Apelando ao coração na campanha eleitoral… 

Carla Kreefft

A emoção entrou em campo. Na reta final da campanha eleitoral, e desprovidos de programas de governo impactantes, os candidatos à Presidência da República começam a adotar discursos repletos de emotividade e sustentados por vozes embargadas e trêmulas. Ganhar o voto tocando o coração do eleitor é uma das receitas mais antigas que existem. Mas, apesar de antiga, continua dando certo.
Aliada ao mote emocional, a exposição de privações é uma tática mais do que bem aceita. Combinação perfeita, tal como arroz com feijão e goiabada com queijo. A candidata Marina Silva não inventou a roda, mas soube muito bem dizer publicamente que passou fome e que, por isso, não acabará com o programa Bolsa Família. Não faltou, em seu discurso, uma pequena pausa ao explicar que sua família tinha para comer apenas um ovo e farinha.

Mas ela não é a única a utilizar o recurso. Aécio Neves também faz um apelo emocional ao pedir para os mineiros que não o deixem passar por mentiroso, já que ele havia dito que ganharia em Minas Gerais com folga. Ele ainda repete a tática ao citar um frase famosa de seu avó Tancredo Neves: “Não vamos nos dispersar”. A afirmação foi feita por Tancredo para conseguir unidade em torno de sua candidatura à Presidência no Colégio Eleitoral, no fim da ditadura militar.

A campanha petista também não fica para trás. O ex-presidente Lula sempre usou desse artifício. A promessa de colocar três refeições diárias na mesa de cada cidadão brasileiro na campanha de 2002 é um exemplo. A história que ele sempre contava em palanque sobre sua trajetória de menino pobre e retirante do Nordeste é outro exemplo. A presidente Dilma Rousseff, nas poucas vezes em que falou da sua luta contra a ditadura militar, também tangenciou o apelo emocional, ainda que em menor intensidade.

APELAÇÕES

Não há nenhuma ilegalidade na utilização desses recursos. Mas o eleitor precisa estar atento. Passar fome, ser neto de um grande líder, ter passado privações durante grande parte da vida não credencia ninguém para uma candidatura presidencial. Certamente, experiências como essas são capazes de tornar as pessoas melhores, mais sensíveis e capazes de entender as mazelas humanas. Para ser presidente, entretanto, há outros quesitos importantes. E somente para refrescar a memória do eleitor: as histórias de privações dos candidatos são muito antigas, há muito tempo eles todos já integram uma classe que somente presencia essas dificuldades quando vão fazer campanha nos grotões do país.

Talvez seja melhor para o eleitor verificar o que cada um dos candidatos foi capaz de fazer desde que a dificuldade vivida por ele foi ultrapassada. Uma pergunta não pode deixar de ser colocada: para ser candidato o importante é passar fome ou lutar contra ela? (transcrito de O Tempo)

19 thoughts on “Apelando ao coração na campanha eleitoral… 

  1. Uma considerável parcela da população brasileira é composta de “idiotas irrecuperáveis”. São pessoas que, por diversas e diferentes razões, tiveram seu senso crítico e a capacidade mental arruinadas, processo que iniciou-se quando nasceram.
    E são elas que elegem representantes cada vez piores, também sob todos os sentidos.
    Nos últimos anos, graças a omissão e ignorância da maioria da sociedade (algo que ainda não temos), segmentos minoritários sustentados e/ou apoiadas por políticos ou por ongs, passaram a acumular “conquistas” importantes: espaços e benefícios. Desta forma, a exceção passou a ser regra.
    Ontem, para criar uma “cortina de fumaça” que esconda a roubalheira, a corrupção e o descalabro administrativo do governo petista de Lulla/Dillma, decidiram criar Comissão para verificar o ENORME ERRO cometido pelo PENAD. Na escola, coisinha de milésimo. Mas com um governo tão cioso e responsável, nada pode ficar sem resposta e correção.
    Pergunto: localizado o erro, no que resultará a correção? Nada – nadinha de coisa nenhuma. Tamanha descoberta poderá resolver um pedacinho das mazelas da saúde pública, da segurança ou do ensino? É claro que não.
    Enquanto isto, na sala ao lado, empilhando-se estão as falcatruas, os desmandos, os desvios, a corrupção em pessoa. Para estas, o que faz o governo? Deixa a PF ficar solta e forte. Mas, ao mesmo tempo, amarra o legislativo.
    Na campanha eleitoral, estampadas estão as mentiras.
    Dillma, após 12 anos de PT no governo, promete encontrar os novos caminhos da educação. Educação de quem? Henrique Fontana, autor da reforma política que mão saiu do papel. portanto, não existe. Marco, o Maia, não fala na CPI que está amordaçada e da qual é presidente. Em campanhas anteriores, os que hoje “engavetam a corrupção” e se escondem atrás das sombras que dominam o poder central, são os mesmos que ontem, se apresentavam aos eleitores como autores de CPI que os governos de então, não permitiam cumprissem com seu dever.
    Paulo Paim, não concorre. Aliás, anda sumido, fugido dos debates e dos embates. E ninguém fala nos aposentados assaltados. Não há propostas para esta gente. Afinal, só dão despesas ao país!
    Fogo e fumaça por todos os lados. Incêndios? Não. Apenas as maledicências dos inimigos do rei e/ou da rainha. E tudo é mentira!
    Em 05 de outubro, mais uma oportunidade que perderemos de recolocar o país nos trilhos e em busca de seu destino.
    Brasil, tão rico e desejado. Sem saber ou compreender, um país abandonado a própria sorte.
    Brasil, um país explorado por sua classe política, cuja representação e composição é a pior de todas de sua história.
    Brasil, país órfão, pela falta de cidadania e responsabilidade de seu povo.

  2. Maravilha, senhor Antônio Fallavena.
    Nota 10… o caso típico, em que o comentário é melhor do que o artigo.
    No caso, o bom texto da jornalista Carla Krerfftt, valoriza sobremaneira a sua opinião, que é abrangente e que faz todo sentido nesse exato instante em que o brasileiro convive com a responsabilidade de melhorar o seu país, e se depara, perplexo, com esse quadro político deplorável…
    E constatar que, do do jeito que está, é graças, ao distinto público eleitor que se omite com a eleição, anula o seu voto ou continua a reeleger os mesmos pulhas… sem se dar a chance de renovar e melhorar os que vão comandar o Brasil a partir do ano que vem…da alternância do poder.

  3. Na ocasião Tancredo discursou:
    “Não vamos nos dispersar.Continuemos reunidos como nas praças públicas, com a mesma emoção,a mesma dignidade e a mesma decisão. Se todos quizermos dizia há quase duzentos anos, Tiradentes, aquele herói enlouquecido de esperança , poderemos fazer deste País uma grande Nação. Vamos faze-lo”.

    Foi um grande e belo momento do Brasil na sua volta à Democracia.
    Muita Saudade!

  4. Bom artigo da Carla Kreefft, e ótimo comentário do Sr. Antônio Fallavena.
    Como a Sra. Carla tem cultura, disse que o Lula em 2002 prometeu colocar
    3 REFEIÇÕES diárias na mesa de cada cidadão brasileiro, mas na íntegra o Lula
    disse colocar 3 pratos de COMIDA diários na mesa de cada cidadão brasileiro.

  5. Vamos para o segundo turno. Marina X Dilma. Maturidade do povo. Aécio perde em Minas Gerais. Vê se tem cabimento um político como Aécio, que perde o seu reduto eleitoral, onde deveriam estar suas realizações, vencer Dilma ou Marina. Aécio está fora porque não tem realização alguma, no estado que governou tampouco como senador, representante do Estado de Minas Gerais. Basta de político filhote da ditadura no poder. Aécio, FHC e Agripino o triunvirato do coronelismo secular.
    Vamos dar vivas. Hipe, hipe, hurra ! Aécio está fora, o Brasil não corre o risco de ser empobrecido.

  6. Prezado Guilherme
    Com todo o respeito e pedindo licença para comentar o teu anexo.

    Estou preparando material que avalia afirmações deste tipo:
    “escola pública e gratuita”. Este chavão nasceu nos movimentos sindicais com professores e outros movimentos copiaram. Trás em si, uma combinação ridícula e que desmerece a instituição que dizem defender.

    Ora, como um educador pode cometer tamanho equívoco, numa única afirmação: “escola pública e gratuita”. Quem afirma esta barbaridade, desconhece o que é público.

    O que é público e gratuito? Nada!

    Em tempo: cuide a propaganda da Dillma mostrando merenda que é oferecida nas escolas. Gostaria de saber em quais escolas estão oferecendo aquele prato!

    E paro por aqui. Não sei de onde tiraram que os serviços públicos e gratuitos. Pelo contrário: pagamos muito e recebemos serviços de má qualidade.

    Abraço e saúde.

    • Caro Antonio Fallavena,

      Então mudemos o Chavão para: “Por uma educação pública e de qualidade! ”!
      Resolvido o problema.
      A ideia foi mostrar que uma escola bem administrada custa menos e tem melhor qualidade de ensino.
      Agradeço a ajuda!
      Abraços,

      • Como dizem os meninos de hoje: “é isso ai”.
        E a tua ideia é um dos pontos que cobro muito.
        Reclamam que falta dinheiro para a escola. Até falta, mas o que é gasto mal e posto fora não é pouco.
        Aliás, tudo no nosso país é assim: em todas as áreas públicas falta recursos mas gastam mal. Juntando as duas coisas, temos o caos.
        Administrar bem a verba de hoje e cobrar, se falta, mais o que for necessário para que as coisas funcionem.
        Vamos lá amigo. Todos nos ajudando e ajudando o Brasil.
        Abraço e bom domingo!

  7. “Só haverá verdadeiro desenvolvimento – que não se deve confundir com crescimento econômico, no mais das vezes resultado de mera modernização das elites – ali onde existir um projeto social subjacente”
    Frase do economista Celso Furtado, cassado pela ditadura militar, aquela que perseguiu as cabeças instruídas e se aliou com despreparados e ladrões. O legado humano da ditadura militar está aí para quem duvidar. Como construir um país democrático com essa elite concentradora e enriquecida, sem trabalho, pela ditadura ?

    • Aproveitando a deixa, vocês leram que as empresas que estão atoladas na corrupção do Metrô do cova$$ são as mesmas que financiam a campanha do Partido da Etica da Moral e dos Bons costumes, geraldo/covas/serra/aloisio/fhcapone////
      Por que será.??

      • Só para lembrar Lula na posse de 2002

        “Ser honesto é mais do que apenas não roubar e não deixar roubar. É também aplicar com eficiência e transparência, sem desperdícios, os recursos públicos focados em resultados sociais concretos”.
        (Presidente Lula, Posse)

        Lista dos escândalos dos governos Lula, até novembro de 2010:
        1. Caso Pinheiro Landim
        2. Caso Celso Daniel
        3. Caso Toninho do PT
        4. Escândalo dos Grampos Contra Políticos da Bahia
        5. Escândalo do Proprinoduto (também conhecido como Caso Rodrigo Silveirinha )
        6. CPI do Banestado
        7. Escândalo da Suposta Ligação do PT com o MST
        8. Escândalo da Suposta Ligação do PT com a FARC
        9. Privatização das Estatais no Primeiro Ano do Governo Lula
        10. Escândalo dos Gastos Públicos dos Ministros
        11. Irregularidades do Fome Zero
        12. Escândalo do DNIT (envolvendo os ministros Anderson Adauto e Sérgio Pimentel)
        13. Escândalo do Ministério do Trabalho
        14. Licitação Para a Compra de Gêneros Básicos
        15. Caso Agnelo Queiroz (O ministro recebeu diárias do COB para os Jogos Panamericanos)
        16. Escândalo do Ministério dos Esportes (Uso da estrutura do ministério para organizar a festa de aniversário do ministro Agnelo Queizoz)
        17. Operação Anaconda
        18. Escândalo dos Gafanhotos (ou Máfia dos Gafanhotos)
        19. Caso José Eduardo Dutra
        20. Escândalo dos Frangos (em Roraima)
        21. Várias Aberturas de Licitações da Presidência da República Para a Compra de Artigos de Luxo
        22. Escândalo da Norospar (Associação Beneficente de Saúde do Noroeste do Paraná)
        23. Expulsão dos Políticos do PT
        24. Escân dalo dos Bingos (Primeira grave crise política do governo Lula) (ou Caso Waldomiro Diniz)
        25. Lei de Responsabilidade Fiscal (Recuos do governo federal da LRF)
        26. Escândalo da ONG Ágora
        27. Escândalo dos Corpos (Licitação do Governo Federal para a compra de 750 copos de cristal para vinho, champagne, licor e whisky)
        28. Caso Henrique Meirelles
        29. Caso Luiz Augusto Candiota (Diretor de Política Monetária do BC, é acusado de movimentar as contas no exterior e demitid o por não explicar a movimentação)
        30. Caso Cássio Caseb
        31. Caso Kroll
        32. Conselho Federal de Jornalismo
        33. Escândalo dos Vampiros
        34. Escândalo das Fotos de Herzog
        35. Uso dos Ministros dos Assessores em Campanha Eleitoral de 2004
        36. Escândalo do PTB (Oferecimento do PT para ter apoio do PTB em troca de cargos, material de campanha e R$ 150 mil reais a cada deputado)
        37. Caso Antônio Celso Cipriani 38. Irregularidades na Bolsa-Escola
        39. Caso Flamarion Portela
        40. Irregularidades na Bolsa-Família
        41. Escândalo de Cartões de Crédito Corporativos da Presidência
        42. Irregularidades do Programa Restaurante Popular (Projeto de restaurantes populares beneficia prefeituras administradas pelo PT)
        43. Abuso de Medidas Provisórias no Governo Lula entre 2003 e 2004 (mais de 300)
        44. Escândalo dos Correios (Segunda grave crise política do governo Lula. Também conhecido co mo Caso Maurício Marinho)
        45. Escândalo do IRB
        46. Escândalo da Novadata
        47. Escândalo da Usina de Itaipu
        48. Escândalo das Furnas
        49. Escândalo do Mensalão (Terceira grave crise política do governo. Também conhecido como Mensalão)
        50. Escândalo do Leão & Leão (República de Ribeirão Preto ou Máfia do Lixo ou Caso Leão & Leão)
        51. Escândalo da Secom
        52. Esquema de Corrupção no Diret ório Nacional do PT
        53. Escândalo do Brasil Telecom (também conhecido como Escândalo do Portugal Telecom ou Escândalo da Itália Telecom)
        54. Escândalo da CPEM
        55. Escândalo da SEBRAE (ou Caso Paulo Okamotto)
        56. Caso Marka/FonteCindam
        57. Escândalo dos Dólares na Cueca
        58. Escândalo do Banco Santos
        59. Escândalo Daniel Dantas – Grupo Opportunity (ou Caso Daniel Dantas)
        60. Escândalo da Interbrazil
        61. Caso Toninho da Barcelona
        62. Escândalo da Gameco rp-Telemar (ou Caso Lulinha)
        63. Caso dos Dólares de Cuba
        64. Doação de Roupas da Lu Alckmin
        65. Doação de Terninhos de Marísa da Silva
        66. Escândalo da Nossa Caixa
        67. Escândalo da Quebra do Sigilo Bancário do Caseiro Francenildo (Quarta grave crise política do governo Lula. Também conhecido como Caso Francenildo Santos Costa)
        68. Escândalo das Cartilhas do PT
        69. Escândalo do Banco BMG (Empr éstimos para aposentados)
        70. Escând alo do Proer
        71. Escândalo dos Fundos de Pensão
        72. Escândalo dos Grampos na Abin
        73. Escândalo do Foro de São Paulo
        74. Esquema do Plano Safra Legal (Máfia dos Cupins)
        75. Escândalo do Mensalinho
        76. Escândalo das Vendas de Madeira da Amazônia (ou Escândalo Ministério do Meio Ambiente).
        77. 69 CPIs Abafadas pelo Geraldo Alckmin ( em São Paulo )
        78. Escândalo de Corrupção dos Ministros no Governo Lula
        79. Crise da Vari g
        80. Escândalo das Sanguessugas (Quinta grave crise política do governo Lula. Inicialmente conhecida como Operação Sanguessuga e Escândalo das Ambulâncias)
        81. Escândalo dos Gastos de Combustíveis dos Deputados
        82. CPI da Imigração Ilegal
        83. CPI do Tráfico de Armas
        84. Escândalo da Suposta Ligação do PT com o PCC
        85. Escândalo da Suposta Ligação do PT com o MLST
        86. Operação Conf raria
        87. Operação Dominó
        88. O peração Saúva
        89. Escândalo do Vazamento de Informações da Operação Mão-de-Obra
        90. Escândalo dos Funcionários Federais Empregados que não Trabalhavam
        91. Mensalinho nas Prefeituras do Estado de São Paulo
        92. Escândalo dos Grampos no TSE
        93. Escândalo do Dossiê (Sexta grave crise política do governo Lula)
        94. ONG Unitrabalho
        95. Escândalo da Renascer em Cristo
        96. CPI das ONGs
        97. Operação Testamento
        98. CPI do Apagão Aéreo ( Câmara dos Deputados)
        99. Operação Hurricane (também conhecida Operação Furacão )
        100. Operação Navalha
        101. Operação Xeque-Mate
        102. Escândalo da Venda da Varig

        http://eduardohomemdecarvalho.blogspot.com.br/2010/11/lista-dos-escandalos-do-governo.html

        Anos depois, no Instituto Lula
        “Lula admite que mentia e falsificava dados quando era de oposição”

        http://www.youtube.com/watch?v=ekfxhw6thb8&list=TLmp74OT0grGcbQ4pSdc2EQmPzQhFhsuVD

        Tá dificil manter esta corrupção toda!

      • Aproveitando a abertura do coração, estou completando 65 anos e nunca, nunca em momento algum, tivemos tantos escândalos, roubos, desvios, um denunciando outros e outros denunciando um.

        Olha, me considero um sujeito muito bem informado. Ouso rádio e tv o dia inteiro – enquanto trabalho, participo em programas de rádio, comentando ou opinando e não estou conseguindo acompanhar tanta safadeza.

        As de sexta-feira já estão velhas e as de amanhã já estão chegando para afastá-las, apagá-las, jogá-las no esquecimento.

        Fico pensando no “bando de idiotas” que temos, que não sabem nada – e tem raiva de quem sabe (só bebem, falam de futebol, assistem programas de humor, ouvem música da pior qualidade, drogas, sacanagens e novelas) e que vão “evacuar” seus votos na urna!

        E estou tentando a dupla cidadania para deixar uma porta aberta ao meu neto. As minhas, por opção ou imposição, já estão fechadas e com as fechaduras lacradas.

        Ou usamos nossas vassouras para varrer um pouco do lixo para fora ou as vendemos para as bruxas que ainda estão vivas.

        ainda vamos descobrir quem ensinou quem.

  8. Pingback: Apelando ao coração na campanha eleitoral… | Debates Culturais – Liberdade de Idéias e Opiniões

  9. Por favor não façam o bloqueio de meu comentário dizendo que ele é repetido .
    Se é repetido é um bom sinal. É o sinal que eu sou firme naquilo que eu afirmo.
    Quanto ao que falou Tancredo Neves eu escrevi:
    A frase de discurso Tancredo Neves é:
    “Não vamos nos dispersar.Continuemos reunidos como nas praças públicas.com a mesma emoção,a mesma dignidade e a mesma decisão. Se todos quizermos dizia ha duzentos anos , Tiradentes, aquele herói enlouquecido de esperança poderemos fazer deste Pais uma grande Nação. Vamos fazê-lo.”
    Por favor não cortem. Esta frase deve ser repetida milhares, milhões de vezes.
    Foi muito bonito. Foi emocionante.
    Por favor não censurem.Não matem a nossa emoção, a nossa dignidade e a nossa decisão

  10. Por favor não façam o bloqueio de meu comentário dizendo que ele é repetido .
    Se é repetido é um bom sinal. É o sinal que eu sou firme naquilo que eu afirmo.
    Quanto ao que falou Tancredo Neves eu escrevi:
    A frase de discurso Tancredo Neves é:
    “Não vamos nos dispersar.Continuemos reunidos como nas praças públicas.com a mesma emoção,a mesma dignidade e a mesma decisão. Se todos quizermos dizia ha duzentos anos , Tiradentes, aquele herói enlouquecido de esperança poderemos fazer deste Pais uma grande Nação. Vamos fazê-lo.”
    Por favor não cortem. Esta frase deve ser repetida milhares, milhões de vezes.
    Foi muito bonito. Foi emocionante.
    Por favor não censurem.Não matem a nossa emoção, a nossa dignidade e a nossa decisão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *