Augusto Heleno, Braga Netto e Eduardo Ramos não concordaram com a demissão de Moro

Aras coloca generais Braga Netto, Heleno e Ramos em saia justa ...

Os três ministros generais tentaram fazer Bolsonaro poupar Moro

Pedro do Coutto

A CNN divulgou na tarde de ontem, em primeira mão, o depoimento do ex-ministro Sérgio Moro à Polícia Federal, em Curitiba, no sábado. O ex-juiz da operação Lava Jato disse que no dia 23 de abril se reuniu com os ministros Augusto Heleno, Braga Neto e Eduardo Ramos que tentaram dissuadir o presidente Jair Bolsonaro de demiti-lo do cargo. Sérgio Moro afirmou que no encontro com os três ministros e Bolsonaro ficou no ar uma dúvida quanto a posição final do presidente da República.

Após esse momento é que Moro recebeu a notícia que Bolsonaro já havia demitido Maurício Aleixo. Portanto, os três ministros que estavam presentes ao encontro no Palácio do Planalto não sabiam que a medida já tinha sido tomada pelo presidente. Fica  claro, também, que os ministros-generais Augusto Heleno, Braga Netto e Eduardo Ramos não concordavam com a demissão de Moro.

VIDEO DA OUTRA REUNIÃO

A Procuradoria Geral da República pediu ao Supremo a requisição do vídeo de uma outra reunião entre Sérgio Moro, o presidente Jair Bolsonaro e diversos ministros, no dia anterior, 22 de abril. Segundo Moro, o vídeo gravado comprovaria a pressão do presidente da República para demitir Maurício Valeixo do cargo de diretor geral da PF.

Num trecho do encontro, Bolsonaro disse a Moro que desejava também o afastamento do Superintendente da Polícia Federal no Estado do Rio de Janeiro.

O Procurador Augusto Aras é o autor do pedido para que o vídeo do encontro passe a constar como peça do inquérito, que tem como objetivo confirmar se são verdadeiras ou não as acusações de Sérgio Moro ao presidente.

OUTRAS INFORMAÇÕES – Ontem, Aguirre Talento e Bela Megale, em reportagem publicada pelo O Globo, destacam o tema e assinalam que Carlos Henrique Oliveira ia ser substituído do cargo que ocupa no Rio, como exigia Bolsonaro, mas foi promovido a Diretor Executivo da Polícia Federal na sede de Brasília.

A matéria assinada por Aguirre Talento e Bela Megale fiz que o procurador Augusto Aras pediu também a realização de perícia no celular do ex-ministro Sérgio Moro na busca de dados concretos das conversas mantidas entre Moro em torno das investigações. Uma dessas conversas, anteriormente já divulgada por Moro, é o diálogo com a deputada Carla Zambeli que insinuou que o ex-ministro se aceitasse a substituição de Valeixo poderia contar com ela para articular sua nomeação para o STF.

Também ontem pela manhã, no encontro com jornalistas em frente ao Palácio do Planalto o presidente da República irritou-se fortemente quando percebeu que a pergunta de um jornalista destinava-se sobre o inquérito a respeito das fake news e dos ataques ao Supremo e ao Congresso Nacional.

A história está se desenvolvendo assim, porém. na minha opinião, está longe de se encerrar.

5 thoughts on “Augusto Heleno, Braga Netto e Eduardo Ramos não concordaram com a demissão de Moro

  1. Ué, não foi o Moro que pediu demissão? Convocou imprensa, fez papel de menino mimado dono da bola e ficou magoadinho. Triste fim. Tá ficando a situação dele e sua história.

    • Tudo está muito claro, e ficará mais claro ainda com a queda do presidente infantilizado pelos seus bajuladores de ocasião.
      Moro saiu, e tarde, pois não ia admitir que um capitãozinho fosse fazer jogar no lixo uma história de carreira sem mancha de 22 anos anos, ao contrário de bolsonaro quie somente chegou a capitão e se meteu na vida pública para ficar rico.
      Se enxerga.

  2. Esses senhores mordem e assopram. E não precisam. Não vão ficar sem o brie nem o cognac se disserem o que pensam, mas se continuarem a se abaixar vão se confundir com as suas sombras.

  3. Bolsonaro só precisa sair, ou será que terá que ouvir o que o Dirceu ouviu do Roberto Jeferson?
    O Roberto Jeferson já está bem próximo do presidente infantilizado, mas será que terá que falar a mesma coisa, ou só quer mesmo os cargos para roubar como roubou com luiz inacio e dirceu?

Deixe uma resposta para LUIZ Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *