Aras diz que Lava Jato tem passado por dificuldades, mas que pequenos desvios e excessos sero corrigidos

Aras pediu informaes ao STF sobre o inqurito das fake news

Deu no Estado

O procurador-geral da Repblica, Augusto Aras, afirmou, durante participao no Programa Poder em Foco do SBT, neste domingo, dia 27, que a Operao Lava Jato tem passado por dificuldades, em parte relacionadas publicao de mensagens atribudas aos integrantes da fora-tarefa, e indicou que pequenos desvios e excessos, sero corrigidos junto Procuradoria Geral da Repblica.

Segundo o procurador-geral, as mensagens no entanto, no afetariam e invalidariam as condenaes j proferidas no mbito da operao. No tem um condo de invalidar a verdade dos fatos j apurados e por isso no teria a fora para desconstituir os julgados at aqui proferidos.

DELTAN – Entrevistado pelo jornalista Fernando Rodrigues, Aras ainda negou ter convidado o coordenador da fora-tarefa em Curitiba, o procurador Deltan Dallangnol, para chefiar uma fora-tarefa de combate ao narcotrfico. O PGR comentou ainda sobre eventuais punies ou inquritos em face de Deltan no quer dizer que no possa continuar contribuindo no combate macrocriminalidade.

O procurador-geral da Repblica tambm reforou seu posicionamento sobre a priso em segunda instncia. Na sustentao oral que apresentou na retomada do julgamento do Supremo sobre a execuo antecipada de pena, Aras disse que a possibilidade era uma forma de o Estado defender, no s as garantias dos condenados mas tambm os direitos das vtimas.

“MAIS GRAVES” – Se o entendimento for revisto, no entanto, o procurador-geral pondera que os condenados de alta periculosidade, que cometeram crimes hediondos, devem continuar presos. Aras tambm falou sobre presos da Lava Jato, indicando que os crimes financeiros, de lavagem de dinheiro e contra ordem econmica so os mais graves do ponto de vista coletivo.

Na entrevista, Aras disse ainda que solicitou ao Supremo Tribunal Federal informaes sobre o inqurito das Fake News. O procurador alega que sem a participao do Ministrio Pblico na investigao, haver um grande problema constitucional. O PGR anunciou tambm que vai remanejar servidores da Procuradoria para disponibilizar mais um assessor para o gabinete de cada subprocurador, com o objetivo de agilizar a anlise de processos.

3 thoughts on “Aras diz que Lava Jato tem passado por dificuldades, mas que pequenos desvios e excessos sero corrigidos

  1. “Moro virou um escravo e s no deixa o ministrio por no ter para onde ir, diz o Delegado Waldir

    Bolsonaro, para salvar a pele de Flvio, juntou-se a Dias Toffoli alm de ter indicado o Procurador Geral da Repblica, Augusto Aras, o presidente do STF est costurando um nome para suceder o decano Celso de Mello no Supremo.

    Esses so apenas dois dos inmeros motivos que levaram o Delegado Waldir (PSL-GO) a romper com o pastor na presidncia.

    http://bit.ly/31VMCRm

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.