Apropriação indébita: Joaquim Barbosa citou frase textual de Rui Barbosa, sem identificar o autor. Contradição: Mubarak, assassino em massa, é posto em liberdade. O militar americano que mostrou a face desumana dos EUA no Iraque e Afeganistão pega 35 anos. Dona Dilma, escravagista, “contrata” médicos sem pagar salário, que recebe é Raul Castro.

Helio Fernandes

Dona Dilma imita Chávez, escraviza médicos de Cuba. O bolivariano “contratou” 15 mil médicos da ilha de Fidel. Não pagava nada a eles, que viviam miseravelmente na bela Caracas. O pagamento era feito diretamente ao governo de Cuba, no caso em petróleo subfaturado ou sem faturamento, eram “amigos”.

Quando Chávez teve que fazer a primeira das várias cirurgias, podia ter feito sem sair do país, os hospitais da Venezuela 10 vezes melhores que os de Cuba, desaparelhados e caindo aos pedaços.

Só que Chávez não queria ser operado pelos médicos cubanos, que ajudara a escravizar. Acabou morrendo em Havana, tiveram que fazer uma volta “misteriosa” do presidente, para fingir que morrera no próprio país.

DONA DILMA ACEITA EXIGÊNCIAS

Na obsessão eleitoral e eleitoreira de mandar para o interior médicos sem hospitais, sem o mínimo de condições até de “amarrar um ferimento com gaze”, Dona Dilma falou com Raul Castro, que lhe disse: “Temos milhares de médicos que gostariam de trabalhar no Brasil, mas o contrato tem que ser feito de país para país. Ela perguntou como era, Raul respondeu: “Como fizemos com a Venezuela”.

A presidente foi se informar, recusou os “milhares” de médicos cubanos, que “gostariam” de trabalhar no Brasil. Três meses depois, aceitou as exigências de Raul Castro, abandonou as convicções (?), concordou em assinar contrato com Cuba e não com os médicos.

CONDIÇÕES. 1 – O Brasil receberá INICIALMENTE 4 mil médicos. 2 – O pagamento será de 10 mil reais por cada um. 3 – O dinheiro será entregue em Cuba, diretamente ao governo. 4 – Os médicos virão imediatamente, sem REVALIDAÇÃO, “eles falam castelhano, fácil de ser entendido pelos brasileiros” (textual de Dona Dilma, para os que, fora do governo, protestavam contra o “negócio”). 5 – Os médicos viajam para cá, o dinheiro viaja para lá. O pagamento será feito aos médicos diretamente pelo governo de Cuba.

Dona Dilma nem quer saber como Cuba encontrará seus médicos no interior deste país continente. No caso da Venezuela, como a troca era em petróleo, os médicos se sacrificavam pelo país. E o contrato com o Brasil, como justificar?

O governo de Dona Dilma, incompetente, é agora também escravagista. E ainda existem outras palavras para identificá-la, resolvi usar menos espaço.

(Nos tempos de folga, quase sem interrupção, Dona Dilma podia “descobrir” Gilberto Freyre).

“NA PRAIA, SÓ DE CAMISA”

Em 1930/31, as praias da Zona Sul eram praticamente desconhecidas. Mas o prefeito Batista Luzardo (que veio com Vargas em 30) determinou essa proibição que está no título. Proibiu também dirigir automóveis (que na época eram poucos, sem camisa.

Luzardo, grande orador, fez carreira nacional. Na sua cidade, Porto Alegre, levantaram um monumento para ele, intitulado “Centauro dos Pampas. Carlos Lacerda brigou com ele, escreveu: “Luzardo, o Centauro, metade cavalo e a outra metade também”.

(Luzardo foi substituído por Pedro Ernesto, o primeiro prefeito eleito do Distrito Federal. Extraordinária figura, médico voltado para a comunidade, é considerado até hoje o melhor prefeito que o Rio já teve.

Mais tarde, acabado o mandato, foi substituído por um prefeito nomeado, o padre Olimpio de Mello. Dizem que, apesar de padre, até Deus duvidava dele. Não registrou em cartório, mas pelo menos no Rio, foi o inventor e o marqueteiro da corrupção.

CONTRADIÇÃO PENAL

Hosni Mubarak, ditador do Egito por mais de 30 anos, foi derrubado, preso e processado. Por corrupção e enriquecimento ilícito, mais o massacre de quase mil pessoas. Foi condenado à prisão perpétua, ficou um ano preso.

Ontem, surpreendendo o mundo (e incendiando mais ainda o Egito) foi posto em liberdade domiciliar, nem mesmo ele sabe onde. Assassino, tem medo de voltar a seu país. Mais do que a Justiça, sabe o que fez nesses 30 anos.

A PUNIÇÃO DO CABO MANNING

Forneceu vídeos e documentos que publicados, estarreceram o mundo, mostrando a atuação desumana dos militares americanos no Iraque e Afeganistão. O WikiLeaks ganhou fama e repercussão mundial. Mas a opinião pública dos EUA não considera que ele seja traidor.

E o próprio governo americano já deixou entrever: “A publicação dos documentos não causou o menor problema para o país”. Mas apesar disso, foi condenado a 35 anos de prisão.

Começou com prisão de 90 anos, passou para 60, foi fixada em 35. Mas pode nem ser cumprida, a Lei permite que Obama perdoe o cabo. (Foi rebaixado a soldado, não foi expulso. Em todo o julgamento, aparece fardado).

COMPARANDO MUBARAK COM PETAIN

Herói da Primeira Guerra Mundial, traidor na Segunda, quando formou o governo em Vichy (aderindo a Hitler), depois da guerra foi condenado à morte. Estava com 89 anos, a condenação surpreendeu a opinião pública.

Houve então um movimento para “redução” da pena aplicada a Petain. Mas que redução pode ser concedida num caso como esse? A pena de morte foi comutada para prisão perpétua, todos ficaram satisfeitos. Petain estava com 89 anos, morreu com 90, logo a seguir.

Mubarak matava e mandava matar friamente. Petain foi considerado herói porque na Primeira Guerra (de 1914 a 18) matou mais gente do que os alemães, principalmente em Verdun, expulsando o invasor.

Na Segunda Guerra, considerou que SERVIA à França se refugiando em Vichy. Formou um governo com Pierre Laval,  ultracomunista, que depois da guerra foi executado pelos franceses, por alta traição.

HEROISMO na guerra é matar mais do que o inimigo ou adversário? TRAIÇÃO é matar menos? Na interpretação dos seus superiores. De qualquer maneira, Petain está na História. Mubarak tido e havido como carrasco, que nunca deixou de ser.

Data vênia, tudo de acordo com a interpretação de quem jamais combateu.

###

PS – Na sua leitura do texto de curso primário, Joaquim Barbosa só leu uma frase perfeita: Justiça TARDIA não é JUSTIÇA”. Mas deixou de citar o autor, se apropriou do prestígio, da cultura e da convicção de Rui Barbosa.

PS2 – Joaquim Barbosa, como é magistrado, tem privilégio de seu filiar 6 meses antes da eleição, em abril de 2014.

PS3 – A perguntinha ingênua: por qual partido Joaquim se candidatará, se concretizar a ideia? E quem tomará a iniciativa: ele ou o partido?

PS4 – Tem quase 8 meses para se decidir. Dependendo da decisão e do partido escolhido, pode usar um intermediário.

   

 

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

47 thoughts on “Apropriação indébita: Joaquim Barbosa citou frase textual de Rui Barbosa, sem identificar o autor. Contradição: Mubarak, assassino em massa, é posto em liberdade. O militar americano que mostrou a face desumana dos EUA no Iraque e Afeganistão pega 35 anos. Dona Dilma, escravagista, “contrata” médicos sem pagar salário, que recebe é Raul Castro.

  1. A cartilha de Barbosa.
    .

    Embora idade não seja necessariamente sinônimo de dignidade e honra, nela está o elo com o passado, a verdade do presente e a preparação responsável para o futuro.
    .
    Helio goza da felicidade e privilégio divino dessa sinonimia. Por vezes tenho vontade de estabelecer um diálogo virtual com Helio, contudo, temo por minha desigual experiência histórica e capacidade.
    .
    Leio: “PS – Na sua leitura do texto de curso primário, Joaquim Barbosa só leu uma frase perfeita: Justiça TARDIA não é JUSTIÇA”. Mas deixou de citar o autor, se apropriou do prestígio, da cultura e da convicção de Rui Barbosa”

    Ainda que correndo o considerável risco de interpretações levianas, primo por respeitar o pensado não relaxando em citar fontes.

    Mas, meu honorável Hélio, “Justiça TARDIA não é JUSTIÇA” que em seus verdadeiros termos constantes da elegíada mais que jurídica, cívica “Oração aos Moços” assim foi escrita:

    “Mas justiça atrasada não é justiça, senão injustiça qualificada e manifesta. Porque a dilação ilegal nas mãos do julgador contraria o direito escrito das partes, e, assim, as lesa no partrimônio, honra e liberdade.”, tomou os guetos e becos ante a escandalização da justiça promovida justamente por vândalos erigidos a próceres e que jurram e assumiram o dever de a promover.

    Não, “Justiça TARDIA não é JUSTIÇA”; não é mais de Rui, é de domínio público; foi apropriada pela vida, pela arte, pela poesia e assim Barbosa não mais a poderia atribuir a Rui:

    “Toda vez que um justo grita,

    um carrasco vem calar.

    Quem não presta fica vivo,

    quem é bom, mandam matar –
    Cecília Meireles”

  2. E se candidatar, o meu voto é dele. Além do voto, serei um batalhador voluntário incansável para convencer a galera. E olha, sou bom nisso. Temos que arrancar essa petralhada do poder, que está arruinando o Brasil e os brasileiros. Quanto à frase do Rui Barbosa, é tão conhecida e tão óbvia, que nem é preciso citar o autor. Acho até que ela fica muito mais apropriada na boca do Ministro Joaquim.

  3. Caro Jornalista Helio Fernandes

    Creio que houve um pequeno equívoco a respeito de Pierre Laval. Ele foi primeiro-ministro francês nos anos 1930, e depois figura proeminente do governo de Vichy. Após a libertação da França ele foi julgado pela colaboração com a Alemanha (pelo governo francês recém-estabelecido por De Gaulle) e executado, pelos franceses, em 15 de outubro de 1945.

    Marcelo Menezes Reis

  4. Sobre médicos cubanos: afinal, os cofres da “viúva” têm colaborado fartamente com as ditaduras africanas. Para a de Cuba arranjaram essa desculpa de trazer médicos que lá existem aos milhares. Arre! Que outro país dispõe de tanto médico assim? Concordo com aqueles que dizem que estamos importando guerrilheiros. Lá nos confins-do-juda, basta um curativozinho, já que não existe infra-estrutura – nem nas capitais – para atendimento médico. Um bandaid qualquer um coloca… até um “soldado” a serviço desta corja política.

  5. LOBÃO REAGE A UM DOS ALGOZES FASCISTAS VERMELHOS

    Sr. Emir Sader,

    Tomo a liberdade de interpretar como diretas as suas indiretas à minha pessoa pelo singelo fato de ter escolhido o meu rosto para emoldurar o seu artigo, e mesmo que o senhor não tenha tido a hombridade de mencionar o meu nome, sinto-me na obrigação de lhe enviar a minha réplica. Sendo assim, vamos começar por partes:

    1) Se existe essa transição de esquerda para a direita, me parece muito claro que o inverso é absolutamente verificável. O próprio Paulo Maluf, o José Sarney, o Fernando Collor, o Severino Cavalcanti, o Renan Calheiros entre tantos outros fazem parte integrante e fundamental da base aliada do PT. Todos com calorosa acolhida e, por que não dizer, com ardorosa defesa por parte de nossos grandes pensadores da esquerda (consulte sua colega, Marilena Chauí e pergunte o que ela acha atualmente do Paulo Maluf. É comovente perceber o amor, o carinho e admiração que ela nutre por ele nos dias de hoje). Portanto, sua tese começa a se desmoronar logo no segundo parágrafo do seu artigo.

    2) O processo de conversão ao que o senhor se refere é algo mais simples e direto. Basta ter o mínimo de bom senso e uma inteligência mediana para se constatar a canoa furada que é a esquerda e seu lamentável histórico. É um mimo da sua parte achar que a URSS é o único repositório de quaisquer críticas tecidas à esquerda. Não, meu nobre companheiro. Não há na história da humanidade um só caso de que possamos nos jactar de alguma pálida forma que seja, da esquerda tendo um papel bem sucedido como modelo político. Todos foram um retumbante fracasso. Na URSS, na China, no Vietnã, Camboja, em Cuba, agora, na Venezuela, na Europa Oriental, na Albânia, na Coréia do Norte, Angola e por aí vai… Todos regidos por tiranetes caricatos. E não temos apenas a disseminação da miséria nesses povos, temos verdadeiros massacres, os maiores genocídios da história se concentram justamente nas administrações comunistas. Isso é fato irrefutável, portanto, o Stálin ser comparado a Hitler acaba sendo, por incrível que pareça, um eufemismo. Não me parece muito consistente o senhor querer fazer crer a qualquer criatura com mais de dois neurônios que Cuba é uma democracia plena, onde se respeita os direitos fundamentais do cidadão. Isso é um fato também. Não há o que discutir, lhe restando apenas o direito um tanto suspeito de ser um tiete de um regime deplorável. No entanto, o Brasil trava relações diplomáticas intensas com os irmãos Castro, auxiliando sua administração com polpudas quantias do NOSSO dinheiro para aquela bela e tão maltratada ilha. E isso na maior cara de pau!

    3) No quinto parágrafo do seu artigo o senhor faz uma alusão de casos de pessoas que são “recompensadas pela direita”. Mas que direita? Praticamente TODOS os órgãos estão comprados pelo governo! A maioria esmagadora dos intelectuais e artistas desse país está se lambuzando toda com gordas verbas federais e deformando sua funções primordiais para se transformarem em militantes cínicos (eu mesmo fui laureado com uma polpuda verba pela lei Rouanet, verba essa que recusei peremptoriamente).

    E daí a inversão dos fatos: vocês são os chapas-brancas! Vocês são os militantes e patrulheiros ideológicos de plantão! Vocês se locupletam com verbas públicas! Vocês são a força de engenharia social de um governo corrupto e incompetente e isso é muito feio, pra não entrar muito fundo na questão. O rebelde aqui sou eu, companheiro. O espaço que recebo dessa tal mídia de direita a qual você se refere é cada vez mais exíguo. Só consegui fazer um programa de televisão em TV aberta e todos aqueles que costumava frequentar por tantos anos me fecharam suas portas até o presente momento, embora, malgrado todas as tentativas (inclusive a sua) de detratar e inviabilizar o meu livro, ele continua entre os mais vendidos por mais de 20 semanas. Sorry…

    manifestoQuando sai alguma matéria sobre o Manifesto do Nada na Terra do Nunca é sempre no intuito de denegrir de forma capciosa o seu conteúdo e, não raro, também a minha pessoa e minha conduta, da mesma forma que o senhor comete neste artigo.

    Estou cansado de ler resenhas e crônicas me esculhambando, afirmando coisas absurdas como ser eu a favor da ditadura, da tortura, do regime militar. Eu jamais tomei esse tipo de posição!
    Eu simplesmente não acredito em quem pegou em armas nos anos 60 pra “defender a democracia” porque isso não aconteceu! Eles (o senhor estava nessa também, não?) lutavam por uma outra ditadura! E esse é um cacoete mórbido que virou tabu investigar e isso é péssimo para todos nós.

    Não acredito em pessoas como o senhor, que não passa de um filósofo de meia tigela, jogando pra sua galera, achando que vai se criar cagando goma pra cima de mim. Não vai!

    Não admito ninguém ficar questionando a validade da minha qualidade artística, principalmente em se tratando de alguém que nada mais fez do que mostrar ser um analfabeto musical de amplo espectro. De outra forma não se arvoraria em tecer tão estúpido comentário em detrimento de uma porca e covarde estratégia pretendendo me despotencializar por uma suposta e inexistente decadência musical. Isto é, antes de mais nada, patético para a sua já tão combalida reputação.

    Para concluir, quero deixar bem claro ao senhor e aos seu leitores uma coisa: se informe mais a respeito de quem está falando, nutra-se de mais prudência, vai por mim… Tente enxergar o próprio rabo e pare de projetar a sua mediocridade, sua obtusidade e sua venalidade em outros, principalmente quando pode ter a infelicidade de se deparar com pessoas assim como… eu.

    Portanto, um dever de casa para o companheiro Emir Sader: escreva cem vezes no seu caderninho: “Escriba de aluguel é o caralho.”

    Lobão.
    http://www.lobão.com.br

  6. Lá de fora

    “CONTRADIÇÃO PENAL

    Hosni Mubarak, ditador do Egito por mais de 30 anos, foi derrubado, preso e processado. Por corrupção e enriquecimento ilícito, mais o massacre de quase mil pessoas. Foi condenado à prisão perpétua, ficou um ano preso.
    Ontem, surpreendendo o mundo (e incendiando mais ainda o Egito) foi posto em liberdade domiciliar, nem mesmo ele sabe onde. Assassino, tem medo de voltar a seu país. Mais do que a Justiça, sabe o que fez nesses 30 anos.

    A PUNIÇÃO DO CABO MANNING

    Forneceu vídeos e documentos que publicados, estarreceram o mundo, mostrando a atuação desumana dos militares americanos no Iraque e Afeganistão. O WikiLeaks ganhou fama e repercussão mundial. Mas a opinião pública dos EUA não considera que ele seja traidor.
    E o próprio governo americano já deixou entrever: “A publicação dos documentos não causou o menor problema para o país”. Mas apesar disso, foi condenado a 35 anos de prisão.”

    Aqui dentro

    A)O vergonhoso julgamento-show-mensalão, conduzido pelo polêmico e arrogante Joaquim Barbosa, com base em domínio do fato, chega ao final com pesadas condenações. Enquanto isso, milhares de conhecidos grandes personalidades, altamente suspeitas e ou comprovadas grandes corrupções, muitas vezes maiores, continuam livres, eleitas, ricas e dando as cartas. Lugar de ladrão é na cadeia. Assim deveria ser. Entretanto, o julgamento-show-mensalão teria que ser exclusivamente com base em provas, além do que, todos os demais conhecidos corruptos ladrões, não poderiam continuar acima da Lei;

    B)Os envolvidos nas hediondas torturas, assassinatos, sequestros, terrorismos, desaparecimentos dos tempos da corrupta e sangrenta ditadura militar, ficaram livres de julgamento por conta do argumento “revanchismo não”. Apesar disso, se recusam dizer onde estão os desaparecidos, para a paz dos familiares e da sociedade;

    São incontáveis as contradições de cada povo, tristes e injustas. Todas elas, por conta do poder e da grana, deixando as elites acima das leis, da dignidade e da ética. Infelizmente, assim caminha a humanidade. Que Deus tenha infinita piedade de nossas almas.

  7. Essa apropriação indebita de Joaquim Barbosa não é novidade para eles. Eles se apropriam de forma cinica de obras alheias. Assim fez Fernando Henrique com o Plano Economico de Itamar e Banco Mundial, e depois numa jogada de Mestre se apropriou de um filho de alguem que tem o nome de Thomaz. como podem gostar tanto de coisas de outrem

  8. Hélio, Batista Luzardo o último caudilho maragato era natural de Uruguaiana-RS. Médico e advogado, em 1923 foi cooptado pelos maragatos. Neste momento o intendente de Uruguaiana era Flores da Cunha do PRR(chimango). No jornal que defendia os maragatos eram respondidas as acertivas do intendente, que vendo o pretígio do médico Luzardo que debelara um surto de tifo, chamou-o certa vez de “cara bojuda”. O revide veio forte. Flores foi aconselhado por Oswaldo Aranha dizendo: Desafia-o para um duelo que ele anoitece e não amanhece na cidade. Enganaram-se,Luzardo aceitou o duelo escolheu padrinhos estabeleceu o “código de duelo uruguaio: até a morte”. Flores escolhe padrinhos, entre vai e vem , entram os apasiguadores.Não pode são dois jovens. Foram buscar o provecto pai de Luzardo o coronel Severo que ao entrar, Luzardo pergunta: o que o senhor faz aqui? O Coronel que saber o que aconteceu. Depois de ouvir Luzardo na presença de todos diz: Bate-te meu filho. Prefiro ver-te em um caixão morto do que ver-te vivo e desonrado. O duelo não houve; Luzardo diz que Flores afrouxou, Flores diz a mesma coisa. Estatua de “centauro nunca houve. Foram os adversários que inventaram esse apelido para nada.

  9. Hélio o general Peitan, herói de Verdan depois da segunda guerra foi condenado à morte por alta traição. Tinha se aliado aos nazistas. Foi o general De Gaule que comutou sua pena de morte para prisão perpétua.

  10. Helio, hoje a “mulher mais bela do mundo em todos os tempos”, Tônia Carrero, completa 91 anos.
    Eu tinha 9 anos, em 1952, quando a vi pela primeira vez, beijando o Anselmo Duarte no filme “Tico Tico no Fubá”. Nossa, me apaixonei por ela na hora(!!!). Os anos 50 nos brindaram, além de Tônia, com Martha Rocha, Elizabeth Taylor, Ava Gardner … e a Fernanda Montenegro, no Grande Teatro TUPI, era de “fechar o comércio”!!! Tempos inesquecíveis!!!
    Tônia Carrero, mil beijos para você!!!

  11. …que Deus abençoe Hélio Fernandes com seus 93 anos de idade, e a incomparável Tônia Carreiro, que na Inglaterra (terra de civilização incomparável) fez um teatro inteiro ficar em pé para vê-la e homenageá-la na contemplação da beleza e provocação da latência peniana. Parabéns, Tônia Carreira, atriz esplendorosa, muito bem lembrada pelo ilustre professor Almério Nunes.
    Um assunto desprezível para ser exposto no Blog da Tribuna da Imprensa, são as frequentes ações petistas em desmoralizar os profissionais brasileiros. Se não bastassem, o desprezo governamental do PT, contra os professores e militares(incluso os policiais da PF E PC, bombeiros, guardas metropolitanos e etc.),agora, os médicos são ridicularizados como incompetentes, e são comparáveis aos de um pais de terceiro, quarto ou quinto mundo. Quem vai salvar o pais, são os médicos cubanos!
    Jornalistas brasileiros, cinicamente retratam em suas colunas, a alegria nos rostos de médicos-cubanos na Venezuela. Mentira! Absurdo! Desde quando, um escravo, sorri? Entre tantos acintes cometidos pelo PT, a imposição dos médicos cubanos, é umas das mais afrontosas, não que haja necessidade de urgência nos cuidados com a saúde pública brasileira, mas pelo fato da solução ser um embuste contra os brasileiros, visando mais aparar o governo cubano. Na miséria poética daqueles que veem na dor alheia oficio de poetar belas canções de sonhos ideológicos, nada melhor que cantar, o PT ainda vai transformar esta terra num imenso pantanal.
    Ainda vai cumprir seu ideal.
    Ainda vai tornar-se o Brasil num império colonial!
    Ai, vai transformar esta terra em seu ideal.
    Ainda, vai tornar essa terra num imenso lodaçal.
    Ainda vai tornar-se o PT um império colonial!

  12. Senhores, não gosto de comentar matéria de mestres,como HELIO FERNANDES, ( que conheço desde o Lacerda, para mim, saudoso, embora como todo o político não isento de alguns problemas) outro é o Reinaldo Azevedo, pq. o pensamento e a palavra são livres.Recoheço que é devida a identificação do pensamento/frase ao autor,mas se pesquisarmos na internet, se não me engano no “Pensador…” verificarão que ALGUMAS FRASES DE RUI estão escritas de várias formas, sem que se extinga a intençao do autor.
    Logo, meus caros, quando se escuta/lê frases como essa e outras,sem que se mencione o nome do autor, a mim parece que devemos ficar felizes por as conhecermos e ligá-las quem as escreveu. O que não deve ser impedimento para outros usarem frases semelhantes

  13. o negócio dos
    médicos cubanos

    Com os 4 mil cubanos que chegam no primeiro “lote”, o Brasil se torna o segundo maior cliente da ditadura cubana no setor, perdendo somente para a Venezuela que os contratata pagando com petróleo para a pobre ilha comunista.

    A exportação de “médicos” é atualmente a maior fonte de divisas da ditadura cubana. Em abril de 2012, Cuba tinha 15.407 médicos trabalhando no exterior. Por esse número, o contingente que será enviado ao Brasil representaria, sozinho, um acréscimo de 25 na cifra de médicos cubanos exportados.

    A própria ditadura cubana admite que a “exportação de serviços médicos” é hoje a maior fonte de divisas, com cerca de US$ 6 bilhões anuais, ultrapassando a venda de níquel e a arrecadação com turismo. Em Cuba, o salário mensal de um médico varia de US$ 25 a US$ 41. Os enviados à Venezuela ganham cerca de US$ 230, segundo dados extraoficiais. Tudo é extra-oficial nesse negócio com os ditadores cubanos Raúl e seu irmão Fidel, este já em adiantado estado e decomposição.

    N o negócio com o Brasil o custo e o pagamento desses médicos cubanos já estão sob suspeita e estarão em breve sob investigação das autoridades brasileiras, começando pelo legisativo.

    Em algumas missões desses cubanos, eles recebem poupança na pobre ilha, que só pode ser retirada ao final do programa – numa tentativa de evitar em parte a fuga dos gajos para outros países, especialmente os EUA.

    Na Venezuela o problema da fuga é tratado por um contingente de toton-macoutes e diretamente pela polícia do país e de Cuba, pois há um acordo bolivariano para que elas atuem tanto num quanto noutro território.

    No Brasil pelo meno num primeiro momento os médicos seriam controlados pelos tontons-macoutes que vêm infiltrados entre eles e pela polícia política do PT, a mesma que devolveu à ditadura cubana em 72 horas, embarcados num avião do finado Hugo Chávez, os dois pugilistas cubanos que fugiram da delegação nos jogos panamericanos.

    do Blog Trem Azul

  14. Eu, não saúdo os escravos cubanos despejados em solo pátrio!

    Eu, terminantemente sou contra a escravidão, submissão imposta pelo governo cubano totalitário e imundo contra os povo de Cuba!

    Eu, sou contra a vinda dos agentes cubanos, escravizados pela mãos déspotas e canalhas de Fidel Castro e seu sócio canalha e imundo Luis Inácio Lula da Silva!!!!

  15. Minha fonte não é o Google. Nada contra.
    .
    Editora Rideel(Texto na íntegra),São Paulo, Biblioteca Clássica, 1ª edição,2005, “Oração aos Moços”,pgs. 34.
    .
    Também o uso da versão que usei não teve por motivação,como nunca tenho e nunca ousaria, qualquer menoscabo aos escritos do insuperável Helio. Tão, úinica e exclusivamente de argumento em defesa da erudição de Barbosa que mesmo sem ser Rui tem despejado civismo sobre esta enxovalhada pátria que todos tanto amam.
    Sds.

  16. Trabalho escravo?? Normal!! Isso é pratica usual em TODOS os países comunistas…URSS (Stalin era craque nisso…), China (Mao também batia um bolão nesse assunto…), Cambodja (Esse foi o recordista…) e tantos (famigerados) outros….

  17. Aprendi com o comentarista Lafer:
    É melhor ler a panfletagem disponabilizada por cabos eleitorais do que ser cego.

    Para a festa das indústrias farmacoquímica, aqui no Brasil, onde a dita Medicina Preventiva não possui atrativos, e, assim, perde espaço para as ditas Curativa, Reparadora e/ou Estética…importa-se médicos ainda como nos dias de Colônia e Império.

    Contra as mazelas da fome, nem reza forte prolonga a vida.

  18. A teoria na prática é outra.
    A prática: como Helio já bem disse,também as famílias dos escravos dos castros ficarão em Cuba, para garantir que eles não fujam.
    Seguramente iriam fugir se viessem com as famílias, pois aqui comerão carne todo o dia, coisa que só acontece na ilha prisão uma vez por semana racionada em 200 gr para cado escravo.

    HEDIONDO

  19. Que a soberania nacional esteja acima de qualquer interesse do Foro de São paulo e dos capachos cegos do PT!!!

    Que os agentes cubanos sejam impedidos de corromper o povo brasileiro no delírio estúpido do socialismo-comunista de Lula e Fidel Castro!!!!!

    Que a população brasileira diga não aos agentes cubanos e ao imundo e canalha ministro Padilha!!!!

  20. Batista Luzardo nunca foi prefeito do Distrito Federal. Batista Luzardo foi chefe de polícia; rompeu com Getúlio em 1932. Na mesma época sairam do governo Maurício de Lacerda(ministro plenipotenciaário para os Países do Prata, Lindolfo Collor (ministro do Trabalho),Maurício Cardoso(ministro da Justiça) e outros que engrossaram as fileiras da “Revolução Constitucionalista de 1932. Luzardo agora do Partido Libertador, depois de dois anos de exílio reconcilia-se com Getúlio mantendo-se fiel até sua morte.

  21. Povo aqui esquece que estamos no século 21 e que na sociedade do futuro não haverá espaço para patriotismo ou soberania naciONAL. O que vai imperar são AS IDEIAS, A CAPACIDADE DE PENSAR.

  22. Pior ainda é ter que ler pessoas dizendo que PT é de “esquerda” ou comunista! Acorda gente! Não há MAIS ESPAÇO para o comunismo no mundo! Vide China, Rússia! PT é tão esquerda quanto o PSDB. Vcs acham que o HF está comprando o discurso passadista de vocês, é? Putz!!!

  23. O choque que o Estado necessita é de respeito, de legalidade e democracia.
    .
    É deprimente o noticiário midiático político que invade diariamente os lares sujeitando a população à humilhação de serem considerados uns abestalhados; descarada e acintosamente olvidam que intelectualidade não significa inteligência, não significa racionalidade. Será que o povo, os PPPs (pretos, pobres e putos) são tão bestas quanto os políticos pensam? – Creio que não.
    .
    Discutem-se escancaradamente – e Gilmar Carvalho estimula – nomeações, disputa de cargos, futricas, intrigas, tuitadas, culpas e espaços políticos sem o menor escrúpulo. Se é proposital o estímulo de Gilmar não sei. Mas que tem o corajoso e incomum resultado de mostrar ao povo quem são os mesmos que se digladiam pelo poder; em que se está votando, quem se está guindando ao poder; é fat…o, fato elogiável.
    Enquanto isso saúde, segurança e educação – exatamente nesta ordem porque zumbis e mortos não necessitam de educação – ao léu, ao mais desalentador e completo abandono por incompetência, corrupção e política partidária. Um dos candidatos a candidato – sabidamente – destruiu a saúde pública que já agonizava com o ralo de recursos que é uma Fundação.
    .
    Que a escassez de recursos, equipamentos e pessoal é assombrosa não há dúvida; que o tratamento não isonômico em cargos e salários dos servidores, também, não se constitui em novidade; é política do atual regime fundado em nichos privilegiados de interesses. Todavia, mais recursos, mais equipamentos e mais pessoal (Mais Médicos, cubanos!, por exemplo) certamente que não levarão a um estágio um pouco mais civilizado; mais digno em termos de prestação de serviços públicos. Mera demagogia política. Não porque a organização social humana exige administração democrática e tecnicamente competente e voltada para o interesse público. O que não necessariamente exclui o possível ideológico partidário. Não se pense que pelo fato do voto determinar politicamente o destino de um estado, do poder, se faça necessário partidarizar por fisiologismo ou militância, a cada momento que um grupo substitui o outro, toda a máquina pública.
    .
    O que mudará o Estado é a despolitização dos servidores com a adoção rígida, legal e democrática do instituto do concurso público afastando intermediações do tipo terceirizações, fundações, organizações sociais, etc.; e as chefias comissionadas escolhidas fora dos quadros do funcionalismo. O servidor não é corrupto, absenteísta, ausente, desidioso ou incompetente porque é servido público, mas justa e inversamente porque a lealdade é partidária e não ao povo que lhe paga.
    .
    Chefias políticas partidárias, também, não usam os instrumentos legais disponíveis e aos quais estão por dever de ofício obrigados para coibição dos abusos: tanto pelo sentimento de corpo, quanto porque necessitam do voto e do auxílio de seus subordinados.

  24. Prezada Mônica

    Muito oportuno sua observação. Já disse aqui, mas vou repetir. Quando passei alguns meses levantando o estado geral do parque térmico gerador de energia elétrica, no interior da Amazônia, de belíssima natureza e riquíssima, constatei a grande falta de atendimento médico para a população, por conta da inexistência desses profissionais, que optam pela escravidão dos planos médicos privados, ganhando uma miséria por consulta, mas morando nas grandes cidades. Só mesmo quem reside no interior de nosso imenso Brasil poderia dar a verdadeira opinião.

  25. Dilma escravagista e seus assessores analfabetos ju´ridicos funcionais.

    Se não vejamaos:

    1)Cada ministério tem assessores juridicos que tem a obrigação de conhecer às leis trabalhsitas Brasileira.

    2)PGU

    3)MPU

    4)MPF

    5)PGT

    6)Denfesoria da União

    7)Casa civil

    8)PF

    9)CNJ

    10)STF

    11)STJ

    12)TSE

    SERÁ QUE TODOS SÃO IGUALMENTE ANALFABETOS JURÍDICOS FUNCIONAIS?

  26. “Médicos” cubanos.
    .
    Perdão, sou amazonense, criado em POrto Velho, rodei o Brasil e visitei o mundo e vivo em um desconhecido e esquecido povoado nordestino. Levar “médicos” (tenho fundadas dúvidas) para o interior brasileir;, para os quase 6.000 municípios – ralos de recursos públicos e escolas do ensino fundamental da corrupção – é ação criminosa,para esses incautos, para o povo brasileiro e odienta e desprezível traição para com os médicos brasileiros, mariscos de um sistema político irresponsável.

  27. O poder e as sujeiras

    Nos tempos da ditadura militar, tirando as exceções de sempre, quem viajava para o maravilhoso primeiro mundo para estudar, ou a serviço, principalmente em longos períodos, não ia somente por conta de suas capacidades, mas muito, por compromissos firmados, fortes, estranhos, eternos, capazes de render muitos dividendos para as inescrupulosas elites, em variadas circunstâncias de grana e de poder.

  28. Ai gente não viagem! Não sou petista, não voto na Dilma. Mas APOIO a vinda dos médicos cubanos ao Brasil. Eles vão aonde ninguem mais quis ir, inclusive estes burgueses engomadinhos. E outra, Cuba deve estar na maior miséria para poder receber parte do salário deles.

  29. Dilma perdeu completamente o rumo. Se é que já teve rumo algum dia, pois todos sabem quem manda nela!

    Essa idéia de trazer médicos escravos cubanos, para que trabalhem nos lugares mais remotos e pobres do Brasil, é uma das maiores burrices que eu já vi neste país. Aliás já passa de burrice, de sandice, ou de idiotice. É mesmo má-fé! Desrespeito com os contribuintes, com as leis trabalhistas, e até mesmo com a própria história deste Brasil, que aboliu a escravidão há muito tempo!

    Por muito menos o nosso muitas vezes desprezado país vizinho (Paraguai) conseguiu aprovar o impeachment daquele Fernando Lugo.

    Espero que o povo brasileiro acorde para o fato que Dilma não pode mais continuar sendo a nossa presidente.

    E também espero que todas as classes de profissionais da saúde sigam para as ruas, para que protestem, por tempo indeterminado, contra a destruição do SUS, que está sendo capitaneada por esse ministro (assíduo passageiro dos jatinhos da FAB) Padilha.

  30. Dona Maria, vou postar aqui o que postei em meu face: “Galera tá discutindo o sexo dos anjos (com paixão, para que? Exaltado? Nada a ver! ) , para uma coisa tão simples: o acordo entre Brasil e Cuba é um contrato de trabalho como outro qualquer: tais como VÁRIOS existentes no Brasil (os quais sabemos BEM que os salários de terceirzado são menores do que se fossem empregados direto), as condições em que eles vêm ao Brasil, SE existe escravidão ou não, isso só cabe ao país de origem. Se eles vêm é por que aceitaram vir. Não foram obrigados a isso. Ou seja: se prestam serviços na minha empresa nas minhas condições, cabe ao prestador aceitar ou não, afinal, eu também terceirizo mão de obra. Sem mais!”

  31. A opinião de Mônica é totalmente distorcida.

    Estamos falando de médicos, que têm profissão regulamentada no Brasil.

    Tal ofício exige diploma em faculdade reconhecida e certificada, carga horária mínima, e etc… É profissão que tem piso salarial nacional e precisa se enquadrar nas leis trabalhistas brasileiras.

    Terceirização? Ora essa, Dona Mônica, as terceirizações não podem DE FORMA ALGUMA atropelar a nossa legislação do trabalho.

    Pergunto-lhe: – por que o Brasil não contrata os médicos cubanos (já que os reconhece como bons profissionais) dentro das nossas coerentes leis trabalhistas? Ou seja, através da CLT, registrando suas carteiras de trabalho, pagando-lhes diretamente em conta bancária e dando-lhes todas as garantias trabalhistas?

    E respondo-lhe: – porque o Brasil sabe que Cuba é uma ditadura. Porque sabe que dessa forma a ilha-prisão não permite a vinda de seus médicos. Porque sabe que o governo cubano QUER explorar seus médicos, retendo os seus familiares por lá. E depois pagar a cada profissional apenas uma “esmola” da parcela dos R$ 10 mil que o governo brasileiro pagará.

    Essa tentativa de transgressão do Governo Brasileiro às nossas leis trabalhistas é um dos maiores absurdos que eu já vi. É uma abertura oficial de uma janela à escravidão.

    O que virá depois? Presidiários chineses para trabalharem na coleta de lixo dos nossos municípios?

  32. Não é distorcida meu caro. É a opinião de quem terceiriza mão de obra hoje ( mas que pelo menos, procura agir com ética) . Ah! E eu já trabalhei na Contax (empresa de call center que terceiriza mão de obra). Se aquilo não é escravidão, não sei o que é mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *