As virtudes de Brizola são óbvias e não há do que duvidar

Robert Silva

As virtudes de Leonel Brizola ficarão como legado ao nosso povo, corretíssima a assertiva. Da mesma forma, sobre herdeiro político, esse encargo não era dele. Infelizmente, não apareceu alguém capaz de assumir essa responsabilidade. Líder não se faz da noite para o dia. Basta ver a diferença de Lula pra Dilma.

Se é verdade que Lula foi preparado pela igreja a serviço da ditadura, não se pode negar que ele tem espírito de liderança e aproveitou bem as circunstâncias. E é justo essa falta de liderança que explica o absurdo número de ministros que caíram em desgraça. Uma liderança fraca estimula a disputa interna, que é implacável, alimentando a oposição com denúncias.

Inegavelmente, é um choque ver Lupi ocupando o lugar de Brizola. Mas, por outro lado, temos que nos conformar quando constatamos que não há outro nome. Da mesma forma, temos que entender a posição do PDT quando se aliou ao PT. Política é arte de engolir sapo, e esse foi inevitável.

Uma coisa é um partido comandado por um líder da estatura de Brizola, com sua história e sua independência. Outra coisa é o PDT comandado por Lupi. Sem a estrutura federal, fatalmente seria transformado numa legenda de aluguel. E é justamente o legado de Brizola que impede a legenda de se entregar ao fisiologismo, livrando-a da encrenca em que se meteu o PTB de Roberto Jefferson, por exemplo. E não é especulação, Brizola nos primeiros momentos do governo Lula, denunciou a tentativa de cooptação dos pedetistas!

Não consigo, entretanto, vislumbrar erros cometidos por Brizola na sua trajetória política. Insisto. Não se trata de sentimentalismo. Antes, vejo como uma questão conceitual. Quem declara que erros graves foram cometidos, precisa explicitá-los e pôr à apreciação dos que conhecem a história. Do contrário, estará invocando para si o monopólio do saber.

A verdade é que Brizola participou de um jogo absolutamente desigual e, mesmo derrotado, deixou glorificada sua memória.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *