Arábia Saudita envia material militar a rebeldes sírios pela Jordânia. Isso é normal?

A Agência France Presse revela que “a Arábia Saudita envia, através da Jordânia, material militar para equipar o Exército Sírio Livre (ESL), formado por militares dissidentes”, segundo informou à AFP uma fonte diplomática árabe.

A justificativa é de que “o envio é parte de uma iniciativa da Arábia Saudita destinada a acabar com as matanças na Síria”. E o tal diplomata acrescentou que “os detalhes da operação serão anunciados posteriormente”, sem revelar os números sobre as cargas enviadas aos rebeldes.

A Arábia Saudita, um verdadeiro peso pesado do mundo árabe, tem criticado energicamente o governo sírio pela repressão da revolta popular. Na quarta-feira, anunciou o fechamento de sua embaixada em Damasco e a saída de seus diplomatas.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG: Esta notícia saiu no Correio Braziliense e em outros grandes jornais. Pela forma como é publicada, significa que os jornalistas ocidentais acham normal essa interferência de um país em assuntos internos de outro. E os jornalistas brasileiros também concordam, pois não há a menor crítica a essa iniciativa intervencionista da Arábia Saudita. Como se vê, no dia em que as grandes potências decidirem internacionalizar a Amazônia, o mundo inteiro vai bater palmas.

***

Não deixe de ler amanhã:
POR QUE A QUESTÃO INDÍGENA SE TORNOU
UMA AMEAÇA À SOBERANIA BRASILEIRA.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *