Apertem os cintos! Depois de Lula esculhambar banqueiros e empresários, Alckmin sumiu…

De saída do PSDB, Alckmin quer frente ampla em SP e foca no trabalhismo - 20/09/2021 - UOL Notícias

Alckmin não pensou (?) que Lula daria uma mancada dessas

Carlos Newton

Já se passaram 48 horas desde as explosivas e lunáticas declarações do ex-presidente Lula da Silva, que soou como uma declaração de guerra aos banqueiros e empresários em geral.  Na manhã desta sexta-feira, dia 1º, em entrevista à Rádio Metrópole, de Salvador, sem qualquer motivo aparente, o candidato do PT passou a ridicularizar e desancar banqueiros, milionários e empresários, com palavras ofensivas totalmente fora de propósito, atacando inclusive os que pagam R$ 20 mil para jantar com ele.

A partir daí, os jornalistas estão tentando ouvir seu candidato a vice-presidente Geraldo Alckmin, que vinha funcionando como intermediário nos frequentes e sucessivos encontros com os maiores líderes das classes produtoras e do mercado financeiro. Mas Alckmin literalmente sumiu.

HÁ MOTIVOS – Alckmin desapareceu mesmo. Além de não pretender comentar as investidas de Lula contra banqueiros, milionários e empresários, o ex-governador paulista também não quer dar entrevista sobre o novo pedido de bloqueio de seus bens no processo da Odebrecht, que o Ministério Público Federal acaba de fazer.

É claro que Alckmin nada tem a declarar, porque o rompimento do ex-presidente Lula da Silva com os empresários e banqueiros foi uma baita surpresa.

Essa mudança de rumos políticos aconteceu exatamente quando o candidato a vice-presidente na chapa PT-PSB estava acelerando as negociações com as lideranças das classes produtivas e do mercado financeiro.

ALCKMIN EM AÇÃO – Segundo nota publicada na própria sexta-feira pela revista “Crusoé”, Geraldo Alckmin estava inteiramente dedicado a azeitar as relações entre Lula e os grandes dirigentes da livre iniciativa. Nos últimos dez dias, foram três jantares com megaempresários PIB.

Em um deles, diz a “Crusoé”, Alckmin foi aplaudido depois de sustentar que, com os governos de Fernando Henrique Cardoso e Lula, o Brasil experimentou um raro período estendido de desenvolvimento econômico e humano, graças ao regime de responsabilidade fiscal e programas fiscais.

“No dia 20, na casa do presidente do Insper, Claudio Haddad, coube a Alckmin quebrar o gelo entre Lula e a presidente da Sociedade Rural Brasileira (SRB), Teresa Vendramini”, acrescentou a “Crusoé”.

PRÓXIMO PASSO – E agora, o que fará Alckmin? Qual será seu próximo passo? Afinal, não poderá ficar escondido para sempre. Será que o ex-governador vai aceitar essa guinada de 180 graus dada por Lula, que se comporta como se estivesse abrindo mão do apoio do centro democrático?

Alckmin vai continuar se fingindo de morto ou renunciará à chapa, oferecendo-se ao PSB para disputar o governo de São Paulo ou a vaga de senador? E o que dirá à dona Lu, que está toda animada, já se preparando para disputar uma cadeira na Câmara?

É a grave a crise no quartel-general do PT-PSB. Será que alguém tem coragem de dizer a Lula que ele precisa se disciplinar? Afinal, se Lula considerava tão fundamental o apoio do centro, a ponto de trazer Alckmin como vice, por que mudou de ideia tão abruptamente?

###
P.S.
Com Lula declarando guerra às classes produtoras e ao mercado financeiro, este final de semana foi intensamente festejado por Jair Bolsonaro, Ciro Gomes e Simone Tebet, que esperam herdar os votos que Alckmin, com seus amigos empresários e banqueiros, estava despejando em Lula. (C.N.)

18 thoughts on “Apertem os cintos! Depois de Lula esculhambar banqueiros e empresários, Alckmin sumiu…

    • Isso é fakenews. Um conjunto de narrativas.
      Fazer associação de partido com organização criminosa, apenas porque pessoa do seu quadro de diretório local teria se reunido com integrante de facção. E tem ainda racismo velado no JC. Quando feita afirmação de que eleitores da zona leste votam no candidato do PT. Região em que a organização criminosa domina.

    • Esse artigo do Jornal da Cidade faz insinuações nenhum pouco honestas.

      Uma pessoa do quadro meramente tendo se reunido com integrante de organização criminosa.

      Fosse isso bastante para contaminar todo o partido. Mas não. Uma pessoa pode agir com desvio e ser até punida pelo partido.

      Do contrário, tem-se aberração jurídico penal.
      Transferência do crime da pessoa para outras.

      Se assim, então vamos lembrar :
      Da foto do Bolsonaro com oficial graduado da PM flagrado com criança de 3 anos no interior do carro.
      Isso liga Bolsonaro à pedofilia?
      Ou, ainda:
      Bolsonaro vizinho de executor da Marielle, tendo o filho dele se relacionado com a filha do executor.
      Isso liga Bolsonaro ao crime?
      Tambem recorde-se:
      De garimpeiros e grilheiros transportados por avião da FAB à Brasília.
      Isso liga o Bolsonaro a esses grupos criminosos?

    • Agora entendi porque os incautos que estão na campanha para os dois ladrões fazem o L com as mãos.
      A senvergonhice desses dois dinossauros da vida pública só é comparável a de bolsonaro.
      Só falta os três se unirem publicamente pois tacitamente ninguém tem dúvidas que ganhando um ou outro é bom para os três.
      Pobre povo brasileiro que assiste a tudo com uma passividade estrondosa. Até quando?
      Quanto esse três já fizeram mal ao país ninguém é capaz de responder mas todos sabemos que foi muito mais que imaginamos.
      As pessoas de bem que, tem um mínimo de respeito pelo Brasil, precisam dar um não rotundo aos três salafrários nessas eleições e varre-los para o lixo da história. E isso que merecem do povo brasileiro.
      Vamos juntos encampar uma corrente de ações que nos leve a um patamar que impeça a vitória eleitoral desses três traidores da pátria.
      “Ou ficar a pátria livre ou morrer pelo Brasil! “.

  1. Uau sensacional a interação total entre o Luladrão e o Picolé de Chuchu, os caras realmente afinaram o discurso, enquanto um assopra o outro morde. Mas até para o cinismo do Picolé de Chuchu o “arroubo” do 51 foi forte demais. Para a sorte do vice sem sorte a hora de abandonar a nau pestista ainda não acabou. Este casamento tem tudo para não se realizar, não vai passar de um noivado onde os noivos não falavam a mesma linguagem. E os sonhos azedaram antes de se realizarem.

  2. Trazer Alkmim já foi uma leve e inicial demonstração de um jôrro de seguidas caducas e anciãs anormalidades, configurando um incapaz para aspirar tal posto, como se fosse sentar num vaso sanitário!

  3. Lendo esse blog quase se esqueçe que o presidente atual é o bolsobosta, que promove ataques diários à democracia, ao sistema eleitoral, aparelha as instituições, que legalizou o mensalão com as emendas de relator, que está arruinando as finanças pra tentar se reeleger.
    As quengas bolsonaristas estão tão desesperadas, arrancando a calcinha pela cabeça, que não percebem que essa fala não fará diferença nenhuma, a burguesia empresarial e a faria lima já tá fechada com o mito. Mais provável que o Messias se desidrate com o episódio do presidente da caixa, isso sim, mas continuem o choro, está delicioso.

  4. Caro Newton;
    Você se lembra quando Mario Amato falou (1989) que se Lula fosse eleito, centenas de fábricas fechariam?
    Lula respondeu na ocasião; ” Podem fechar; a peãozada toca o barco sem patrão”.

  5. Luiz Inácio nasceu para Alckmin e agora está mais que provado como um é a cara do outro.
    Ambos caminham juntos para tentar dar o golpe derradeiro no país e enricarem ainda mais.
    Nenhum dos dois tem qualquer projeto político que possam apresentar sem sujar ainda mais suas mãos. Só a roubalheira permite que permaneçam na vida pública.
    Peço a Deus que o honrado povo brasileiro se dê conta a tempo e varra esses dois mulambos paravo inferno.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.