Bancada evangélica anuncia apoio ao impeachment de Dilma

Cercado de deputados, Campos anuncia o voto dos evangélicos

Isabel Braga e Manoel Ventura
O Globo

O presidente da Frente Parlamentar Evangélica da Câmara, deputado João Campos (PRB-GO), anunciou que a posição da bancada suprapartidária é favorável ao impeachment da presidente Dilma Rousseff. Segundo Campos, a bancada evangélica possui hoje 92 integrantes, incluindo a deputada Benedita da Silva (PT-RJ), e sua imensa maioria deverá seguir a orientação de votar a favor do impeachment.

Campos afirmou que a decisão foi tomada em reunião realizada na tarde desta quarta-feira, com a participação de 70 deputados, alguns virtualmente.

Em nota lida em coletiva no Salão verde da Câmara, Campos afirma que a decisão foi tomada em razão da “grave crise econômica, moral, ética e política que atravessa o país” e dos “recentes escândalos de corrupção praticados pelo governo e crimes de responsabilidade praticados por Dilma que constituem uma afronta ao povo e ao estado democrático de direito”.

NÃO É GOLPE

A nota diz ainda que o processo de impeachment está amparado pelo caminho constitucional e é necessário para que o país “restabeleça a esperança, a confiança, a unidade nacional e retomada do crescimento.”

— A nota traduz o sentimento não só da bancada evangélica, mas dos segmentos evangélicos — disse Campos.

Presente no ato, ao lado de Campos, o deputado Leonardo Quintão (PMDB-MG), disse que os deputados evangélicos irão procurar as lideranças evangélicas de deputados que estão indecisos para explicar o porquê do impeachment e a importância de sua aprovação:

— A Frente Parlamentar Evangélica tomou a decisão para defender o povo mais humilde, que perdeu empregos. É uma decisão em prol dos mais pobres. Iremos visitar os pastores, lideranças evangélicas, para mostrar a importância do impeachment para recuperarmos a nação.

EM FAVOR DA NAÇÃO

João Campos afirmou que não é uma posição religiosa ou partidária.

— Essa posição não é uma posição partidária, sequer religiosa. É uma posição em favor da nação. O país não pode continuar como está — disse Campos.

Um grupo de cerca de 10 deputados evangélicos estava ao lado de Campos para a leitura da nota, entre eles Marco Feliciano (PSC-SP) e Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ).

Segundo o deputado Ronaldo Nogueira (PTB-RS), 80% dos deputados da bancada devem votar a favor do impeachment de Dilma.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGConfirma-se a informação da Tribuna da Internet, que há duas semanas, com absoluta exclusividade, revelou o apoio da bancada evangélica ao impeachment. Um dos principais motivos foram as ofensas públicas de Lula aos pastores, ao discursar durante um evento sindical. (C.N.)

25 thoughts on “Bancada evangélica anuncia apoio ao impeachment de Dilma

  1. Não podemos esmorecer agora na decisão por pênaltis ! A hora é agora !
    RECADO IMPORTANTE:
    Os movimentos pró-impeachment estão organizando caravanas rumo à Brasília para o dia do juízo final. Entrem em contato.
    A operação “Invasão à Brasília” começou !!!

    • Tolice, Adriano.

      A Venezuela, assim como o Brasil, não tem Força Aérea.
      Inclusive um dos aviões Su 30 que comprou da Rússia já caiu…
      O que torna um país potência ou ameaça militar é bomba atômica e míssil para lançá-la, o que já foi devidamente proibido abaixo do Rio Colorado.

      Deve ser especulação de quem não entende nada de aviação e acha que uma caça a mais ou um caça a menos poderá fazer verão em um país plantador de banana.

      Abraços.

  2. Acredito que a REDE da Marina Silva, assim com o PSOL, ambos têm o mesmo DNA
    petista, devem votar contra o impeachment da Dilma. A Marina Silva, lançou o plano B, está defendo eleições gerais, que mudará o foco da corrupção e do impeachment,
    é uma medida que favorecerá Presidente Dilma e o PT. Marina Silva, Lula e Dilma
    não tiveram cargos de executivo (Prefeito ou governador) , como diz o ditado: nunca entraram na chuva para se molhar, vivem de condenar os adversários e promessas fora de realidade. Se o Lula e a Dilma, antes de serem eleitos Presidente do Brasil tivessem sido governadores ou Prefeitos, com certeza não seriam eleitos Presidente da República. Lembro que após o primeiro mandato do Lula, numa entrevista ele disse que aprendeu muito no primeiro mandato. Ora! O cargo de Presidente da República, não é lugar para estagiários.

    • PDT, PSOL, PC do B e outros penduricalhos (como diria o Carlos Chagas) da esquerda nem em sonho querem a queda da Dilma e da Cúpula governista do PT.
      São todos Comunistas Populistas usufruindo das benesses do poder.
      Eles dizem ser anticapitalistas, mas todos eles estão aí usufruindo o que há de melhor produzido pelo capitalismo.
      Lemos que uma destas deputadas do PC do B fez uma viajem acho que para o Líbano e sua passagem até Paris foi de 1ª classe. Podem tudo à custa do dinheiro do contribuinte.
      Capitalismo para eles e Socialismo para sua massa de manobra.
      Eu compararia essa esquerda tupiniquim como uma máquina onde o PT funciona como sua principal engrenagem. E se essa mesma engrenagem enferrujar, desgastar e quebrar, toda a máquina para.
      Ou seja, o PT fora do poder e enfraquecido também seus satélites ficam anêmicos.
      Inclusive a “bondosa” Marina.
      Assim penso eu…

  3. O CÂNCER EM ESTÁGIO DE METÁSTASE QUE ESTÁ MATANDO O PAÍS E O CONJUNTO DA POPULAÇÃO É O SISTEMA POLÍTICO PODRE E O CONGRESSO QUE NÃO MUDA, E NÃO DILMA. Olho vivo, Brasil, no modus operandi da boiada bandida que vive do modello podre tal qual as lombrigas vivem da merda, e que agora, na cara dura, está usando Dilma como manobra diversionista tipo boi de piranha, pra desviar o fulcro da questão, porque, na verdade, não querem mudar o sistema bandido que os mantém operante$, roubando-nos à beça e engordando contas na Suíça, Panamá e CIA, enquanto o povo brasileiro continua morrendo à míngua no eterno papel de bobos e escravos das cortes corrompidas. O fato ao qual devemos nos ater é o seguinte: QUEM CONSEGUE 342 VOTOS PARA ADMITIR UM PROCESSO DE IMPEACHMENT FAJUTO, 171, ARDILOSO E FALACIOSO, que não leva a lugar novo algum senão apenas a mais confusão e à mesma e velha vala comum do mais dos me$mo$, sempre piorado, cuja finalidade real desonesta não justifica mais tal meio flagrantemente enganoso , DEVERIAM ANTES, caso representassem de fato o conjunto da população, e caso tivessem vergonha na cara, usar toda essa votação mais a do outro lado (caso tb tenha vergonha na cara), para aprovar já para vigorar a partir de 2018, O SISTEMA POLÍTICO NOVO, de verdade, com Democracia Direta e Méritocracia Eleitoral, que liberta a política da corrupção e que coloca todos em condições de igualdade, sem a influência do “deus dinheiro”, e que é o que a maioria da população, cerca de 70%, está querendo, há trocentos anos, como possibilidade única de satisfazer a vontade soberana da maioria da população e acalmar as ruas. Portanto, de nada adianta a classe política continuar fingindo que não está enxergando isso e fugindo disso igual o diabo foge da cruz, inventando impeachment$ de ocasião, tipo factoides e casuísmos, que mente, mente, mente, mas que já não conseguem mais enganar a nossa gente, nem mudar o foco do conjunto da população que já não aguenta mais tanta enganação. A essa altura do campeonato, o nosso Brasilzão já deve ter virado até chacota internacional por culpa do partidarismo-eleitoral e o golpismo-ditatorial, velhaco$, vencidos há muito tempo, mas como reclamar da gozação internacional se aqui o próprio Ali Babá e os seus 40 ladrões são os comandantes de um impeachment de uma Presidente que não tem contra si nenhuma acusação criminal, sequer de enriquecimento pessoal, ao contrário dos seus algoze$ ? Como negarmos perante o mundo que somos de fato uma república 171 ?

  4. Eu começava a acreditar que os crentes do Congresso (exceto algumas honrosas exceções) amavam mais ao Jararaca “Brama” que a Jesus Cristo.
    Até a OAB, aparelhada ao extremo,já tinha se decidido pela Democracia.
    Bem, antes tarde do que nunca.

  5. Ou seja, EU não sou PT, MAS…
    – a questão não é o PT, são os GOLPISTAS
    – EU não defendo o PT, MAS, também não defendo Golpistas
    – tudo é armação pra cima da Dilma, a INOCENTE
    – isso tudo é história inventada pelas Zelites para derrubar um governo eleito democraticamente
    – EU quero o bem do Brasil, MAS com Temer?
    – concordo que exista corrupção no governo, MAS o Eduardo Cunha vai ficar impune?
    – a questão não é ser ou não petista, o que queremos é um Brasil melhor, MAS não com a justificativa de um Impeachment contra uma presidente que teve 54 milhões de votos
    – Blá bla bla…
    .
    Este comentário não seria aqui, e sim como resposta a um comentário, MAS…

  6. A tal da Benedita da Silva e a Jandira Fegali não serão reeleitas deputadas pelo Rio porque são contra o impeachment da Dilma.
    São, também, arrogantes e supostas vendedoras da verdade alheia.
    Não votem nelas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *