Barroso diz que “milícias virtuais” precisam ser neutralizadas: “São bandidos, terroristas verbais”

Charge do Duke (otempo.com.br)

Renato Souza
Correio Braziliense

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), criticou autores de fake news pelas redes sociais e de ataques contra as instituições. Para o magistrado, que atuam por meio da internet atentando contra a democracia, sozinho, não gera tantos danos. No entanto, para Barroso, o problema existe quando estas pessoas se aliam e formam verdadeiras “milícias virtuais”.

O magistrado falou sobre o assunto, na noite desta sexta-feira, dia 24, durante abertura do  1º Congresso Internacional de Direito Partidário. Ele também preside o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que atualmente analisa ações que questionam eventuais disparos em massa de mensagens e a possível interferência nas últimas eleições.

RESPONSABILIDADE – Em seu discurso, Barroso afirmou que as empresas que gerenciam mídias sociais, como o Facebook e o Twitter, têm grande responsabilidade no combate às notícias falsas. Para ele, ao Judiciário, cabe parte das ações para inibir este tipo de prática.

“Acho que o Judiciário só consegue combater as fake news residualmente. Nós contamos mesmo é com as as mídias sociais, com as plataformas tecnológicas e com os comportamentos que elas podem, devem e estão adotando de limitação de robôs, de posts de perfis falsos e de impulsionamentos ilegais. Só elas têm a possibilidade de fazer o controle das campanhas de desinformação, das campanhas de ódio, dessas campanhas destrutivas da democracia e das instituições, sem propriamente fazer um controle de conteúdo”, disse.

VIOLÊNCIA – Na avaliação do magistrado, os grupos que atuam atacando a democracia pela internet devem ser combatidos com vigor pelas instituições. O ministro destaca que todas as opiniões e visões políticas devem ser respeitadas, mas que não se pode aceitar discurso de ódio e violência.

“São bandidos, são gângsters, são milícias digitais, terroristas verbais que precisam sim ser neutralizados. E nós estamos fazendo todo o possível dentro da Constituição e dentro das leis. A democracia tem lugar para conservadores, para liberais e para progressistas. Tem lugar para todo mundo. Só não tem lugar para a intolerância, para a violência e para a tentativa de destruição das instituições. Quando isso acontece, as democracias e as pessoas de bem têm que agir em legítima defesa. É preciso estabelecer os limites que uma democracia convive com as pessoas que pretendem destruí-la”, completou.

10 thoughts on “Barroso diz que “milícias virtuais” precisam ser neutralizadas: “São bandidos, terroristas verbais”

  1. Bolsonaro foi denunciado ao Tribunal Penal de Haia, em denúncia apresentada pelos profissionais da saúde.
    Entreguem logo ele ao Tribunal para ser processado e preso.

  2. A maioria que odeia Bolsonaro são: baderneiros, corruptos, comunistas, ante Família e ante Cristão, já perceberam?
    Eu compreendo quem odeia Bolsonaro!
    Nunca tinha parado para escutar Bolsonaro de verdade. E arrogância é o que impede o conhecimento mais amplo! Passei dias e horas pesquisando sobre o REAL Bolsonaro (dá um trabalho da p… vasculhar verdades no meio dessa guerra de tronos incentivada por muita manipulação) e comecei a entender o pânico que os cara que a vida inteira se deram bem às custas do dinheiro do povo, estavam sentindo. Não era à toa que estavam querendo nos fazer acreditar que ele era racista, homofóbico e preconceituoso. A cada dia fui me surpreendendo.
    Eu também já não consigo sequer ouvir a voz do Lula, da Dilma, da Gleise, da Maria do Rosário e do Freixo. A diferença é que eu passei anos ouvindo esses safados, e vi o que NÃO fizeram no país. Não acabaram com a fome, nem atenuaram a desigualdade. Deram esmolas! Usaram a fome do povo para aquirir votos! Não resolveram o problema do desemprego, da burocracia e da falta de saneamento básico. Não construíram creches nem escolas e ainda mentiram dizendo que a faculdade é para todos, independentemente de estar pronto! Não construíram hospitais melhores – trouxeram para o país médicos que sequer puderam trazer suas famílias porque vieram de um país onde não há liberdade alguma! E agora tememos um colapso do nosso Sistema de Saúde por causa de uma gripe…que se espalha mais rápido que fake news e mentiras! Não investiram em nossos portos, estradas e aeroportos. E ainda deram nosso dinheiro para que ditaduras de esquerda pudessem crescer! Não reviram leis que impediam nosso crescimento. Nada fizeram para que índios pudessem sobreviver de maneira sustentável. Pelo contrário! Fizeram de tudo para mantê-los como atração turística de Zoológico!
    E têm idiotas que sonham com essa turma bandida de volta ao poder.

    Marta S. de Paula.

  3. Os colegas esqueceram de citar meu nome,faz hj exatamente 6 meses, solitariamente falo na corte Haia que receberá alguns visitantes, todos do clã,e alguns militares..
    Fiz várias perguntas aqui no blog tipo:
    onde Haia ?
    onde fica?
    Afinal o que haia ?
    etc…
    Agora dia 21/07 disse”Alguns e uns e outros vão conhecer Haia,alguma dúvida”.etc..
    único que respondeu com ironia refinada foi PAULO III,”ou NUEMBERG”.

    Saliento, só foi possível dar esses primeiros passos, graças ao PDT,que entrou com uma liminar no STF para que municípios e estados gerênciasse a pandemia, pois,seu Bolsonaro eximiu se.

    PS: A caminhada é longa,mas é o começo,mais cedo ou mais tarde esses abutres chegaram a corte internacional de Haia.

    sds..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *