Anonymous e Black Block já estão concentrados para passeata no centro do Rio

Vladimir Platonow
Agência Brasil

Dezenas de manifestantes estão concentrados na praça atrás da Igreja da Candelária para uma passeata pelas ruas centrais do Rio. A rota provável da manifestação, segundo os organizadores, é seguir pela Avenida Rio Branco, até a Câmara Municipal, e depois continuar até o Tribunal de Justiça (TJ) e a Assembleia Legislativa do Estado (Alerj). O protesto foi divulgado pelo grupo Anonymous por meio das redes sociais e tem a participação de integrantes do grupo Black Blocs.

Por último, os manifestantes pretendem retornar até a Câmara, onde devem se juntar às pessoas que protestam contra a composição da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Ônibus, que elegeu para a presidência da comissão o vereador Chiquinho Brazão (PMDB), em vez do vereador Eliomar Coelho (Psol), propositor da comissão. Pela tradição parlamentar, o cargo deveria ter sido ocupado pelo autor da proposta. Em frente ao prédio do Legislativo municipal foi montado um acampamento em apoio aos manifestantes que prosseguem ocupando o plenário da Câmara desde a última sexta-feira (9).

A Polícia Militar deslocou um efetivo reforçado para acompanhar a manifestação. Os policiais chegaram em seis micro-ônibus e dez viaturas, mas se limitam a observar a concentração de manifestantes.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

5 thoughts on “Anonymous e Black Block já estão concentrados para passeata no centro do Rio

  1. Os Tempos Estão Mudando
    Venha pessoal
    Por onde quer que andem
    E admitam que as águas
    Á sua volta aumentaram (cresceram)
    E aceitem que logo
    Estarão cobertos até os ossos
    Se seu tempo para você
    Vale a pena ser poupado
    Então é melhor começar a nadar
    Ou irá se afundar como uma pedra
    Pois os tempos estão mudando

    Venham escritores e críticos
    Aqueles que profetizam com sua caneta
    E mantenham seus olhos abertos
    A chance não virá novamente
    E não falem tão cedo
    Pois a roda ainda está girando
    E não há como dizer
    Quem será nomeado
    Pois o perdedor de agora
    Mais tarde vencerá
    Pois os tempos estão mudando

    Venham senadores, congressistas
    Por favor escutem o chamado
    Não fiquem parados no vão da porta
    Não congestionem o corredor
    Pois aquele que se machuca
    Será aquele que nos impediu
    Há uma batalha lá fora
    E está rugindo
    E logo irá balançar suas janelas
    E fazer ruir suas paredes
    Pois os tempos estão mudando

    Venham mães e pais
    De toda a terra
    E não critiquem
    O que não podem entender
    Seus filhos e filhas
    Estão além de seu comando
    Sua velha estrada
    Está rapidamente envelhecendo
    Por favor saiam da nova
    Se não puderem dar uma mãozinha
    Pois os tempos estão mudando

    A linha foi traçada
    A maldição foi lançada
    E lento agora
    Será o rápido mais tarde
    Assim como o presente agora
    Será mais tarde o passado
    A ordem está
    Rapidamente se esvaindo
    E o primeiro agora
    Será o último depois
    Pois os tempos estão mudando

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *