A impressionante trajetria ditatorial de Vargas, seu desprezo s instituies e a convocao de duas Constituintes, de forma ardilosa, visando sempre a se perpetuar no Poder

Homero Benevides:
Prezado Helio, Getulio Vargas governou o Brasil por meio de 4 maneiras diferentes. Em 1930, atravs de uma Revoluo (sic). Em 1934, por uma Assembleia Nacional Constituinte (sic). Em 1937, por um golpe de Estado (sic). E em 1950, pelo voto direto. Helio, voc conhece outro que governou um pas por meio de 4 maneiras diferentes? Um grande abrao.

Comentrio de Helio Fernandes:
Prezado Homero, desculpe discordar de todas as colocaes em relao a Vargas, lamentando, mas meu respeito Histria verdadeira muito grande. E a Histria contada, medida e revelada, quase sempre no a que foi buscada por historiadores em jornais da poca, e sim a que est nos fatos.

Vejamos, usando, analisando e agradecendo as 4 datas que voc me ofereceu.

1930 no foi Revoluo coisa alguma, para usar a palavra, s com muitas aspas. O golpe de 30 vem direto do golpe da Repblica, a insatisfao era total. Basta dizer que os Abolicionistas e os Propagandistas da Repblica, que vinham de longe, foram totalmente ultrapassados por 2 coronis (Deodoro e Floriano), que vieram brigados da estranha e nada gloriosa Guerra do Paraguai. Promovidos a marechais, dominaram o pas e a Repblica.

De 1889 at 1930, o povo no elegia ningum, ainda pior do que hoje. Os presidentes (?) faziam o que bem entendiam, nomeavam governadores, desnomeavam, faziam interveno, tiravam alguns com aparncia de eleitos, vrios estados tinham 2 governadores.

Rui Barbosa, em 1892, senador ainda com mais de 4 anos de mandato, RENUNCIOU pelo fato de Floriano ter que convocar eleio presidencial e nem ligar para a Constituio. Perseguido, se asilou, em 1896 novamente eleito senador, J. J. Seabra e Manuel Vitorino (ento vice de Prudente de Moraes) no queriam referend-lo, sem isso no poderia tomar posse.

Foi garantido pelo governador (lgico, da Bahia), Luiz Viana, que os intimidou com a advertncia: Vocs querem IMPEDIR a posse do grande cidado da Bahia e do Brasil?. Recuaram, Rui tomou posse.

Corte rpido, cheguemos a 1930, e ao homem que assumiria o governo 4 vezes. Ningum estava satisfeito. Em 1919, Rui Barbosa foi derrotado por Epitcio Pessoa, que nem estava no Brasil. Governou at 1922, quando surgiram os Tenentes, revolucionrios at chegarem ao Poder, ditatoriais e reacionrios quando assumiram.

Em 1929, o presidente Washington Luiz escolheu como sucessor, o governador de So Paulo, Julio Prestes. Mandou telegramas para os governadores, que de acordo com o hbito, costume e tradio, respondiam tambm por telegrama: ACEITO.

O nico que transgrediu a frmula, foi o governador da Paraba, Joo Pessoa, sobrinho do j ex-presidente Epitacio Pessoa. Respondeu tambm com uma palavra: NGO. Logo depois, assassinado (e no por motivo poltico), esse NGO foi incorporado bandeira do estado, homenagem indita.

Comearam ento as conversaes entre gachos e mineiros para mudar todo o sistema. Com uma frase-chave e altamente significativa: preciso acabar com o monoplio odioso, dos ocupantes do Catete escolherem seus sucessores. Verdade que entusiasmava e emocionava, mas foi logo descumprida.

Em 24 de outubro de 1930, Vargas assumia como Chefe do Governo Provisrio (de 3 a 24 de outubro, houve uma Junta Militar). Washington Luiz, deportado para os EUA, junto com seu ministro do Exterior, Otavio Mangabeira.

Vargas tinha que convocar a Constituinte, i-m-e-d-i-a-t-a-m-e-n-t-e, mas s convocou-a no final de 1933, para funcionar em 1934. Assim mesmo pressionado de todos os modos. S que no dava o menor sinal ou demonstrao de que pretendia deixar o Poder.

Essa Constituinte tinha as seguintes determinaes. 1 elaborar e votar a Constituio, o pas no tinha nenhuma. 2 Convocar a primeira ELEIO DIRETA da Repblica. 3 Conceder o voto PARA AS MULHERES, grande e vitoriosa campanha da doutora Berta Lutz. 4 O direito de VOTO PARA O PARTIDO COMUNISTA, que estava na legalidade. 5 E finalmente, uma eleio com PLURIPARTIDARISMO, at ento s existia o Partido Republicano, com muitos nomes em vrios estados.

Foi a mais espantosa decepo, frustrao e estarrecimento: depois de promulgar a Constituio, ELEGEU VARGAS, INDIRETAMENTE, marcando a ELEIO DIRETA para 3 de outubro de 1938. Mas tambm no chegaramos l, Vargas era um ditador, perseguidor e corruptor nato. (E os 5 itens, conquista de 1934, s seriam cumpridos em 1945).

Em 1937 , havia dois candidatos lanados sucesso: Jos Amrico (pelo governo, apresentado pelo interventor de Minas, Benedito Valadares), e Armando Sales de Oliveira (interventor de So Paulo, nomeado pelo prprio Vargas, representando a oposio). Ha!Ha!Ha! Veio ento o Estado Novo. Ditadura to feroz, cruel e selvagem quanto a de 1964.

Esperto, malandro, maldoso, malicioso, sem cultura e inteligncia, nunca viajou nem leu nada, oportunista, corruptor, mas jurando que no era corrupto, sem convico, blandicioso, que palavra, divulgou uma frase-conceito-afirmao: Na hora da borrasca no se muda o timoneiro.

Foi escrita pelo jornalista Geraldo Rocha, que ele deportara 2 anos antes. O que Vargas chamava de borrasca, era a guerra visvel. Geraldo Rocha era dono de A Noite, o jornal mais popular daquela poca. Como Vargas no devolveu A Noite, Geraldo Rocha fundou A Nota, ali na 13 de Maio, entre a Cmara e o Teatro Municipal.

Governou discricionariamente, completou 15 anos e 5 dias em 29 de outubro de 1945, quando a ditadura foi derrubada. Mas no queria sair de jeito algum. Em 1944, Dutra, ministro da Guerra e condestvel do Estado Novo, foi Itlia visitar as tropas da FEB. Oficiais aproveitaram o prestgio do marechal Mascarenhas de Moraes, para mandar o recado-advertncia: Quando voltarmos, queremos eleio. No tem sentido combater ditaduras no exterior e manter a ditadura dentro de casa.

Dutra, que representava os militares que garantiam Vargas, deu o recado. Logo a seguir, em fevereiro de 1945, Vargas publicou no Dirio Oficial, a ESPANTOSA convocao da Constituinte para 2 de dezembro do mesmo 1945. (Ditador novamente convocando uma Constituinte para permanecer no Poder).

S que o pas continuou a mesma ditadura de antes. Soltou Prestes, desde que ele apoiasse o que foi chamado de Constituinte com Vargas. O grande lder, insensato mais totalmente sincero, cumpriu os compromissos, acreditava em Vargas que o manteve preso por 9 anos. Sendo que 4 anos de uma forma to cruel, que o jovem advogado Sobral Pinto, indicado para defend-lo, teve que recorrer Sociedade Protetora dos Animais.

Sobral, altamente conservador, indicado pela OAB, presidida pelo ento advogado, depois juiz, Magarino Torres, fez o possvel e o impossvel para melhorar as condies de Prestes.

***

PS Vargas afirmou no dia 29 de outubro de 1945, pela manh: S morto sairei do Catete. Saiu bem vivo, cumpriria a palavra, de forma trgica, dramtica, emocionante e genial, em 24 de agosto de 1954, 9 anos depois.

PS2 No houve cassao nem inelegebilidade, todos os que ficaram 15 anos no Poder, se elegeram, inclusive o prprio Vargas. Favorecido pela legislao da poca. Qualquer cidado podia se candidatar ao mesmo tempo a deputado por 7 estados e a senador por 1.

PS3 Depois, foi eleito presidente, tomou posse em 31 de janeiro de 1951, mas no governou um dia sequer, no sabia. At a eleio, 33 dias depois do fim da ditadura, foi uma farsa. Ningum sabia, mas Vargas sempre teve tendncia suicida.

PS4 Moo, cursava a Escola Militar de Rio Pardo, no Rio Grande do Sul. Expulso por causa de um incidente (com os irmos) em Ouro Preto, falou em se matar. Cumpriu o que sempre ficou entrevisto ou projetado, exatamente 50 anos depois.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.