Augusto Aras expõe politicamente Bolsonaro no caso do depoimento à Polícia Federal

Aceno de Bolsonaro a Aras com vaga no STF é crime?Pedro do Coutto

Reportagem de Carolina Brígido e Aguirre Talento, O Globo de hoje, mostra que o procurador-geral Augusto Aras, a meu ver, expõe politicamente o presidente Bolsonaro na medida em que o fará depor no inquérito sobre sua suposta influência na Polícia Federal, ultrapassando o então ministro da Justiça, Sérgio Moro, na composição de cargos na Polícia Federal.

Aliás, a ação que tramita no Supremo decorre da própria iniciativa de Augusto Aras, que atendeu pedido do presidente Bolsonaro para investigar Sérgio Moro. A delegada que está à frente das investigações básicas, Cristiane Correa Machado, por seu turno encaminhou ofício ao Ministro Celso de Mello, relator do processo no STF, porque só falta o depoimento do presidente.

UM GOL CONTRA – A decisão do procurador geral deve ter desagradado o presidente da República, já que seu depoimento poderá atingi-lo juridicamente e também politicamente junto à opinião pública. Cabe ao presidente marcar a data e a forma para cumprir a decisão de Augusto Aras.

Juliana Del Piva, matéria também de O Globo, aborda a questão da rachadinha que envolve o senador Flávio Bolsonaro. Vale acrescentar, um aspecto que escapou, a meu ver, da imprensa. Os advogados de Flávio Bolsonaro, por erro, de fato não alegam sua inocência, mas lutam para que o processo saia das mãos do juiz Flávio Itabaiana. A meu ver, uma contradição.

Maiá Menezes e Carolina Brígido, também em O Globo, focalizam problemas que estão atingindo o TSE, como a falta de mesários para as eleições transferidas para novembro.

HORÁRIO GRATUITO – A questão do horário gratuito encontra-se na pauta do Tribunal presidido pelo ministro Luiz Fux. Tal problema só existe porque além do horário gratuito existe o fundo partidário, constituindo um acúmulo de benefícios. O horário gratuito sem dúvida destina-se aos partidos e aos candidatos. Mas traz consigo uma questão que envolve o governo.

Trata-se do seguinte: as emissoras de rádio e TV, com base em decreto deixado pelo presidente Fernando Henrique Cardoso, podem abater nas declarações de Imposto de Renda o valor equivalente aos comerciais não exibidos no tempo ocupado pelas transmissões das propagandas eleitorais. A base para isso são as tabelas da publicidade normal.

DÍVIDA DESCONTROLADA – Marcelo Correa revela que o ministério da Economia, em matéria divulgada ontem, está prevendo para este ano um aumento ainda maior da dívida pública que deverá alcançar 98% do PIB. Isso representa 22% a mais do que o acumulado anterior. O PIB alcança o patamar de 6,6 trilhões de reais, sobre o qual incidem juros de 2,25%a/a.

Já o repórter William Castanha, Folha de São Paulo, informa que o ministro Gilmar Mendes concedeu liminar a recurso de empresas fixando em 0% a correção das dívidas trabalhistas de 2018 a 2020. Os sindicatos lutavam por uma correção de 1,45%. O ministro fixou a correção de acordo com a TR e não com o IPCA. A TR oscilou em 0%.

###
O JORNALISMO  NO TEMPO DA MÁQUINA DE ESCREVER

O jornalismo no tempo da máquina de escrever, livro de Aziz Ahmed, faz reviver o passado das redações onde pontificavam grandes nomes de repórteres, editorialistas, cronistas e colaboradores que regularmente até hoje colocam sua cultura e sua arte nas páginas impressas. Hoje as redações, incluindo material fotográfico, estão ocupadas pelas teclas sensíveis dos computadores produzindo páginas da realidade e imagens que acompanham textos importantes.

Quanto aos jornalistas, incluíram-se Carlos Castelo Branco, Ruy Barbosa, Villasboas Correia, Benedito Coutinho, Helio Fernandes, Wilson Figueiredo.

Helio e Wilson passaram dos 90 e são os sobreviventes de uma época que começou com a Constituinte de 1946. Entre os intelectuais encontramos Otto Maria Carpeaux, Alceu Amoroso Lima, Prudente de Moraes Neto etc. etc., além de Carlos Lacerda e tantos outros.

5 thoughts on “Augusto Aras expõe politicamente Bolsonaro no caso do depoimento à Polícia Federal

  1. bolsonaro é do mal!!
    É sem dúvida uma alma perturbada.
    Não resta a menor dúvida disso.
    O que é de se estranhar, e que tenha, (por enquanto) seguidores.
    Qual é o raciocínio destas pessoas, não percebem que este homem está arrasando com o país?
    Que tipo de devoção louca e estúpida é essa?
    É muito difícil de entender… Qual o perfil que deve ser traçado dos seus seguidores? Sei que muita gente é atraída por dinheiro, mas tem muitas pessoas que nada lucram por ser seguidores, ou seria burrice mesmo? Será que somos tão selvagens politicamente?
    conheço várias pessoas (ex- amigos) que em decorrência dos nossos posicionamentos antagônicos, os perdi. Talvez lá na frente nos encontremos, mas tenho uma certeza, eles terão que mudar. Talvez o tempo mostre isso…
    Reconheço que não consigo conversar com um bolsonarista assim como não consigo conversar com petistas. Porque? Porque são exatamente a mesma coisa, os bichos tem os mesmos argumentos, que incrível ironia!
    Nem quero pensar a nível de torcidas organizadas, aí não há mais solução, só colheremos ventos e tempestades.
    Voltando ao asqueroso, o sujeito é tão mau que assusta!
    Homem das trevas, fez pacto com o demônio e jogou o pobre povo no limbo.
    Gostaria muito de entender os vetos à máscara facial.
    Porque ser radicalmente contra algo que de certa forma nos protege?
    Não entendo, deve ser a alma de genocida que bate dentro desse peito.
    Um sujeito sinistro que vive atrás de “pequenos” e inverossímeis roubos, só pra família se dar bem. Como por exemplo, tentar vender à nação a pílula do câncer, foi desmascarado e passou vergonha. Com a Cloroquina,
    a mesma coisa, forçou tanto a barra e, novamente desmascarado, passou outra vergonha…
    É um Nero atrás do lucro fácil, ou seja, UM PICARETA DE ÚLTIMA CATEGORIA, que ousou desafiar a ciência pra se beneficiar financeiramente.
    Desconhecedor do que é correto, um cego que não consegue enxergar a sua própria estupidez. O que esperar deste monte de lixo?
    Ou varremos ele da face da terra, ou ele acabará conosco. Isso é líquido e certo.
    Atenciosamente.

    • Pedro os jornalistas citados por você, formaram uma geração de brasileiros. Eram craques na acepção da palavra. Hoje seriam execrados pela extrema direita e confundidos com comunistas. Acho até que o católico Gustavo Corsão seria chamado de esquerdista.
      Otto Lara Rezende, Fernando Sabino, Raimundo Faoro, Millor Fernandes, Roland Corbisier e tantos outros sábios. O Brasil ficou menor com a partida deles.

  2. O indicado para Ministro da Educação Renato Feder, segundo reportagens da CNN, a empresa dele contratou por 14 milhões para compra de tablets e 300 mil para venda de máscaras do COVID 19.
    A resposta veio rápida: se desligou da empresa em 2018.
    Pediu o controle do FNDE um banco educacional com 54 bilhões para gastar. O PP de Ciro Nogueira do Centrão já tem um indicado. O Brasil não muda mesmo.

  3. A dívida pública vai subir no mundo todo. No Brasil não será do diferente, aliás, já estava subindo em fevereiro, portanto, antes do advento tô coronavirus.
    Mas, o Guedes ensaia que nós estávamos decolando, quando o vírus chegou para atrapalhar. É típico dele, que disfarça rua incompetência na gestão econômica, mentindo, tergiverçando, sofismando, naquela habitual retórica de botequim e gestual para enganar trouxa.
    Acredita quem quiser nele e em Papai Noel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *