURO BRAGA
    Gafanhotos no PT

    Tribuna Bis
    LIVRO
    Oscar, espelho da América

    PARA O POVO
    A cultura do R$ 1 BALÉ
    Amor e tragédia em cena

    O NOVO CD DO REI
    Segurança real à brasileira

    Roteiro Carioca

    Topo

    Enquete
    Quem deve ser expulso?

    Heloísa Helena
    Flamarion
    E agora, PT?

    ResultadoVotar

    Fonte: FinanceOne

    Charges

    Charge

    clickfome

    Shopping de Sharewares

    Grátis

    Bemzen

    Copyright© 2001 Tribuna da imprensa
    Melhor visualizado em 800 x 600
    Produção e Gerência: Aktuell Soluções Internet

  3. Políticos e polícia

    …”Tudo tão confuso, esdrúxulo, atordoante, parece o título do filme de Julinho Bressane: “Matou a família e foi ao cinema”…

    Todo mundo sabe, de há muitas décadas, que o percentual de políticos e magistrados honestos é muito baixo. A grande maioria rouba mesmo, pois que é corrupto. Tratando-se da polícia militar e polícia civil, pelo que se noticia, a coisa deve ser pior ainda. Já a Polícia Federal – PF, pelo que sabemos, constitui rara e honrosa exceção. Inclusive, demonstrando que é possível fazer uma polícia íntegra e competente, destituída de bandidos e marginais. Só não fazem por que não querem.

  4. Não sei se foi Isaac Deutscher ou John Reed em seus livros que diz que nos meses que antecederam a revolução bolchevista os capitalistas especulavam freneticamente.

    Os fabricantes de munição, fornecedores do exército, colocavam areia em vez de pólvora nos morteiros e obuses de canhão.

    Naquela “espuma de sangue” da frente de gerra russa/alemã os industriais capitalistas russos tiravam seus lucros astronômicos pouco se importando com massacre de seus compatriotas pelas tropas alemãs.

    Deu no que deu. Naquela Russia apodrecida os comunistas tormaram o poder.

    Aqui no Brasil há pouco mais de um mês os manifestantes subiram nas conchas do Congresso. Mesmo assim os deputados federais não se abalaram e aprovaram o repasse obrigatório de suas emendas.

    Sabemos que grande parte dessas emendas são grossa maracutaias.

    Um médico benemérito relata que em uma de suas visitas a um presídio paulista. Numaa cela coletiva os detentos assistiam a televisão que noticiava um grande escândalo financeiro.

    Um dos presos disse ao médico:

    “Doutor, se somar o valor dos roubos e furtos pelos quais estamos presos nesta penitenciária não dá a metade do que está sendo tratado nessa notícia que estamos assistindo. Entretanto os colarinhos brancos nunca vão para a cadeia”.

    Na realidade, conforme a Òpera do Mendigos, de Johon Lazy, não sabemos se no Brasil os políticos estão imitando os ladrões e os assaltantes ou os ladrões e assaltantes estão imitando os políticos. É difícil distinguir.

    Nessa marcha insensata dos políticos, judiciário, executivo, dentro de cinco/seis anos desaguaremos num regime de força, numa ditadura. Infelizmente.

  5. Helio, é verdade que o Mauro Braga era o Adírson de Barros e Silva? Adírson é o filho mais velho de Alzira Café, irmã do ex-presidente João Café Filho. Figuraço, o Adírson, sempre que falava (já não o vejo há tempos) em você, demonstrava sua grande admiração.

  6. Prezado Jornalista Sr. Hélio Fernandes.

    O tempo ainda não passou, sempre é tempo. Tanto a ideia do Sr. Antonio Santos Aquino, de se gravar um “Depoimento” que logo se transformaria em excelente Livro, como fez o Gov. Carlos Lacerda, ou re-imprimir em Livro(os), o que o senhor escreveu diariamente, tudo seria ótimo. Seria uma enorme contribuição para o bem do Brasil. Abrs.

  7. Marcelinho?! Sim. Por que não?
    .
    Minha curiosidade parou no filme, no depoimento de psiquiatras e será concluída com os laudos periciais. Desde que li e concordei que “Os homens normais não sabem que tudo é possível – David Rousset” passei a não discutir com fatos.
    O noticiário midiático tem me incomodado pelo ostensivo aproveitamento e oportunismo. Alcança o ridículo e está escorregando para o lado de fora. Um drama humano de tamanhas proporções deveria ser motivo de profundas reflexões sobre o “progresso” humano, jamais como reles mercadoria.

    Fatos mais se interpretam e compreendem por indução, menos por dedução. Não é o que se quer seja, o que se acomoda ao meu eu. Nessa troca fato/homem os sentidos têm assento necessário, fundamental e dicotômico:
    “Os fatos que os sentidos nos fornecem são pré-formados de modo duplo: pelo caráter histórico do objeto percebido e pelo caráter histórico do órgão perceptivo – Horkheimer. Nesta linha é que Jürgen Habermas alerta:
    “À luz de uma noção epistêmica da verdade, “encaixar-se nos fatos” não é mesmo que corresponder aos fatos” . Também, o que necessita ser justificado é o ideal, o dever ser, não o ser, os fatos. Por que não trazer H. Arendt:
    “os fatos são teimosos; não desaparecem quando os historiadores ou os sociólogos se recusam a ouvi-los, embora possam desaparecer quando todos os esquecem”
    .
    Saber se Marcelinho é culpado ou inocente menos importa do ponto de vista da legalidade; muito mais como tranco, freio de arrumação da sociedade de massas sem referência, sem valores, prepotente e egoísta que está sendo construída sobre a crença de uma ilusão, do homem ideal, bom, moral:

    “Afinal, o que a moral prescreve que realizemos é o tipo ideal de homem, tal como o concebe determinada sociedade; todavia, cada sociedade o concebe conforme sua imagem – Émile Durkheim”

  8. ” Terça, 13 de Agosto de 2013 – 21:20
    Mais um piloto da TAM passa mal e morre
    http://www.bahianoticias.com.br/principal/noticia/142134-mais-um-piloto-da-tam-passa-mal-e-morre.html

    Mais um piloto da TAM morreu, nesta terça-feira (13), após passar mal no estacionamento do Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo. De acordo com informações da companhia aérea, …, de 47 anos, chegou a ser socorrido e levado para o Hospital Geral de Guarulhos, mas não resistiu.
    :
    às 9:01 \ Política & Cia
    Post do Leitor: A herança maldita e a tragédia pessoal dos ex-funcionários da Varig

    “600 pilotos expatriatos. E teve gente que se suicidou…Para se ter uma ideia do impacto do desastre sobre os variguianos, entre essa data e agosto de 2010 estima-se que tenha aumentado em 30% a taxa de mortes entre os ex-funcionários em relação aos índices até então observados. Só entre os aposentados houve 425 falecimentos, alguns até por suicídio.

    Quando se aplicou à Varig a nova Lei de Recuperação Judicial de Empresas (lei nº 11.101, de 9/2/2005), embora se trombeteasse que salvaria a companhia e os empregos, o que se fez foi expatriar cerca de 600 pilotos – mão de obra altamente qualificada, formada às custas do Brasil e oferecida de graça a empresas estrangeiras.”

    http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/politica-cia/post-do-leitor-a-heranca-maldita-e-a-tragedia-pessoal-dos-ex-funcionarios-da-varig/

  9. A tecnologia voando

    Há 40 anos, a tripulação de voo internacional era composta de 5 profissionais: piloto, copiloto, comandante, navegador e mecânico de voo. Hoje, somente piloto, copiloto e comandante, por conta da tecnologia. Daqui a alguns anos, toda aeronave será pilotada, inteiramente, por computadores. É Dona Tecnologia desempregando todo o tipo de trabalhador, braçal e intelectual, sem dó nem piedade. Por isso mesmo, o sistema capitalista não poderá ter vida longa. A cada dia, milhares de trabalhadores vão perdendo seus empregos, ou passando a ter baixos salários, por conta da tecnologia. Sem um polo consumidor muito forte, com milhares de trabalhadores com efetivo poder de compra, a falência do sistema capitalista será inevitável.

  10. Flávio José Bortolotto
    14 de agosto de 2013 até 10:39 am · Reply
    No Google existem 29.500 resultados de busca com o nome do Jornalista Helio Fernandes.No site web.archive tem mais de 900 edições da Tribuna da Imprensa.

  11. Prezado Sr. RICARDO SALES, Saudações.

    Muito Obrigado pela excelente informação.
    Parabéns pelo seu, e do seu excelente Filho, trabalho em resolver problemas de vírus no “Tribuna da Imprensa onLine”, por já termos passado de 3.000 seguidores no Facebook, pelo aumento constante nas leituras do nosso bom Jornal. Parabéns e muito obrigado.

  12. MORRE WILSON CHOERI, EX-DIRETOR DO COLÉGIO PEDRO II

    Wilson Choeri esteve à frente do Pedro II entre 1994 a 2008

    Rio – Morreu na madrugada desta terça-feira, aos 85 anos, Wilson Choeri, ex-diretor-geral do Colégio Pedro II. O corpo do professor, que esteve à frente da maior unidade pública de ensino do Rio entre 1994 a 2008, será velado a partir das 17h desta terça, no Espaço Cultural do Colégio Pedro II, em São Cristóvão. A causa da morte não foi informada. A família também não deu detalhes do horário e local do sepultamento.

    Em seu perfil no Facebook, Oscar Halac, atual reitor do Pedro II, lamentou a morte de Choeri. “(…) Nos deixou a figura mais polêmica do colégio nas últimas décadas. Amado por muitos, contestado por outros, mas acima de tudo respeitado por suas posições e intelectualidade. Esteve diurtunamente a serviço da UERJ e do Colégio Pedro II mesmo em detrimento de sua vida pessoal. (…) um homem de estirpe e de envergadura dos melhores educadores e que devolveu ao velho novo CPII a grandeza e dimensão que lhe pertencia”.

    Em mais de 50 anos de atuação no magistério, Choeri foi também reitor da UERJ, catedrático de Estatística Geral e Aplicada na mesma universidade, professor de Física e Matemática no Colégio de Aplicação da UERJ, docente da Universidade Gama Filho, entre outros cargos.

    Com 175 anos de fundação, o Pedro II tem atualmente 13 mil alunos e é administrado pelo Governo Federal.

    Fonte: Jornal O Dia

    Eu estive no velório, no Espaço Cultural do Colégio Pedro II, em São Cristóvão, Zona Norte do Rio de Janeiro, durante toda a manhã de hoje.
    Nessa cermônia, o Professor Choeri foi homenageado pelos seus pares, que lembraram as suas realizações, inclusive, como idealizador do Projeto Rondon e tantos outros projetos na área de Educação, que era o seu leitmotiv.
    Por volta das 13 Horas, o corpo seguiu para o Memorial do Carmo, no Caju, para ser cremado.

    .

  13. Porque será que tantas Testemunhas da Chacina de São Paulo mudam seus Depoimentos?
    Se as Testemunhas (Familiares) são ameaçados porque a Polícia Federal não os protege???
    Nós o “Povo” sabemos que caso a verdade venha à tona, os envolvidos (muitos) serão severamente punidos e jamais esquecidos por nós!
    Sinceramente…eu não acredito que a verdade seja revelada…posso estar enganada…mas pelo rumo dos acontecimentos…vai acabar em Pizza…o Assassino será o Garoto de 13 anos!
    Que vergonha…que País é Esse??????????????????????
    Deveriam chamar o Pessoal do CSI:Nova York p/ resolver esse Crime, tenho certeza que eles resolveriam rápidinho, pois basta querer e ter capacidade p/isso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *