A dependência dos metais empobrece o Brasil

Lirio Schaeffer

Nas décadas de 60 e 70, no período do governo militar, financiou-se intercâmbio internacional nas áreas de exploração petrolífera, pesquisa agrícola e engenharia de aeronaves. Nestes três campos o Brasil é líder mundial.

Lamentavelmente ficaram no esquecimento os processos de fabricação e manufatura de materiais metálicos.

O Brasil possui uma das maiores reservas de metais do mundo. O Brasil ao longo dos tempos vem sendo um grande exportador de minérios.

Quando se fala em produtos acabados de origem metálica somos uns dos países mais atrasados do mundo.

Não temos competência de exportar uma “picareta” com custo e qualidade competitiva internacionalmente. Possuímos matéria prima barata, energia barata e mão de obra barata, quando comparado com os países desenvolvidos, e não temos competitividade para exportar produtos acabados de altíssimo valor agregado.

Não existe no país centros de pesquisa em Conformação Mecânica e esse assunto é totalmente secundário nas universidades brasileiras e não faz parte das prioridades dos governos brasileiros.

Lamentavelmente esquecemos dos metais.

Lirio Schaeffer é professor da Faculdade de Engenharia da Ufrgs.
Artigo publicado no Blog de Políbio Braga.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *