Alta mordomia: Palácio presidencial de Erdogan na Turquia tem 1.100 cômodos

Esta é a modesta residência do presidente turco Erdogan

Deu no The Independent

Com 1.100 cômodos, o palácio residencial do presidente turco Recep Tayyip Erdogan custou cerca de US$ 656 milhões. A ostentação do governante da Turquia contrasta com a realidade de milhões de pessoas do país, afetadas agora pela onda de repressão do governo após o fracassado golpe de Estado na última sexta-feira.

De acordo com o presidente, foi necessário construir o imenso prédio para mostrar o lugar de seu país no cenário mundial. Mas a localização em uma área florestal protegida provocou intensa polêmica, desafiando uma ordem judicial, e a obra foi concluída em 2014.

A casa ficou conhecida como “Palácio Branco” e tornou-se a residência oficial do presidente e de sua mulher, Emine Erdogan. Somente a tapeçaria custou mais de US$ 9 milhões, segundo o jornal “Daily Mail”.

Durante o fracassado golpe militar da semana passada, o Palácio Branco foi bombardeado. A extensão dos danos ainda não é conhecida.

US$ 2 MIL COM CHÁ – Os valores da mansão não são os únicos que surpreendem. Famosa por suas compras caras em viagens pela Europa, a primeira-dama gastou quase US$ 2 mil com chá.

Certa vez, Emine fechou um shopping em Bruxelas para não ser perturbada, e desembolsou cerca de US$ 48 mil em um bazar de antiguidades na Polônia.

De acordo com um relatório do Centro de Investigação Econômica e Social da Universidade de Bahcesehir, duas em cada três crianças vivem em condições de pobreza na Turquia, segundo os padrões europeus.
(reportagem enviada pelo advogado João Amaury Belem)

6 thoughts on “Alta mordomia: Palácio presidencial de Erdogan na Turquia tem 1.100 cômodos

  1. Fazer o que se o povo gosta dele mesmo assim ? Tanto que ele foi eleito e foi o povo que impediu o golpe militar, perto do Abd al-Aziz Al Saud da Arábia Saudita ele é um miserável.
    Tentar entender a cultura desse pessoal através da nossa é complicado.
    Apesar de seu regime absolutista a Arábia Saudita é o principal aliado muçulmano dos EUA na região.
    – Legislativo: não há.
    – Partidos políticos: não há.
    – Constituição em vigor: não há — o rei governa de acordo com a Sharia, a “lei sagrada” do islamismo.

    • O povo já sabe o que acontece aos países que perdem seus governantes, por pior que eles sejam.. Ficam á deriva, todo mundo manda.

      Torci pelo povo, foi uma reação bonita. Mas esse Erdogan é qualquer coisa. Tem muito ódio, e medo, dentro dele.

  2. A foto em destaque vai deixar a turminha que frequenta a banheira com cascata de diamantes do Palacete da Rainha da Corrupção com uma inveja danada.
    Ser´´a o maior Chorocídio Coletivo entre muy amigos, jornalistas e apresentadores amestrados deste Planeta.
    E olhe lá se a Rainha não corta os pulsos…

    snif.!snif! snif!!.

    !eh!eh!eh

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *