A pergunta que ninguém responderá: Quem matou PC Farias?

(Deu na Folha)

Reportagem de Daniel Carvalho, Ricardo Rodrigues e Nelson Barros Neto, mostra uma realidade inaceitável. O promotor Marcos Mousinho, que acusa os ex-seguranças de Paulo César Farias de omissão na morte do empresário e de Suzana Marcolino, disse que “nunca mais” vai se descobrir quem matou o casal.

A acusação defende a tese de que uma terceira pessoa matou PC Farias e a namorada, no dia 23 de junho de 1996, na casa de praia dele, em Maceió. No entanto, o Ministério Público nunca apontou um assassino.

“Dezessete anos se passaram. Não vamos ter ilusões. Nunca mais saberemos quem matou PC Farias e Suzana Marcolino”, disse o promotor Marcos Mousinho durante o julgamento.

O irmão de PC Farias, Augusto Farias, chegou a ser apontado como mandante do crime. Como Augusto era deputado federal e tinha foro privilegiado, o caso foi parar no STF (Supremo Tribunal Federal), onde acabou arquivado.

Para ele, os ex-seguranças Adeildo dos Santos, Reinaldo de Lima Filho, Josemar Faustino dos Santos e José Geraldo da Silva não se empenharam para evitar a morte do patrão. Ele voltou a pedir a condenação dos quatro, que são policiais militares.

“Eles tinham a obrigação de impedir esses homicídios e não fizeram”, afirmou. “Eu jamais pediria a condenação de um inocente se eu tivesse convicção. Não tenho vaidade de condenar ninguém”, disse o promotor.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

8 thoughts on “A pergunta que ninguém responderá: Quem matou PC Farias?

  1. Esse julgamento cheira a m### desde o início…
    PC ia depor na CPI das Empreiteiras dali a poucos dias…
    Seu irmão augusto pagou a defesa dos seguranças…
    O tal laudo do badan é uma peça de ficção que provocaria gargalhadas em uma criança de 10 anos, e foi desmontado diversas vezes…
    Crime passional??? Mais fácil acreditar que Lula não sabia do mensalão…

  2. Quem matou? Os mesmos que mataram a sua mulher e se locupletaram, com as armações dele, no governo Collor.
    Agora, imagina hoje! Quantos já morreram, desde o Celso Daniel. A turma do Collor era composta de trombadinhas diante do aparato dos peTRalhas.

  3. O assassinato de PC Farias e de sua namorada reflete o clima de impunidade que reina no país. Tantas incongruências relatadas e não se chega a verdade. Só temos uma certeza: Os dois foram assassinados e o réu não será punido. As evidências foram eliminadas e descaracterizado a cena do crime. O resto do episódio se transformou num circo de horrores.
    Mais um crime sem solução que envolve todo o aparato judicial/ policial de roldão e eivado de falta de credibilidade.

  4. O falecido PC Farias era um arquivo vivo, então a pergunta, “A quem interessava o PC Farias Morto?”, esta é a questão, fica uma interrogação que nunca será revelada, a não ser quando todos forem julgados pelo tribunal de Deus.

  5. A quem interessava? O Collor que era seu íntimo nas negociatas e o irmão esse que protege os PMs e devia saber o esconderijo do dinheiro no Brasil e no exterior. Uma coisa é certa PM quando executa contrato já cobrou antecipado de alguém. A chamada briosa tem os mais eficientes matadores de aluguel do Brasil. Matam e se escondem no seio da corporação protegidos pelos seus milicianos de alta patente, como aquele coronel ou tenente coronel de Niterói que mandou matar a juiza. São tradicionalmente os preferidos dos bicheiros do Rio e aceitam encomendas em outros estados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *