Ao criticar a democracia, Carlos Bolsonaro disse apenas o que o pai pensa

Jair Bolsonaro e o filho Carlos no desfile de 7 de setembro

Para os Bolsonaro, o ideal uma grande ditadura

Bernardo Mello Franco
O Globo

O novo surto de Carlos Bolsonaro espelha as ideias autoritrias do pai. Jair foi eleito nas urnas, mas nunca escondeu o desprezo pela democracia. Em oito mandatos na Cmara, notabilizou-se por exaltar a ditadura, enaltecer torturadores e desdenhar a participao popular na poltica.

Atravs do voto, voc no vai mudar nada neste pas. Nada, absolutamente nada, declarou, em 1999. Na mesma entrevista, ele defendeu o fuzilamento do presidente Fernando Henrique Cardoso, pregou o fechamento do Congresso e explicou o que faria se chegasse ao poder: Daria golpe no mesmo dia. No funciona.

CONVICES – Na campanha presidencial, Bolsonaro deixou claro que suas convices no mudaram. Ele ensaiou contestar a apurao dos votos em caso de derrota, insuflou seguidores contra a imprensa e afirmou que os rivais teriam que escolher entre a cadeia e o exlio. Em outro momento, ameaou submeter o Supremo Tribunal Federal com a nomeao de dez ministros binicos. O filho Eduardo foi mais direto: disse que s precisaria de um soldado e um cabo para fechar a Corte.

Ao vestir a faixa, Bolsonaro prometeu cumprir a Constituio, mas continuou a fazer a apologia do autoritarismo. Na semana passada, ele aproveitou uma solenidade para dizer que a ditadura foi nota dez. Um dia depois, exps o pas a novo vexame com elogios ao general Augusto Pinochet.

DUPLA UTILIDADE – O exerccio do poder ensinou ao capito que a pregao golpista tem outra utilidade. Alm de mobilizar eleitores radicais, ela serve para mascarar fracassos administrativos. Quando no consegue aprovar projetos, Bolsonaro ataca o Congresso e culpa a velha poltica. Quando v sua popularidade cair, ofende os crticos e inventa inimigos externos.

O vereador Carlos recorreu mesma frmula em seu tute contra as vias democrticas. Ao escrever que a transformao que o Brasil quer no acontecer pelo caminho institucional, o Zero Dois justificou a paralisia do governo e municiou os extremistas que o apoiam cegamente.

Carluxo tem a quem puxar.

20 thoughts on “Ao criticar a democracia, Carlos Bolsonaro disse apenas o que o pai pensa

    • Mais de que pena a autoria?

      Se lembra do Roda viva que virou rosca morta sob a batuta da ilustre pena canhota, foi o vexame jornalistico do ano, esse abestado do bmf um dos grandes culpados pela vitoria do Bolsonaro, deveria ser condecorado pelo presidente.

  1. Agora temos aqui com toda clareza que o governo de Jair Bolsonaro deseja comandar o Brasil por via anti-democrtica, o que quer dizer, por uma Ditadura. Isto no foi dito por um membro da oposio, mas pelo prprio filho, porta-voz oficioso do Presidente da Repblica. Disse o filho de Jair Bolsonaro, Carlos Bolsonaro que:

    Por vias democrticas a transformao que o Brasil quer no acontecer na velocidade que almejamos e se isso acontecer. S vejo todo dia a roda girando em torno do prprio eixo e os que sempre nos dominaram continuam nos dominando de jeitos diferentes!

    Carlos Bolsonaro (@CarlosBolsonaro) September 9, 2019

    Sobre Carlos ser o porta-voz oficioso do pai, Jair Bolsonaro, vamos ler o que disse o prprio Jair Bolsonaro, fala que reproduzida no artigo “CRTICA DE CARLOS BOLSONARO SURPREENDE OS POLTICOS”

    Jair Bolsonaro chegou a defender seu filho em maro, afirmando que h pessoas que querem afast-los, mas no conseguiro. Junto com a mensagem, na ocasio, publicou uma foto em que amparado por Carlos no corredor de hospital. Algumas pessoas foram muito importantes em minha campanha. Porm, uma se destacou frente das mdias sociais, com sugestes e contedos: Carlos Bolsonaro, meu filho.

    Atentar contra a Democracia e a Constituio so crimes gravssimos, e para crimes gravssimos do Presidente da Repblica, h que se peticionar ao Senado Federal o impeachment deste anti-democrtico Presidente da Repblica que afirma que se deve desrespeitar ao Constituio e o Estado Democrtico de Direito.

    • No vejo no comentrio do filho do Bolsonaro essa tal ameaa democracia. Eu tenho a mesma impresso: no alcanaremos melhora no pas com a classe poltica mambembe que temos e um STF que se associa ao poder e despreza o seu papel na sociedade.
      O senhor acha que vamos mudar? Veja: aps 3 corruptos incompetentes na presidncia, elegemos uma famlia de selvagens (pai e filhos) para nos dirigir. Vou exagerar um pouco a imaginao: Dada a associao do presidente com o bispo Macedo, possvel at vislumbrar uma mistura de ambio e loucura que leve o Jair ou um dos seus benditos filhos a vestir camisola branca e pregar que o cu dos humildes; no duvido que at sequem figueiras, expulsem demnios de almas penadas, e curem cegos.
      Esse tipo de loucura coletiva j aconteceu nos States em Waco-Texas, com David Koresh e em Jonestown-Guiana com Jim Jones, quando morreram envenenadas 918 pessoas sendo 314 crianas).
      Apenas uma opinio altura da loucura de um presidente doidivanas.

      • Sr. Jaburu,

        O senhor fez uma pergunta, que no sei se foi dirigida a mim ou ao autor do artigo, Bernardo Mello Franco, mas como Bernardo Mello Franco no ir responder na TI , eu mesmo ensaiarei uma resposta. O que o senhor pergunta :

        “O senhor acha que vamos mudar? ”

        Poder mudar se os eleitores brasileiros tiverem melhor conhecimento dos fatos, no se deixarem mais uma vez se enganar com as propagandas polticas mentirosas destes bandidos que o povo elegeu, inclusive para a Presidncia da Repblica, para o Legislativo. Um bom Presidente da Repblica escolher para apreciao do Senado a indicao de bons nomes para o STF e procurar ter probos ministros, indicao para a PGR baseada na lista trplice votada pelos membros do MPF, como tem sido at agora, e Bolsonaro mais uma vez rompeu com a tradio cvica.

        Claro, indicao para o STF leva tempo, porque os ministros do STF tm garantia de ficar no cargo at os 75 anos de idade, mas isso passa,

        E isto s muda na democracia, respeitando a Constituio e o Pleno Estado de Direito.

        O Contrrio disso, que no daria certo, e a experincia com a ditadura de 1964 confirma, termos um Ditador, que suprime os direitos da cidadania, “prende e arrebenta” ,como dizia o ex-ditador Joo Figueiredo, cassa polticos a seu bel-prazer, obriga opositores ou priso ou ao exlio.

        E no caso particularssimo de agora, a soluo proposta pelo cl Bolsonaro termos uma ditadura tendo como ditador o desastroso e desastrado Jair Messias Bolsonaro que at hoje no apresentou programa de governo, s faz agredir ex-amigos, autoridades estrangeiras e falar palavres, e j declarou vrias vezes que se acha “O Rei” do Brasil.

        Se os eleitores brasileiros no aprenderem a votar, e com melhor juzo crtico, realmente, concordo que isto no vai mudar. Continuaremos elegendo gente como Collor, Sarney, Lula, Dilma, entre outros presidentes que arrasaram o Brasil, com a nica exceo do Presidente Itamar Franco, mas este foi eleito vice-presidente, era membro do Partido CIDADANIA, mas s se tornou presidente aps o impeachment de Collor.

        Se Itamar tivesse sido candidato a Presidente, naquela poca, em vez de Collor, no teria sido eleito. Por falar em propaganda enganosa paga por empresrios corruptos, o senhor se lembra da milionria e bem feita propaganda de mdia que elegeu Collor, quando predominava como meio de comunicao a televiso ?

        Aquela propaganda, inclusive, plagiou, com mudana de cores (aproveitando-se do nome Collor) , o filme tcheco “Um dia, um gato” , filme belo, quando um gato mgico, quando seu dono tirava a venda dos olhos felinos, via o que era preto e branco colorido, e lia a alma e o carter das pessoas, que apareciam com a cor de suas personalidades e carter : os que apareciam em vermelhos eram os romnticos e apaixonados, os que apareciam em roxo eram os impuros e traidores, entre outras cores e significados.

        Alis, recomendo que o senhor e os demais leitores procurem nas locadoras este filme, porque um filme belo.

  2. Off topic:
    Quando a Lava Bola comear, vai faltar priso.

    Corinthians cobrado pela Unio em mais de R$ 566 milhes
    As taxas so referentes a aes tributrias, de Imposto de Renda, Contribuio Social sobre o Lucro Lquido (CSLL), PIS e Cofins
    Site Metropoles

    Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) cobrou do Corinthians nesta tera-feira (10/09/2019) mais de R$ 566 milhes referentes a aes tributrias, de Imposto de Renda, Contribuio Social sobre o Lucro Lquido (CSLL), PIS e Cofins.

    De acordo com a Folha de S. Paulo, os valores cobrados do time paulista esto separados em oito categorias junto Unio e no incluem pagamentos acordados em programas de refinanciamento de dvidas, como o Profut (Programa de Modernizao da Gesto de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro), de 2015.

    O Corinthians reconhece a notificao, mas se diz isento das cobranas da Unio. Em nota enviada Folha de S. Paulo, o clube cita casos de outros times brasileiros para se defender da cobrana. Entendimento similar ao do clube extinguiu cobrana movida pela Unio contra o Club Athletico Paranaense, depois de deciso da Cmara Superior de Recursos Fiscais do Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais) em 2018?, diz o comunicado.

  3. muito natural em um brasileiro (toda regra tem exceo) encontrar dificuldade em disfarar o transtorno mental causado pela derrota nestas eleiesde seu candidato, da , como no artigo em pauta, o “jornalista” lanar mo de qualquer coisa para desqualificar o presidente.
    E “jornalista” aquele aquele que usa como fonte de informao o wikipedia.
    ou no um brasileiro e pior, “jornalista”.

  4. O general Geisel avisou: Bolsonaro no uma pessoa normal.
    Jarbas Passarinho avisou. Bolsonaro da extrema direita e que no suportava extremistas da esquerda e da direita.
    O problema do Brasil que parte do povo tem tendncia a fanatismo religioso e politico. Esto a Lula e Bolsonaro, que tem apoio incondicional de parte dos eleitores.

  5. “Bernardo Mello Franco
    O novo surto de Carlos Bolsonaro espelha as ideias autoritrias do pai.”

    -O autor do artigo ou petista ou psiclogo.

  6. Me considero alheio a qualquer tipo de ideologia enlatada e vendida barato no pas. Minha ideologia o sucesso do meu pas. Acertou aplauso e se errou, a merecida crtica. Em todos lugares do planeta ou fora dele, onde isso foi a regra, este lugar progrediu. No o nosso caso. Aqui os amigos ou os bandidos de estimao nunca erram. Isso a frmula do fracasso. Acaba-se o esprito de integrao, com a formao de “panelas” ou faces, trabalhando para si e contra outras concorrentes. Unindo-se apenas para se defenderem da punio ou abarcarem um ganho maior.

  7. Senhor Peanha, concordo.
    De h muito tambm digo isso, mas infelizmente no assim que a sociedade se comporta.

    Acima, o comentarista senhor Edney, faz uma referncia a Itamar Franco, que mostra a realidade brasileira.
    Ele saiu com mais de 80% de popularidade, mas certamente no seria eleito…..

  8. Bom dia , leitores (as):

    Senhores Bernardo Mello Franco ( O Globo ) e Carlos Newton , o que , o hoje Presidente do Brasil Jair Messias Bolsonaro fez ou andou fazendo em prol do Brasil e povo , ao longo de seus 28 anos como Deputado Federal ?
    Portanto no tem autoridade moral alguma , pois o comportamento e atitude de seus prprios filhos , j diz tudo .

    • Este Bernardo Mello Franco, um idiota que no honra o sobrenome.
      J disse isto a ele em e-mail pessoal.
      No deve ter lido.
      um sabujo dos patres da globo lixo.

  9. Com estes deputados, senadores e a pocilga stf, muito difcil governar este pas.
    Quanto ao conceito do General Geisel e do Passarinho, no foi bem este.
    Conheo muito bem, desde as origens do fato, o que realmente aconteceu.
    O General Acrisio, meu amigo e colega de turma na ESG, apresentou as razes e deu as respostas adequadas nos inquritos militares.

  10. ISTO INCRVEL
    VEJAMOS A VERDADE SOBRE O FATO:

    Primeiro: Carlos Bolsonaro MAIOR e responde pelos seus atos;

    Segundo: mdia tradicional e este Blog Tribuna da Internet, que admiro, esto buscando inflamar o ambiente poltico indo alm do que o verdadeiro fato trouxe lume. Agora, a TI, legendar na foto: “Para Bolsonaro, o ideal uma grande ditadura” de uma IRRESPONSABILIDADE ENORME;

    Terceiro: tentaram provocar o general Mouro para coloc-lo em confronto com Carlos Bolsonaro. NO DEU.
    Alis, ningum espontaneamente reagiu, todos foram provocados pela mdia porca, digo tradicional;

    Quarto: Eduardo Bolsonaro falou bem: se fosse Winston Churchill e sua clebre frase os amestrados ficariam apenas com a primeira parte (a democracia o pior dos regimes polticos, ), sem citar a concluso (mas no h nenhum sistema melhor que ela).
    Quinto: quanto aos presidente do Senado e Cmara, provocados, repito, provocados, responderam para suas plateias.

    Sexto: preciso mais HONESTIDADE e TRANSPARNCIA, pois nem mesmo Carlos falando pelo Twitter nesta tera-feira, 10, para explicar sua declarao, feita na vspera de que no possvel se conseguir por vias democrticas a transformao que o Brasil quer na velocidade desejada e garantiu que sua fala foi apenas uma justificativa aos que cobram mudanas urgentes, a mdia porca no desistiu de sua reiterada propagao de apenas uma parte da fala do parlamentar;

    Stimo: O que falei: por vias democrticas as coisas no mudam rapidamente. um fato. Uma justificativa aos que cobram mudanas urgentes. O que jornalistas espalham: Carlos Bolsonaro defende ditadura. CANALHAS!, escreveu nesta tera.

  11. D vontade de perguntar para a mdia comprada se vivemos uma democracia no pas. H dcadas o pas vive a ditadura do colarinho branco que todos os dias rouba do povo brasileiro. Mas, estes psicopatas acha que isto democracia. Artistas, mdia, polticos, juzes acham normal receber dinheiro pblico. Grande democracia do pas tupiniquim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.