As incomparáveis rosas de Cartola

O cantor, compositor e instrumentista carioca Agenor de Oliveira, mais conhecido como Cartola (1908-1980), um dos fundadores da escola de samba da Estação Primeira de Mangueira em 1928, sempre foi considerado por diversos músicos e críticos como um dos melhores sambistas na história da música brasileira.

O samba-canção “As Rosas Não Falam”, gravado por Beth Carvalho, em 1976 pela RCA , é uma das suas composições eternizadas.

A letra da música mostra a desilução um homem por não conseguir o amor de sua amada, que resolve queixar-se às rosas, mas suas queixas não adiantam em nada, afinal as rosas não falam.

###
AS ROSAS NÃO FALAM

Cartola

Bate outra vez
Com esperanças o meu coração
Pois já vai terminando o verão,
Enfim

Volto ao jardim
Com a certeza que devo chorar
Pois bem sei que não queres voltar
Para mim

Queixo-me às rosas,
Mas que bobagem
As rosas não falam
Simplesmente as rosas exalam
O perfume que roubam de ti,

Ai, devias vir
Para ver os meus olhos tristonhos
E, quem sabe, sonhavas meus sonhos
Por fim

(Contribuição do poeta Paulo Peres, do site Poemas & Canções)

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *