André Vargas e irmãos foram 28 vezes ao escritório de doleiro

Recordar é viver: André Vargas era um dos preferidos de Dilma

Julia Affonso, Fausto Macedo e Ricardo Brandt
Estadão

O ex-deputado federal petista André Vargas (sem partido-PR) e dois de seus irmãos estiveram 28 vezes em escritórios do doleiro Alberto Youssef, peça central da Operação Lava Jato, em São Paulo, entre junho de 2011 e fevereiro de 2014.

É o que revela documento da força-tarefa da Lava Jato com análise das visitas monitoradas nas portarias dos prédios em que Youssef tinha escritórios. Um na Avenida São Gabriel, em nome da empresa JPJPAP Assessoria e Participações, e outro na Paes de Barro, em nome da empresa GFD.

Vargas foi um dos sete presos sexta-feira, na Operação A Origem – 11 ª fase da Lava Jato. Ele é suspeito de corrupção e lavagem de dinheiro em quatro frentes que envolvem contratos da Caixa Econômica Federal, Ministério da Saúde e Petrobrás. Em especial na área de publicidade.

VISITAS FREQUENTES

Vargas visitou pelo menos quatro vezes o escritório que Youssef mantinha na São Gabriel, entre junho e dezembro de 2011. Neste ano, a IT7 Soluções – uma das três empresas controladas pelo ex-parlamentar sob suspeita – apresentou receita de R$ 48 milhões. Boa parte pago por órgãos de governo.

Relatório da Polícia Federal mostra que Leon Vargas, irmão do ex-deputado, preso também nesta sexta-feira, foi o que mais esteve no escritório do doleiro. Foram 18 visitas entre abril de 2013 e fevereiro de 2014.

O documento indica ainda que outro irmão, Milton Vargas, esteve seis vezes no escritório do doleiro entre maio e novembro de 2013.

Os dois irmãos de André Vargas tem relações societárias diretas ou indiretas com ele. Apenas Leon, que aparece em troca de e-mails com a contadora do doleiro, foi preso nesta 11ª fase da Lava Jato.

COM A PALAVRA, A DEFESA

O ex-deputado André Vargas, por meio de sua defesa, nega qualquer envolvimento com irregularidades. Seus advogados querem o relaxamento da prisão do ex-parlamentar.

12 thoughts on “André Vargas e irmãos foram 28 vezes ao escritório de doleiro

  1. Uma imagem que diz tudo. Tudo escancarado . A obrigação de fazer perdeu a paciência e foi embora, pois aqueles que deveriam ter feito se locupletaram , também. Sinto muita vergonha de ter a mesma nacionalidade deste bando..

  2. A manchete, foto e reportagem têm a ver com as incursões do então deputado André Vargas (PT) para conversas com a presidente Dilma Rousseff, até fevereiro de 2014. Agora leiam o que escrevi em março aqui na Tribuna da Internet: Nesta época vieram à tona as denúncias contra o deputado André Vargas, com revelação de que ele coordenava grupo de 40 parlamentares do movimento intitulado “Volta Lula” http://tribunadainternet.com.br/ruim-com-dilma-no-poder-pior-sem-ela-em-campanha/ (acessem a íntegra).

    Fatos como este é que nos enche de ânimo no apoio à integridade do mandato presidencial, evidentemente com todas as ressalvas que possamos quanto às ações de governo. E olhem que vêm do presidente dos Estados Unidos o reforço: “No Brasil precisou uma mulher chegar ao poder para se começar a limpar a corrupção” http://tijolaco.com.br/blog/?p=26258

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *