Acabou a brincadeira! Celso de Mello e Cármen Lúcia decidem manter Lula na prisão

Resultado de imagem para celso de mello e carmen lucia

Celso de Mello e Cármen Lúcia mostram que ainda há juízes no STF

Deu na Folha

Ao final do julgamento, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal decidiu manter preso o ex-presidente Lula, com a maioria dos ministros votando contra a estranha proposta de Gilmar Mendes, que pretendia colocar o petista em liberdade, até que houvesse o julgamento de seu segundo habeas corpus, em agosto.

Em votos rápidos e consistentes, o ministro Celso de Mello e a ministra Cármen Lúcia votaram por negar a soltura de Lula até que o STF julgue o mérito do habeas corpus pedido sob argumento de que o juiz Sérgio Moro agiu com imparcialidade ao condená-lo no processo do triplex do Guarujá.

Por 3 a 2, a proposta do ministro Gilmar Mendes, de soltar o ex-presidente imediatamente, foi derrotada. E só teremos novas emoções em agosto.

5 thoughts on “Acabou a brincadeira! Celso de Mello e Cármen Lúcia decidem manter Lula na prisão

  1. Hahahaha….. Vai ter estagiário na IntercePT dando plantão até de madrugada hoje. Vão ter que arrumar algo que preste até agosto. Hahahaha… feliz “Lula tá preso babaca”, pra todo mundo!

  2. Sabem que se soltarem este marginal haverá reação e como disse um general: o tranco vai ser forte.
    Esta pocilga deveria ser fechada, e estes merdas aposentados.

  3. Por que só o Sérgio Moro foi imparcial?
    O juízes do colegiado da segunda instância, também foram imparciais?
    O STJ, também foi imparcial?
    O STF que vem negando todos os recursos do Lula, também foi imparcial.
    A quadrilha tem ódio do Sergio Moro e dos procuradores porque trabalharam duro dando início a importante missão de colocar os bandidos na cadeia. Simples assim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *