Aqui e na Dinamarca, o descaso com os idosos e doentes é praticamente o mesmo. Acredite se quiser.

 Manoel Vidal

Para quem acha que chamado Primeiro Mundo é muito diferente dos países em desenvolvimento, está circulando na internet um impressionante depoimento de um cidadão dinamarquês, sobre o “tratamento” que seu pai recebeu no sistema de atendimento médico e social de seu país, um dos mais ricos do mundo e com invejável qualidade de vida.

Veja esse vídeo e reveja seus conceitos! Lá é tudo muito limpo, organizado, produtivo, mas o sistema de saúde pública simplesmente não funciona. E o cidadão dinamarquês, que se revoltou e fez um documentário a respeito, explica que não pode pagar um plano de saúde privado porque o governo fica com 60% dos rendimentos dele. E pensar que a Dinamarca ainda se diz socialista…

https://www.youtube.com/watch?v=S09zpRXm1U8

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

7 thoughts on “Aqui e na Dinamarca, o descaso com os idosos e doentes é praticamente o mesmo. Acredite se quiser.

  1. Com todo respeito, a Dinamarca nunca se intitulou “socialista”. Nesse país o regime é a monarquia parlamentarista, o oposto de qualquer tipo de socialismo. É o mesmo que dizer que em Cuba o regime é uma monarquia parlamentarista. E a gestão administrativa dinamarquês é baseada na social-democracia.

  2. As pessoas estão defasadas. Há muitos anos que os governos da Dinamarca são reacionaríssimos. O país integra a OTAN na ocupação e repressão ao povo afegão e cumpre ordens dos EUA. Esses países escandinavos já não são mais como nos anos 70. O controle dos meios de comunicação na Suécia, por exemplo, está nas mãos de um grupo sionista poderoso. É só pesquisar na internet.

  3. Isso é fruto de nossa Sociedade ir abandonando as redes de proteção Sociais como a Igreja, Clubes, Associações, etc, e cada vez mais atuarmos ISOLADOS. A atomização do Ser Humano. Eu ainda sou do tempo em que nossos Padres alertavam que a Comunidade é responsável pelo menos pela Comida e Roupa para os Pobres, visitar os Doentes, etc, e nossa Paróquia ajudava muito a cuidar dos Pobres, Doentes, etc. Hoje está tudo mudado, a meu ver para pior nesse aspecto. E quando dependemos do ESTADO para tudo, mesmo no próspero Reino da Dinamarca (Renda perCapita em 2011, US$ 60.000, uma das mais altas do mundo), é de assim para pior. Abrs.

  4. Esse artigo foi muito oportuno, pois mostra a muita gente que vive a falar: “so no Brasil, é assim, nao funciona, é uma republiqueta, nao é um país serio e todo tipo de baboseiras, quando muitos, nem sequer pisaram fora do Brasil”. Citam apenas porque ouviram alguem, ou algum destes orgaos da imprensa-empresa a repetir todo tipo informações com tendenciosidades diversas. Lamentavel…

  5. tambem já assisti videos sobre a Dinamarca onde uma moradora afirma que faz questão de pagar os seus impostos pois a contrapartida é muito boa,excelente,a Dinamarca é um país democratico,atualmente uma coligação envolvendo o Partido Social Democrta,O Partido Socialista,O Partido Comunista e os Verde governa o país depois de derrotar o Bloco Azul formado pela Dirieta Conservadora do Partido Liberal,do Conservador e de Centro,então lá como em toda Escandinavia existe a alternancia de poder e o nivel de vida da populaçao é bastante alto agora é lógico que não existe Sistema politico perfeito.O Socialismo com liberdade é posivel sim,tivemso entre 1932 a 1976 atraves de eleições livres na Suecia governos de esquerda composta pelos Sociais Democratas,socialistas,Comunistas,Verdes que tiraram a Suecia do atraso e do Obscurantismo,em 1980 houve o retorno da Direita o povo não aprovou e desde 1985 que a Suecia voltou a ser governada pela Centro esquerda com defeitos e falhas mas muito melhor que seus adversarios liberais e conservadores disto não tenho a menor duvida.Socialismo não burocratico e ditatorial onde na Suecia o Primeiro Ministro lavca suas prprias roupas,Mordomia é particuar o estado lá não banca isto não.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *