A tendência (até agora) é o PIB ficar nos 2,40

Wagner Pires

Se o PIB for a 2,90 será uma vantagem. Por enquanto, a tendência fica nos 2,40, com o dólar recuando automaticamente por conta da retirada do IOF sobre o dólar na posição vendida. Melhor para as reservas cambiais.

Estamos aguardando uma boa, geral e irrestrita reforma tributária, mas, o governo não move uma palha nesta direção. Enquanto isso o “sonegômetro” indica um volume de recursos espantoso, inerte nos bancos, R$ 415 bilhões! Recursos suficientes para alavancar qualquer projeto sério em infraestrutura que o Brasil tanto necessita, além de cobrir o déficit nominal (excesso de despesas sobre as receitas, incluindo os juros da dívida).

Quer dizer: não faltam recursos, o governo é que tem de ir atrás deles.

Em relação à busca ao déficit nominal zero, a presidente Dilma Rousseff sinalizou para um superávit primário (economia orçamentária) da ordem de 2,3% do PIB, algo em torno de R$ 110,0 bilhões, utilizando-se, para isso, das receitas que virão com o programa de concessões.

Dona Dilma levou a sério as recomendações do Delfim Neto – seu conselheiro – e os sinais de preocupação do mercado. Busca, assim, as rédeas da austeridade fiscal e transmitir a imagem de seriedade de seu governo aos credores e ao mercado. Em 2014 a meta volta a ser 3,1% do PIB, marcando o retorno do tripé de estabilização econômica: câmbio flutuante, superávit fiscal e controle inflacionário.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

One thought on “A tendência (até agora) é o PIB ficar nos 2,40

  1. Como li em artigo do ex-Ministro Delfim Netto na Folha de SP, e acredito que a Presidenta Dilma Rousseff levou em conta: Numa Economia com baixo Desemprego, +- 6%, e com capacidade instalada de Produção quase a pleno, se ela continuasse a combater a Inflação só com a Política Monetária (aumento de Juro Básico e um pouco de redução do Crédito), sem auxílio da Política Fiscal e Cambial, como ela estava fazendo, logo logo teria que elevar o Juro Básico para os 2 dígitos, e bastante. Assim como para pilotar um Planador, temos que manejar o joy-stick com a mão e os pedais do leme com os pés no mesmo sentido, mantendo o fio de lã no prumo, D. Dilma entendeu e está apertando um pouco também a Política Fiscal (aumentando a Receita e diminuindo a Despesa Orçamentária) e desvalorizando sob controle o Real. Assim, até 2014 se tem condições de embalar bem a Economia, com Inflação na meta. Abrs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *