A verdade de Bertold Brecht unifica

Rubem Braga nos ensinou que a poesia é necessária. Então vamos postar um poema do escritor e dramaturgo alemão Bertolt Brecht (1898 /1956).

Bertolt Brecht

###
A VERDADE UNIFICA

Amigos, gostaria que soubésseis a Verdade e a dissésseis!
Não como cansados Césares fugitivos: Amanhã vem farinha!
Mas como Lenine: Amanhã à noitinha
Estamos perdidos, se não…
Ou como se diz na cantiguinha:

Irmãos, com esta questão
Quero logo começar:
Da nossa difícil situação
Não há que escapar.

Amigos, uma forte confissão
E um forte SE NÃO!

Bertold Brecht, in ‘Lendas, Parábolas, Crónicas,
Sátiras e outros Poemas’ – Tradução de Paulo Quintela

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

One thought on “A verdade de Bertold Brecht unifica

  1. Onde posso obter este livro de Brecht: Lendas, Parábolas, Crónicas, Sátiras e outros Poema, traduzido por Paulo Quintela?

    Obrigado.

    MLurdes Trilho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *