Após perder no STJ, aliados começam a pressionar Arruda para que renuncie

José Carlos Werneck

Os aliados de José Roberto Arruda correm contra o tempo para decidir se escolhem outro candidato ou se aguardam uma decisão do Supremo Tribunal Federal. Seus advogados acreditam que os julgamentos nos Tribunais Superiores poderão ser favoráveis à candidatura.

O candidato e seus correligionários têm cinco dias para decidir se ele continua na  campanha ou se vai ser escolhido outro nome para disputar o governo. Ontem, Arruda teve negado um recurso contra sua candidatura. Por três votos a um, o Superior Tribunal de Justiça negou recurso de seus advogados para suspender uma condenação por improbidade administrativa. A defesa entendia que o juiz Álvaro Ciarlini, responsável pela condenação de Arruda em primeira instância, seria suspeito para julgar processos da chamada “Operação Caixa de Pandora”. Havia o risco de empate no STJ, já que só quatro magistrados estavam presentes para decidir caso, mas o placar foi 3 x 1 contra Arruda.

Ontem, também após pedido de vista pelo ministro Gilmar Mendes, o Tribunal Superior Eleitoral adiou a análise de recurso contra a impugnação do candidato do PR, aumentando o clima de incerteza de seus aliados.

Eles  não acreditam que  Arruda possa sair vitorioso em todos os processos até o próximo dia 15, prazo final para substituição do candidato. Ele diz que “vai até o fim”garantindo que recorrerá ao Supremo Tribunal Federal para continuar na disputa.  Mas  seus aliados  temem um desgaste para a coligação que o apoia.

Entre os  possíveis substitutos de Arruda estão seu candidato a vice, Jofran Frejat, também do PR, o candidato à reeleição, senador Gim Argello do PTB, o ex-deputado federal Alberto Fraga, do DEM, e até mesmo a mulher de Arruda, Flávia Peres. E no último fim de semana, o ex-governador Joaquim Roriz do PRTB colaborou com a polêmica afirmando, em seu primeiro pronunciamento público desde 2010, que sua filha Liliane Roriz, filiada ao PRTB, está “pronta para ser governadora”.

3 thoughts on “Após perder no STJ, aliados começam a pressionar Arruda para que renuncie

  1. Novidade…
    Ao invés da “madame” Arruda, o candidato brecado, corrupto de carteirinha, eleito pelos brasilienses, já mudou a candidata… agora, vai ser a filha, Liliane Roriz…
    Tudo indica que ele está vacinado do vírus das ex-esposas… que faz tremendo estrago na vida dos políticos que insistem e não desistem…

  2. Corrupto de carteirinha, aliás Brasília, é o centro da corrupção, que está entranhada nos chamados cidadãos moradores, que dão o mau exemplo da imoralidade, elegendo seus “clones”. A pesquisa anunciada de eleição do dito cujo, em 1ª, mostra como o Brasil está podre. A intenção de voto, deveria ser “0 (ZERO), portanto, cada povo tem o governo que merece, ao eleger malfeitores, não tem o DIREITO DE RECLAMAR e merece comer M… .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *