Apagão e arrogância

A cada dia mais bairros do Rio capital (e de muitas localidades do estado) são incorporados ao “Polígono da Escuridão”. Enquanto isso, a Light (Brascan, Cemig e Odebretch) aparece cada vez mais pretensiosa, se considerando “a mais eficiente do Brasil”. Além do crime de incompetência, esse da “suficiência mentirosa”.

Agora não são apenas prejuízos circunstanciais do comércio e das donas de casa, surge outro que vai se transformando em permanente e assustador: o medo do apagão, que pode surgir a qualquer momento.

E dentro desse medo coletivo que a Light (junto com os sócios, o que uma empreiteira comprometida, tem a ver com energia?) vai plantando em cada um dos 6 milhões de habitantes do Rio: o pânico de elevador. Centenas, acho que já sepode falar em milhões, que ficaram horas presos em elevadores, e dizem com convicção: “Não entro mais em elevador”. Quem pode criticá-los e deixar impunes Light, Brascan, Cemig, Odebretch?

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *