Apoio de Alckmin a Aécio deixa Serra isolado no PSDB

Carlos Newton

Foi uma surpresa para o senador Aécio Neves, pré-candidato a presidente em 2014, e uma decepção para o ex-governador José Serra, também pré-candidato.

O fato é que o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, decidiu abandonar o apoio a Serra contra Aécio na disputa pela presidência do PSDB, que é o primeiro round da peleja entre os dois presidenciáveis.

Pela primeira vez, Alckmin anunciou seu apoio ao senador Aécio Neves para que assuma o cargo de presidente nacional do PSDB. A declaração foi dada pelo tucano em evento no PSDB segunda-feira, com a participação de Aécio e sem a presença de Serra.

“O que eu sinto no PSDB é que você, Aécio, assuma a presidência do PSDB, percorra o Brasil, ouça o povo brasileiro, fale com o povo e una o partido”, disse o governador paulista.

Como se sabe, Alckmin e José Serra eram contra ceder os principais postos da legenda ao grupo de Aécio. A grande expectativa agora é saber a reação de Serra, que já aventou até a possibilidade de deixar o PSDB para ingressar no PPS.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *