Bastidores do Planalto: PF ameaa ‘implodir’ se houver interferncia de Bolsonaro

Resultado de imagem para BOLSONARO E MORO CHARGES

Charge do Adwall (Arquivo Google)

Breno Pires
Estado

A tentativa do presidente Jair Bolsonaro de interferir na escolha do superintendente da Polcia Federal no Rio mais um captulo da disputa velada de foras que ele trava com o ministro da Justia, Srgio Moro. A PF no aceita indicao de cima para baixo para o preenchimento dessa vaga e ameaa implodir caso o ministro ceda a uma interferncia do Planalto.

Segundo o Estado apurou, se Bolsonaro insistir em impor sua vontade, para Moro restariam duas alternativas. Uma aceitar e perder o controle da Polcia Federal. A outra rejeitar a interferncia e pedir demisso do cargo.

HAVER REAO – Dirigentes da PF dizem que no vo agir como os colegas da Receita Federal, que vm sendo atacados pelo presidente constantemente sem reao. O secretrio da Receita, Marcos Cintra, se reuniu nesta sexta-feira no Rio com o ministro Paulo Guedes para discutir uma reestruturao no rgo.

Bolsonaro falou sobre o assunto duas vezes nesta sexta-feira, 16. Primeiro, avisou que ele quem manda e indicou que colocaria na vaga de superintendente da PF no Rio o atual responsvel pela PF no Amazonas, Alexandre Saraiva. Em nova entrevista, horas depois, baixou o tom. Eu sugeri o de Manaus. Se vier o de Pernambuco no tem problema, no, afirmou. Essa ltima declarao ajudou a acalmar a PF.

Saraiva prximo dos filhos do presidente e j foi cotado para assumir o Ministrio do Meio Ambiente. No incio de dezembro, Bolsonaro chegou a sond-lo. Acabou escolhendo Ricardo Salles para comandar a pasta.

QUEM MANDA? – Na primeira entrevista que concedeu na sexta sobre o assunto, Bolsonaro foi bem assertivo. “Est pr-acertado que seria l o de Manaus… Se ele resolver mudar, vai ter que falar comigo. Quem manda sou eu… deixar bem claro”, avisou. “Se eu for trocar os superintendentes, qual o problema? igual o Coaf. Eu tentei deixar o Coaf com Moro via medida provisria, o Congresso botou na Fazenda e o Paulo Guedes que decide”, complementou.

O comentrio do presidente respondeu a uma nota divulgada pela PF informando que o delegado Carlos Henrique Sousa iria para a vaga de Ricardo Saadi no Rio. Como revelou o Estado, o nome de Sousa foi includo na nota propositadamente para evitar uma indicao poltica da parte do presidente. A nota rebateu tambm crticas de Bolsonaro a Saadi.

MORO AUTORIZOU – O Estado apurou que o texto foi autorizado por Moro. A indicao dos superintendentes da PF prerrogativa do diretor-geral da instituio, mas o presidente da Repblica pode vetar qualquer nome por se tratar de cargo de confiana. No comum, contudo, a interferncia.

O presidente no tem poupado Moro nos ltimos meses. J determinou que ele desconvidasse uma suplente do Conselho Nacional de Poltica Criminal e Penitenciria (CNPCP); apoiou a retirada do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) da Justia para o Ministrio da Fazenda e ignorou o ministrio de Moro ao elaborar seu segundo decreto de armas.

No dia em que anunciou Moro em sua equipe, Bolsonaro prometeu que ele comandaria um superministrio e teria “liberdade total”. “Eu no vou interferir em absolutamente nada que venha a ocorrer dentro da Justia no tocante a esse combate corrupo. Mesmo que viesse a mexer com algum da minha famlia no futuro. No importa. Eu disse a ele: liberdade total pra trabalhar pelo Brasil “, disse poca.

2 thoughts on “Bastidores do Planalto: PF ameaa ‘implodir’ se houver interferncia de Bolsonaro

  1. Nooooossa! Que meda! PF ameaa implodir! KKK
    Bolsonaro vai desaparelhar os rgos Pblicos, apinhados de esquerdopatas, e ningum tasca! Se um presidente no pode nomear pessoas da confiana dele para cargos e funes de confiana, no existe democracia. Ento vamos impor a ditadura para colocarmos tcnicos nas direes dos rgos Pblicos, ao invs de militantes petralhas. O Diretor ser substitudo e no acontecer nada. No vai haver imploso alguma. Nem na PF, nem na Receita Federal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.