Afinal, quem manda no governo? A atual presidente ou o ex-presidente?

Carlos Newton

Está explicada a manutenção do ministro do Esporte, Orlando Silva, e está explicado também o recuo (por enquanto) da presidente Dilma Rousseff. Ontem, no auge da crise, quando o ministro estava sendo chamado ao Planalto para ser demitido, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva interveio e pediu a Orlando Silva e ao PCdoB para que resistissem às pressões e não entregassem o Ministério do Esporte.

No fim do dia, Lula, que continua se intrometendo nos mais importantes assuntos do governo desde a crise do afastamento de Palocci e sempre tentando preservar os  ministros envolvidos em corrupção, telefonou para o presidente nacional do PCdoB, Renato Rabelo, e reafirmou que o momento era de resistência. Acuada, Dilma voltou atrás e manteve Orlando Silva.

Acontece que as acusações contra Orlando Silva e Agnelo Queiroz estão se avolumando, a imprensa vai manter a pressão e a presidente Dilma Rousseff não terá alternativa. Terá que definir, de uma vez por todas, quem está no poder – se é ela ou se é o ex-presidente Lula. Sei lá. Tenho a impressão de que Dilma vai acabar rompendo com Lula.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *