A partir de hoje, vira pesadelo o sonho de Augusto Aras destruir a Lava Jato e Moro

Imagem

Charge do Chico Caruso (O Globo)

Carlos Newton

Como previu nos anos 60 o artista plástico e animador cultural americano Andy Warhol, chegamos à fase em que as pessoas ficam famosas por 15 minutos, o que era um exagero psicodélico e o general Golbery do Coutto e Silva, mentor intelectual do regime militar, corrigiu para 15 dias. Golbery era inteligentíssimo e o cineasta Glauber Rocha o chamava de “o gênio da raça”, mesmo apelido que depois foi dado ao economista Carlos Lessa, que acaba de nos deixar, levado pelo covid-19, abrindo um buraco enorme no coração da gente. Mas isso já é outra história.

O fato é que o procurador-geral Augusto Aras, escolhido a dedo pelo presidente Jair Bolsonaro e instruído para destruir a Lava Jato e o ex-juiz Sérgio Moro, realmente se julgou capaz de levar a cabo essas espinhosíssimas tarefas, vejam a que ponto chega a vaidade desse pessoal.

UM GIGANTE ANÃO – O fato concreto é que Aras começou discretamente sua gestão. Com o passar dos tempos, foi-se robustecendo até pensar que se tornara um gigante, que ia mesmo demolir a Lava Jato e desmoralizar Moro.

Até a semana passada, fez o possível e o impossível para levar adiante essas missões, inclusive alardeou ter provas de ilegalidades cometidas pelas forças-tarefas, mas foi desmentido ao vivo e a cores, em videoconferência transmitida pela internet, na qual foi ridicularizado por outros procuradores, que hipoteticamente seriam seus subordinados.

Percebeu-se, então, que o gigante era apenas um anão, que saiu correndo do picadeiro para não ser pisoteado pelo respeitável público. Simplesmente sumiu de circulação, enquanto se esperava que apresentasse as “provas” contra Moro e os procuradores de Curitiba.

HOJE É O DIA D – Na ânsia de servir ao presidente Bolsonaro e ganhar a próxima vaga no Supremo, Aras cometeu um erro atrás do outro, e agora está cruzando esquina para fugir dos jornalistas. Mas não adianta. Hoje é o Dia D para acabar com a banca dele, porque as tropas rivais vão desembarcar e tomar posse na nova gestão do Conselho Nacional do Ministério Público, onde têm ampla maioria.

Na semana passada, foram duas derrotas. O relator da Lava Jato, Edson Fachin, revogou decisão do presidente do Supremo, Dias Toffoli, que na calada do recesso atendera a Aras e determinou à força-tarefa que compartilhassem informações sigilosas com a Procuradoria-Geral.

A segunda derrota foi a reclamação feita por sete senadores ao Conselho Nacional do Ministério Público, para que seja investigada a conduta do procurador-geral quanto a Lava Jato. Os parlamentares argumentam que Aras está quebrando o decoro da função, ao tentar interferir na atuação dos membros do Ministério Público Federal.

###
P.S.
-“É evidente que a sequência de atos do procurador-geral da República pretende esvaziar as prerrogativas de que gozam os membros das forças-tarefas, em especial da Lava Jato em Curitiba, São Paulo e no Rio de Janeiro, em grave prejuízo à independência funcional de cada qual”, afirmam os parlamentares na denúncia. E assim estão acabando os 15 minutos de fama de Aras, que se deixou levar pela vaidade e pela ambição, e terminou se desmoralizando perante a opinião pública toda a classe que julga conduzir. (C.N.)

16 thoughts on “A partir de hoje, vira pesadelo o sonho de Augusto Aras destruir a Lava Jato e Moro

  1. A velha tática continua.

    “Os bolsonaristas, à procura de um partido de aluguel para as disputas municipais, resolveram atacar Roberto Jefferson, que está tentando se reciclar como pasdaran da extrema-direita.

    Valdemar Costa Neto, parceiro de Roberto Jefferson no mensalão, escolheu outro caminho: ele prefere se reunir secretamente com Jair Bolsonaro, entrando pela garagem do Palácio do Planalto, como revelou a Crusoé.” (O Antagonista)

    Bandido recebendo bandido com entrada pela garagem do Planalto.

    Esse filme eu já vi.

  2. O atual momento político parece novela de horror, com zumbis e tudo.
    O paladino na luta contra a corrupção reunindo-se com o impoluto Valdemar Costa Neto no escurinho do cinema, sócio oficial do transparente líder do Centrão, Ciro Nogueira e liderado Histórico do angelical Roberto Jefferson, como este não cansa de relembrar, pretendendo patrocinar a candidatura do Mito para lutar no futuro por uma radical mudança de costumes…para vícios.

  3. A tática kamikze do PGR em “explodir” de vez a Lava jato e o inimigo da famiglia presidencial, Sérgio Moro acabou explodindo o procurador-geral. Agora tanto os procuradores da Lava Jato como o ex-juiz Sérgio Moro continuam sendo vistos como heróis no combate à corrupção. Agora resta ao boçal e ao Centrão tentarem provar o muito improvável, que o PGR tem sim provas contra a Lava Jato, mas ele não consegue encontrar a gaveta onde as enfiou, mas jura que tem.

  4. Esqueceram do Temer e Joesley na garagem.No que se refere a corrupção o Moro é um enganador pois no caso Banestado que tinha de artistas a políticos passando por grandes empresários e integrantes do judicia e da mídia total silencio.Carlos admita os grandes erros e omissões da lava jato.O que levou Moro a ser ministro da justiça.A imprensa tem lado por isso desinformam.

  5. Carlos Newton, ao ler o que escreveste … ” o gigante era apenas um anão, … ” lembrei de cara o saudoso Bororó – Alberto de Castro Simões da Silva – nascido em Botafogo.

    Ele, em suas memórias, narrou que nos bordéis da Lapa antiga anão só servia para levar recados para as “assistentes sexuais”…

  6. Está sendo convocada uma carreata, pelo Face Book, a favor da Lavajato, em Brasília, no próximo dia 15. Eu vou, com a minha faixa “Todos contra a corrupção” Meu carro blindado e meu colete a prova de balas estão prontos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *