A saudade no exílio, na visão de Menotti Del Picchia

O jornalista, tabelião, advogado, político, romancista, cronista, pintor, ensaísta e poeta paulista Paulo Menotti Del Picchia (1892-1988) fala da “Saudade” de sua pátria, durante o seu exílio.

SAUDADE

Menotti Del Picchia

Saudade cheia de graça,
alegria em dor difusa,
doença da minha raça,
pranto que a guitarra lusa
em seu exílio verteu…

Ai quem sentir-te não há-de
se foi dentro da saudade
que a minha pátria nasceu.

        (Colaboração enviada por Paulo Peres – site Poemas & Canções)

One thought on “A saudade no exílio, na visão de Menotti Del Picchia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *