Ao culpar o PT, Dilma explodiu o partido nas eleições deste ano e de 2018

Charge do Jota A, reprodução do Portal O Dia

Pedro do Coutto

A presidente afastada Dilma Rousseff, em reportagem de Eduardo Barreto, O Globo de quarta-feira, ao afirmar que o PT precisa reconhecer todos os erros que cometeu, praticamente despediu-se do governo e, ao mesmo tempo, explodiu a legenda do partido para as eleições deste ano e provavelmente também para sucessão presidencial de 2018. “Eu acredito”, disse ela, “que o PT tem que passar por uma grande transformação do ponto de vista da prática da ética e da condução de todos os processos de uso de verbas públicas, incluindo suas fontes”.

Com isso, acenou o lenço branco do adeus aos senadores e senadoras que ainda a defendem no julgamento do impeachment, pois suas palavras na realidade chocam-se com as posições assumidas pelos seus quase ex-correligionários. Digo ex-correligionários, porque até eles perdem a condição psicológica de se manterem ao lado de Dilma, depois do conteúdo acusatório contido nas afirmações da presidente reeleita nas urnas de 2014.

Porém, pelo transcurso dos acontecimentos, os personagens atingidos indiretamente pelas críticas de Dilma Rousseff acharam melhor passar por cima do episódio e permanecerem na sua defesa.

UM NOVO QUADRO – A partir de agora, o quadro certamente começará a mudar, esgotado o prazo de defesa prévia na Comissão do Impeachment. Os pronunciamentos de cada senador somente ocorrerão no julgamento definitivo. Entretanto, todos sabem que o processo, se já se encontrava decidido, passou à condição de mais decidido ainda.

Se a própria presidente da República sustenta que o PT, seu partido, precisa reconhecer todos os erros que cometeu, evidentemente ela está transferindo esses erros de sua pessoa para a legenda partidária, como se não tivesse responsabilidade alguma no consentimento a tais erros.

Além do mais, esses erros somente se verificaram pelo menos pela omissão que caracterizou o posicionamento do Planalto quanto à onda de corrupção que inundou a Petrobrás e também o governo do país.

MISSÃO IMPOSSÍVEL – Transferir responsabilidade em política é impossível. Isso porque o exercício firme do poder é sempre algo solitário, acionado pela caneta mágica que firma e fixa as decisões. E tais decisões não se restringem aos atos escritos, mas também a matérias que deveriam ter sido escritas e não foram.

Portanto, se o PT necessita praticar uma autocrítica, o governo igualmente também necessita exercê-la. Isso porque se o partido errou nas suas posturas, o governo endossou seus erros por ação ou omissão. Se roubaram enormemente na Petrobras, foi porque o governo permitiu que o assalto acontecesse.  Agora é tarde demais para lamentar os erros que vão ficar para sempre registrados na política brasileira.

UM PARTIDO CORROMPIDO – O PT nasceu com a ideia da reforma social, mas se transformou numa legenda profundamente conservadora. Aliás, além de conservadora, manchada pelo rastro de corrupção que deixou no caminho.

Por isso, enfrentará as consequências nas urnas deste ano e nas de 2018. O PT explodiu junto com Lula da Silva, Dilma Rousseff, José Dirceu e João Vaccari, para citar apenas estes personagens. Não é preciso alongar a lista de fracassos.

7 thoughts on “Ao culpar o PT, Dilma explodiu o partido nas eleições deste ano e de 2018

  1. Discordo, Pedro. O pt não se transformou. Apenas se vestiu de cordeiro e nos enganou por muito tempo. Depois, mostrou sua real natureza: nunca foi um partido politico e sim uma organização criminosa. O seu líder, ou o cara, como disse Obama, é um amoral, depravado,bêbado, nocivo, pernóstico, repugnante.Sempre votei nele, fui enganado, também. .Esse crápula foi presidente, Brizola, um estadista, não. Triste destino.

  2. O PT nunca passou de um biombo usado por um sujeito de apelido lula.
    Sempre teve ele a primeira e a última palavra, nas
    decisões partidárias, tanto é que a Dilma mesmo sendo uma “cristã nova” na sigla, não foi motivo de qualquer contestação, quando foi “ungida” a sucessora do todo poderoso.
    Acontece que a dita, depois de ter o poder, apegou-se a ele e não devolveu ao seu pretenso
    dono. Estragou tudo.
    Não seguiu o “script”, que foi eleita apenas para ocupar a cadeira, quem mandaria mesmo era o “patrono”, que seria também o candidato na eleição seguinte.
    Madame cometeu a insensatez de achar que estaria a altura do seu criador. O desastre foi total.
    O impedimento da Dilma só não é uma unanimidade porque ainda uma parte dos petistas não quer lagar a teta de jeito nenhum, terão que voltar a trabalhar.
    Nos municípios o abandono da sigla é brutal, todos que saem, correm da maldição que começou a pairar sobre a sigla, sendo que o epílogo da derrocada deverá ser a prisão do lula.
    O PT seguira fatalmente a trajetória do antigo partido do Collor.

  3. Outro ato, este da Frente Independente Popular, está marcado para as 14h, na praça Saens Peña, a cerca de dois quilômetros do estádio do Maracanã, cujos portões serão abertos às 16h30 para a cerimônia de abertura.
    Há também uma convocação, feita nas redes sociais por um grupo intitulado Brasil Sem Corrupção, para o que chamam de “maior escracho da história”.

  4. Pedro do Couto, agora aderiste ao alarmismo: Dilma por acaso disse alguma coisa que a maioria dos afalbetizados políticos desconheçam e você particularmente desconheça? Dilma está dizendo a verdade de maneira cristalina. O PT pagará o preço pelo que fez de errado. Mas o PT a que Dilma se refere é sua cúpula com as “exceções da regra”. Sua militância pouco ou nada tem a ver dos os desvios e delitos praticados por seus dirigentes. Em síntese, Dilma está dizendo que está pagando o preço do que não fez. Como dizem os velhos cariocas: “Dilma segurou no rabo do foguete” acreditando no moralismo do PT.

  5. No alto de mais de 1/2, seculo jamais vi tantas mentiras, descalabrios, roubo, enrriquecimentos abruptos, compras de vagabundos (as), incluaive do stf., com letras minusculas sim, pois ai tb., estao aninhados salafrarios, transvestidos executores da lei, mas que estao tb.,com o rabo preso, sendo assim nao teem a capacidade dw pre julgar, quanto.mqis julgar a quadrilha de facinoras que estao nos saloes desse malfadado congresso e senado, vai dai… Se for mos declinar mos por este caminho, nao sairemos desse aparelho…mas nos ja diziamos a + de 25 anos… Sentiremos sdds., dos (militares), pois antes e no momento queremos estar enganados mas no momento nao temos nenhum politico de conduta ilibada para nos
    governar…tem mais….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *