A mulher em três tempos, na visão poética de Murilo Mendes

Resultado de imagem para poeta murilo mendes frasesPaulo Peres
Site Poemas & Canções

O notário e poeta mineiro Murilo Monteiro Mendes (1901-1975) explica o presente, o passado e o futuro na boca, no olhar e no ventre de uma “Mulher em Três Tempos”.

MULHER EM TRÊS TEMPOS
Murilo Mendes

Minha boca está no presente,
O meu olhar, no passado,
Meu ventre está no futuro.
Minha boca toda a noite
Está na boca amorosa
Do meu marido atual,
Meu olhar está no olho
Do meu namorado antigo,
Meu ventre está no futuro
Do corpinho do meu filho.

2 thoughts on “A mulher em três tempos, na visão poética de Murilo Mendes

  1. Saudação a Murilo Mendes
    Saudemos Murilo Medina Celi Monteiro Mendes que menino
    [invadiu o céu na cola do cometa de Halley.

    Saudemos Murilo
    Grande poeta
    Conciliador de contrários
    Incorporador do eterno ao contingente

    Saudemos Murilo
    Grande amigo da Poesia
    Da poesia em Cristo
    E em Lúcifer
    Antes da queda

    Saudemos Murilo
    Grande amigo da Música
    Especialmente grande amigo de Mozart
    Que lhe apareceu um dia
    Vestido de casaca azul

    Saudemos Murilo
    Grande amigo das Belas-Artes
    Descobridor do falecido Cícero
    (Hoje reencarnado num pintor abstracionista que vive em Paris
    [onde o chamam Días).

    Saudemos Murilo
    Para quem a amizade é também uma das Belas-Artes
    Murilo grande amigo de seus amigos
    Delicado fiel atento amigo de seus amigos

    Saudemos Murilo
    Grande marido dessa encantadora Maria da Saudade
    Portuguesa e brasileira
    Como seu nome
    Invenção de dois poetas

    Saudemos Murilo
    Antitotalitarista antipassadista antiburocratista
    Anti tudo que é pau ou que é pífio

    Saudemos Murilo
    Perenemente em pânico
    E em flor.
    – Manuel Bandeira, in: MENDES, Murilo. Poesia Completa e Prosa, 1994. p.53-54)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *