Barcelona é mais time que o Santos, mas vamos torcer

Vicente Limongi Netto

Não sou pessimista nem seca pimenteira, muito menos quero fazer apologia do óbvio. Mas, a meu ver, o Barcelona é muito mais time do que o Santos. Futebol é gostoso porque jamais tem um jogo igual ao outro. Dentro de campo é que se resolve. Porém, creio que mesmo em dia pouco inspirado, o Barcelona tem como vencer o Santos.

Neymar e Ganso jogam muito, mas, no conjunto, representam muito pouco, quase nada, para superar e dobrar o Barça, time quase perfeito e imbatível. Fatores extracampo, como preparação, fuso horário, frio, vôo longo, são detalhes sérios que fazem parte do conjunto e da preparação de uma equipe. Até nisso o Barcelona leva vantagens sobre o Santos.

Se não estou enganado, apenas 4 jogadores santistas já atuaram no exterior. Conhecem as dificuldades que o frio, o campo pesado, a neve, trazem aos atletas. O Barcelona tem dezenas de jogadas. Raramente seus jogadores erram um passe. Todos têm boa técnica. Sobretudo Messi, Xavi, Piquet, Fábregas, Daniel, Daniel Alves e Abidale.

Viram, quase citei o time todo espanhol. É uma máquina de jogar futebol vistoso, rápido, inteligente, com variações de jogadas para todos os lados. Futebol que realmente encanta o torcedor exigente. Já o Santos, sabemos, tem falhas gritantes e acentuadas em diversos setores. Repito que Ganso e Neymar são espetaculares, mas sozinhos não asustarão os jogadores do Barcelona.

Sei que serei alvo da ira de açodados “técnicos”, mas não faz mal. Não ligo. Mesmo em desvantagem no placar, o Barça com Messi e companhia geralmente encontram meios de superar as dificuldades e vencer o jogo.

Quem teve a ventura de assistir Barcelona e Real Madrid, hoje, pelo campeonato espanhol, sabe que não invento nem exagero. E porque também não registrar, enfatizar e admitir: o Real Madrid é outro timaço.

Infinitamente superior ao Santos. Mesmo assim pegou de 3 do endiabrado Barça. Síntese, não adianta forçar a barra. Sei que o jogo é jogado, o lambari é pescado. Evidente que os jogadores do Santos assistiram o jogo. Têm consciência da tarefa dificil que terão pela frente. Se o Barcelona fizer o primeiro gol, desmonta o esquema tático do Santos. Babau. Se é que Muricy passou isso aos jogadores. O monstro sagrado Pelé, da tribuna do estádio, vai sofrer o diabo. Como todos nós.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *