Afinal, por que os EUA convidaram Temer para uma visita oficial?

Temer e Biden têm muito a conversar

Igor Gadelha
Estadão

O vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), foi convidado pelo vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, para uma visita de “caráter oficial” em Washington, capital daquele país. Segundo a assessoria de imprensa do peemedebista, a embaixada americana sondou a vice-presidência sobre o assunto na semana passada e Temer aceitou o convite.

O convite foi feito pouco mais de uma semana após Temer citar Biden na carta desabafo que enviou à presidente Dilma Rousseff. No texto que veio a público no último dia 7 de dezembro, o vice-presidente brasileiro reclamou que a petista se reuniu por duas horas, em janeiro, com o político americano, “com quem construí boa amizade”, “sem convidar-me”.

A vista de Temer deve acontecer no próximo ano. O vice-presidente informou, por meio de sua assessoria, que, após aceitar o convite, sua ida aos Estados Unidos está sendo tratada agora entre o Itamaraty e a Embaixada americana. A expectativa é de que a visita ocorra ainda no primeiro semestre de 2016.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Para evitar mal-entendidos, vamos esclarecer que há três explicações. A primeira, atribuída ao PMDB, é de que os agentes da espionagem americana já sabem que o impeachment será aprovado e resolveram convidar logo Michel Temer, para combinar como será o governo dele. A segunda teoria, atribuída ao PT, diz que os Estados Unidos não se metem em assuntos internos do Brasil e Michel Temer é que pediu para ser convidado, para que achem que ele tem alguma importância. A terceira explicação é que Joe Biden não tem o que fazer e fica inventando moda. (C.N.)

17 thoughts on “Afinal, por que os EUA convidaram Temer para uma visita oficial?

  1. Caro CN … Ponte para o Futuro defende inserção definitiva do Brasil no cenário mundial pelo comércio … Nossa CF CIDADÃ é pela disputa pacífica! Abr. do Lionço Ramos Ferreira.

  2. Oi Bendl, aí na sua região, RS, está chovendo muito ? Por favor mande um pouco dessa chuva aqui para o RJ, que está um calorão. É simples … é só vc conversar com as nuvens e pedir que elas desloquem-se aqui para a cidade maravilhosa. Vc conversa daí eu eu mentalizo/visualizo daqui.

    O bom da TI é que podemos abordar qualquer assunto, corremos o risco de que nos chamem de loucos, mas, e daí, loucos e vacinados … sem problemas …

    • Meu caro professor Rocha,
      Farei o que me pedes, claro, e com muito gosto!
      As chuvas deram uma trégua com exceção na fronteira com o Uruguai, especificamente nas cidades de Quaraí, RS, com Artigas, onde o rio transbordou e ocasionou que muitas pessoas tiveram de abandonar as suas casas.
      As demais regiões estão bem, não falta água, mas o calor está intenso para nós, os gaúchos, beirando sempre 30º Celsius, algo insuportável!
      Tenho lido diariamente sobre o calor no Rio, a Cidade Maravilhosa, e imagino em alguns bairros a “canícula senegalesca” que não deve ser, principalmente em Bangu, o bairro mais quente, estou certo?
      Certamente até o tempo está revoltado com o PT!!!
      Um forte abraço, Rocha.
      Saúde e Paz!

  3. Caro Jornalista,

    Esse convite me lembrou dos antigos coronéis do nordeste: Quando alguém queria “se sair” candidato, era chamado pelo dono do curral para “receber a bênção”, tomar uma “APARADA NAS ASAS” e dizer se, caso fosse eleito, escreveria ou não na mesma cartilha do verdadeiro DONO DO MANDATO…

    Estilo Antônio Carlos Magalhães…

    Abraços

  4. Quem acha que o vice americano seja um desocupado e convoque o vice brasileiro para trocar figurinhas,
    pode começar a rever o conceito.
    Americano, principalmente os envolvidos com a política, costumam tratar os assuntos de estado como coisa séria.
    Como o atual governo brasileiro é bolivariano e “anti-imperialista”, já se pode imaginar o que eles querem com o Temer. Certamente receberá os “santos óleos da unção”.
    A esquerda latino americana, começa a cair como uma fileira de pedras de dominó. A Argentina como sempre
    é a inovadora, devendo ser seguida pela Venezuela e Brasil.
    A bola de cristal do Obama, já indicou.

  5. Coisa séria como por exemplo, fingir que estão combatendo o ISIS e permitir (permitir mesmo) que eles faturem bilhoes de dólares com a venda de petróleo e possam derrubar o Bassar e claro, comprar armamento americano como aquele que atingiu o helicóptero russo. Resumindo, são corresponsáveis por toda a tragédia síria. Seria melhor se trocassem figurinhas. Feliz 2016.

  6. NÃO TENHAM DÚVIDAS DE QUE TEMER IRÁ ASSINAR UM ACORDO EM NOME DO BRASIL QUE RESSUSCITARÁ A ALCA (ÁREA DE LIVRE COMÉRCIO DAS AMÉRICAS), E OS EUA COMO SEMPRE ESTÃO UM PASSO A FRENTE. TEMER JÁ É O PRESIDENTE, PORÉM POUCOS SABEM, DENTRE ESSES, OS AMERICANOS.

  7. Caro CN … bom dia!
    Está em https://pt.wikipedia.org/wiki/Jo%C3%A3o_Goulart a atuação do Vice-Presidente João Goulart:
    “Vice-presidente[editar | editar código-fonte]
    Em 1955, foi eleito vice-presidente do Brasil, na chapa PTB/PSD. Na ocasião, obteve mais votos que o presidente eleito, Juscelino Kubitschek. Naquela época, as votações para presidente e vice eram separadas. No ano seguinte, casou-se com a jovem Maria Thereza Fontella, então, Maria Teresa Goulart, com quem teve dois filhos – João Vicente e Denise.
    Na eleição de 1960, foi novamente eleito vice-presidente, concorrendo pela chapa de oposição ao candidato Jânio Quadros, do Partido Democrata Cristão (PDC) e apoiado pela União Democrática Nacional (UDN), que venceu o pleito.
    Em 25 de agosto de 1961, enquanto João Goulart realizava uma visita diplomática à República Popular da China, Jânio Quadros renunciou ao cargo de presidente. Os ministros militares Odílio Denys (Exército), Gabriel Grün Moss (Aeronáutica) e Sílvio Heck (Marinha) tentaram impedir a posse de Jango, e o presidente da Câmara dos Deputados, Ranieri Mazzilli, foi empossado presidente.”

    Se Jango cumpria agenda internacional … Temer também pode, né???

  8. Ventos de mudança se prenunciando nos horizontes de 2016? Como é sabido, não há “Candidato” (marionete, fantoche, “puppet”) a governante da República Tupiniquim, que não esteja obrigado a cumprir com o ritual de “visitação” a Washington, desde o Regime Militar (que me lembre)!

    O que estaria sendo engendrado nos obscuros corredores conspiratórios da Oligarquia Maçônica-Sionista- Financeira da Casa Branca, para que, um de seus pupilos maçônicos de colônia imperial venha a ser “convidado” (convocado) pela “Matriz”?

    Um “puchão de Orelha” ou as instruções de algum “novo script” a ser encenado nas nossas dependências do Império? Vão lhe instalar um “teleprompter” também?

  9. Tomara que seja a primeira explicação. O Brasil sempre foi um paisinho de bosta, nunca será autônomo. É melhor ser esparro de americano do que ser esparro da esquerda comunista que está aí instalada no Brasil! Alguém discorda que tá tudo uma merda? Vamos dólarizar essa porcaria logo e deixar o americano tomar conta! O que não pode nós sermos escravizados por Fidel Castro, Maduro, Lula, etc…

  10. É normal todo político brasileiro com possibilidade de assumir a Presidência, ser
    convidado pelos EUA para trocar ideias e saber se vale a pena apoia-lo, valendo, tem grandes chances de chegar a Presidência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *