Até o governo do Irã está ajudando na reeleição de Obama

Paulo Solon

Essa notícia que surgiu agora, segundo a qual o governo iraniano está acusando os Estados Unidos de sequestro e assassinato de um de seus cientistas nucleares, vai funcionar como fantástico golpe de propaganda para a reeleição do presidente Barack Obama.

Tudo indica que o governo iraniano aguardou as eleições de 2012 para formular a acusação. Se foi outra nação que praticou o ato, o tiro está saindo pela culatra.

Dona Hillary ocupou rede de radiodifusao para negar, “por ausência de evidencias”. Mas quem possui noções superficiais de publicidade sabe que o Presidente Barack Obama deve estar sorrindo. Para a conquista do segundo termo da administracao Obama, o que de melhor poderia acontecer?

Não resta dúvida de que o governo iraniano tem todo o interesse na derrota do candidato do Partido Republicano, e nem há necessidade de explicação para os esclarecidos leitores da Tribuna.

Joia de retorica da WBDO, Fox News, difundida quinta-feira: “A luta entre ricos e pobres nesta eleição está sendo a mais feroz entre todas as eleições que esta nação já teve. A razão para isto se chama Barack Obama. Ele está incrementando a luta de classes neste país. Está jogando a responsabilidade pela criação de empregos sobre a classe empresarial. Impressionante como, mesmo assim, sua campanha já arrecadou mais de 60 milhões, ao passo em que a de Mitt Romney conseguiu apenas a metade.”

Quando um ouvinte protestou contra as acusacoes, o radialista interrompeu dizendo: “Eu nao disse isso. Você é um idiota”. E cortou a ligação.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *