Bolivarianismo é o cassete! Brasil precisa se abrir para o mundo.

Carlos Newton

No intrincado xadrez da política internacional, há dois pontos positivos neste início de século. Primeiro, houve a ascensão da China como potência econômica, para que haja um maior equilíbrio na balança comercial, sem predomínio excessivo dos Estados Unidos; e agora, a velha Rússia retorna ao primeiro plano da política internacional, para dar uma meia trava na mania norte-americana de se comportar como xerife do mundo, de uma forma negativa, interpretando a lei sempre de acordo com seus interesses econômicos e estratégicos, pouco se importando com os interesses das nações que invade ou manda invadir.

O líder russo Vladimir Putin inicialmente mostrou invulgar competência como estadista, juntando os cacos de uma nação que quase foi destruída por uma abrupta e mal preparada mudança de regime, em meio a uma privatização equivocadamente conduzida, que fez brotar magnatas da noite para o dia e possibilitou a criação de organizações mafiosas de âmbito internacional. Mesmo assim, assumindo o poder em meio ao caos institucionalizado, pouco a pouco Putin foi conseguindo  recuperar a economia, a autoestima e o poder da Rússia, reequilibrando a guerra fria que sempre existiu e continuará existindo.

POLIVALÊNCIA

Para o Brasil, a volta da polivalência das forças políticas e econômicas pode ser muito proveitosa, se nosso governo enfim souber interpretar o lendário slogan do então secretário de Estado John Foster Dulles, o republicano que ensinou ao mundo, na década de 50, que “países não têm aliados, têm apenas interesses”.

Se o Itamaraty (leia-se Marco Aurélio Garcia, o verdadeiro chanceler) aproveitar a chance, poderemos melhorar muito nossa balança comercial. Já estamos próximos da China e dos Estados Unidos, por causa do crescimento da importância dos BRICS (a associação de Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul); nunca conseguimos nos afastar dos Estados Unidos; estamos hoje muito próximos às nações latino-americanas em geral, especialmente os países da América do Sul; e temos importantes acordos comerciais em negociações com a União Europeia.

TRADUÇÃO SIMULTÂNEA

O Brasil precisa se abrir de vez para mundo inteiro, aproveitar as múltiplas chances de comércio que se apresentam mas são desperdiçadas, em nome de bolivarianismo inconsequente.

E meste novo quadro mundial, lembremos que, com apoio dos Estados Unidos, Cuba agora vai reflorescer e deixar a Venezuela chupando o dedo sozinha.

Aliás, já ia esquecendo… Bolivarianismo é o cacete!, como diz essa garotada neonacionalista que luta para evitar a importação definitiva do Halloween.

26 thoughts on “Bolivarianismo é o cassete! Brasil precisa se abrir para o mundo.

  1. Com o Marco Aurélio top top top Garcia na função de chanceler, Newton, queres o quê?!
    O gesto obsceno que esta besta quadrada fez quando tivemos o pior acidente aéreo da nossa história com o avião da TAM, que bateu no seu próprio prédio e explodiu, no aeroporto de Congonhas, SP, ele segue fazendo para os brasileiros, desta vez com relação aos teus desejos, Newton, de nos aproximarmos das superpotências e melhorarmos nossas vendas externas.
    Este bando de petistas não pensa em melhorar a nossa nação, querem somente é roubar e assaltar as estatais e o erário, o resto que se dane!
    Mediante um discurso decorado e que alimenta o ódio entre as classe sociais, o PT quer relações com países que se identificam com o comunismo e o socialismo, porém não aqueles movimentos políticos filosóficos do passado, não, com os desenvolvidos por uma nova esquerda, de roubos e pilhagens das nações que governa!
    Então as relações estreitas com a Venezuela, o bobinho e atrevido Morales, que já disse que invadiria(!) o Brasil se a Dilma sofrer o impeachment, Cuba, que o governo brasileiro não informa se o país de Castro está pagando o financiamento do superporto financiado pelo BNDES ou, se lá pelas tantas, esse dinheiro foi parar nos bolsos da família do ditador e também dos petistas, algumas ditaduras africanas e o isolado Irã, como países que Marco Aurélio e a sua estupidez entendem adequados ao nosso desenvolvimento e fonte de recursos obtidos através do comércio internacional, e dê-lhe top top top para aquelas nações que poderiam melhorar o nosso desempenho nas exportações e para os brasileiros, em consequência.
    Mais a mais, o PT é apátrida, bolivarianista, latino-americano, e não pertencente ao Brasil, à sua terra, ao seu povo, portanto, quanto pior puder fazer para que continuemos estagnados e cada vez mais sendo ultrapassados pelos demais países, inclusive alinhados ideologicamente com os petistas melhor, pois este é o objetivo precípuo do PT e de Dilma, que se vinga dessa forma do período que foi presa e seu movimento “revolucionário” não teve o apoio popular!
    Por que a presidente teria de se preocupar conosco, com a nossa situação econômica em níveis de vendas de nossos produtos para o estrangeiro, e não somente nossos commodities ou matérias primas, como se dizia antigamente?
    Então, que neste segmento esteja lhe comandando o que ela tem de pior, o top top top Garcia e sua imagem repugnante, que por si só afasta qualquer tentativa de aproximação com outros possíveis compradores de nossas mercadorias.
    Ora, Newton, por favor, te orienta!

      • Bom Dia, Virgílio,
        Agradeço pela informação, que comprova o quanto o brasileiro “tem sido bonzinho” com a companheirada que se identifica pelo atraso, pela mentira, pela esperteza, então explora seus povos, usa-os criminosamente.
        A questão é saber os porquês que temos de pagar tão caro pela energia elétrica, hoje uma das causas de problemas gravíssimos no orçamento do cidadão brasileiro, que deve trazer para o PT excelentes dividendos pecuniários, pois também este segmento deveria ser investigado a fundo pela Polícia Federal e se saber efetivamente se nesta área não estamos sendo roubados escandalosamente!
        Um abraço, Virgílio.

  2. O Brasil se meteu num lixo chamado “Mercosul”, fundado em 26/03/1991. Portanto muito antes dos governos petralhas. Justiça seja feita!

    Porém nos governos dos PilanTras o tal acordo vem prejudicando muito mais intensamente o nosso Brasil, que é o maior cumpridor das suas regras estabelecidas, enquanto que os outros países signatários nos trapaceiam, contínua e incessantemente, de todas as formas possíveis e imaginárias.

    Mas quase ninguém ousa criticar abertamente esse “mer-cú-sul”, não é mesmo?! Principalmente por causa da ideologia esquerdista sulamericana de galinheiro tão ainda presente no ar respirado por estas bandas da América do Sul. Parece tabu! Por isso não resisti a usar do trocadilho (perdoem-me os hipócritas, por favor!) necessário, acima.

    Carlos Newton escreveu este excelente artigo, e aproveito a chance para acrescentar:

    – “O Brasil precisa se abrir de vez para mundo inteiro, aproveitar as múltiplas chances de comércio que se apresentam mas são desperdiçadas, em nome de bolivarianismo inconsequente. Começando por se livrar definitivamente desse Mercosul”.

    • Juca,
      Temos de ser realistas e saber que os indivíduos que nos governam são ideológicos, portanto, seus pensamentos não estão restritos ao Brasil e ao bem-estar do povo, mas à implementação de seus movimentos políticos e sociais.
      Dito isso, na razão inversamente proporcional, quanto mais beneficiam outras nações prejudicam a brasileira, em consequência, diante do pensamento obtuso e tacanho que somos maiores, então temos de favorecê-los!
      Observa o quanto empobrecemos com Lula e Dilma, e os dados que mostram que, até a Venezuela, governada por um incompetente e corrupto, desonesto e violento Maduro, possui dados superiores a nós em Educação, que ainda estamos verdes nesta área.
      Portanto, o tal do Mercosul que teve como princípio melhorar as relações comerciais com os países do Cone Sul, lamentavelmente as teve prejudicadas em razão de uma ideologia retrógrada, ultrapassada, porém teve por parte dos presidentes das outras nações sul-americanas a preocupação que os nossos não tiveram de, pelo menos, dar atenção à Educação, mola propulsora de qualquer nação que queira se desenvolver.
      Como a intenção dos petistas para conosco não é para que tenhamos progresso, resultado:
      Mercosul, BRICS, qualquer aliança que fazemos, seremos sempre os prejudicados.
      Excelente domingo, Juca.

  3. Bom artigo CN.

    Qual o mito da fênix, a Rússia com Putin renasceu das cinzas. A China vai bem na segunda posição e os Estados Unidos vão caminhando… o Brasil continua na Segunda Divisão … dizem especialistas que com esta história de bolivarianismo (desvairio?) Pindorama perdeu uma década.

    Alguns líderes querem ser um pouco original e o finado Chavez inventou uma ala do terceiromundismo sulamericanista. Cuba vai ser a China do Caribe, aguardemos …

  4. Gostei muito das opiniões de Carlos Newton e Chicão Bendl. E depois veio o Juca Valo para dar um sensacional e positivo “coice” no tema “Mercosul”.

    Penso de forma muito semelhante:

    – Quem, neste país, tem realmente pensado honestamente (e livre de ideologias) se o tal Mercosul tem efetivamente nos trazido mais benefícios do que prejuízos???

    Mas lembrem-se de que eu disse “honestamente”, ok?!

    • Isac, meu amigo,
      Acho que o comentário que fiz em resposta ao texto do Juca serve à tuas questões.
      Um forte abraço, e excelente domingo junto aos teus.

  5. Logo aparecerá algum comentarista com “ideologia esquerdista sulamericana de galinheiro”, assumida ou bem disfarçada, para tentar defender o “mer-cú-sul”.

    De repente algum encherá seu comentário com números e mais números, índices e mais índices, tentando enfeitar o pavão, e assim construir uma imagem de um Mercosul fabulosamente lucrativo para o Brasil, e blá…, blá…, blá…,

    Contagem regressiva: 10, 9, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2, 1…

    • Querida Ângela Maria,
      Lamentavelmente tens razão!
      Qualquer indivíduo que se apresenta como de esquerda será sempre um defensor do atraso, da estagnação econômica, em razão de suas utopias imperdoáveis.
      Ignorando que precisamos de dinheiro para melhorar a situação do povo, prometem o que não podem cumprir, mentindo, iludindo, enganado as pessoas que acreditam em soluções mágicas ou que bastam culpar as elites para que milagrosamente a população alcance condições antes jamais imaginadas que poderiam desfrutar!
      Resultado:
      Mediante um benefício mensal, condenam milhões à miséria pela falta de planejamento e estímulo ao estudo e trabalho, e ainda divulgam com cinismo e hipocrisia, que são responsáveis por um grande projeto social

      • Ângela Maria,
        Perdão, mas apertei a tecla errada, de novo.
        Complemento:
        …. projeto social quando, na verdade, são responsáveis pela supressão da dignidade dessas pessoas, que estarão sempre dependentes de governos, da caridade alheia, no lugar de obterem mediante as suas próprias forças e decisão, um lugar melhor socialmente.
        Um abraço, respeitoso, guria, e excelente domingo junto aos teus.

    • Tudo por causa disso, Angela:

      Parágrafo único. A República Federativa do Brasil buscará a integração econômica, política, social e cultural dos povos da América Latina, visando à formação de uma comunidade latino-americana de nações. (Art 4 CFRB)

      Levaram isso muito a sério.

  6. Sr. Newton, com isso que tá ai, lula, dilma, tarso, dirceu, genuino, aecio, fhc, serra, gerardo idiamim-dada, barbalho, sarney, babaluf, collor, cunha, temer.
    Continuaremos com a mesma Republiqueta de Banana de Nóis Todos, (ou Tolos)….

    Só esta frase já basta.

    “O Brasil precisa se abrir de vez para mundo inteiro, aproveitar as múltiplas chances de comércio que se apresentam mas são desperdiçadas, em nome de bolivarianismo inconsequente.”

    Como diria o Sr. Paulo.
    VIVE LA FRANCE.!!!!

  7. O artigo e os comentários já contemplam tudo que penso a respeito deste assunto. Gostaria só de complementar expressando a sensação desconfortável e assustadora, de que estamos num navio a deriva. Com todos esses políticos, digo todos porque as exceções são tão raras que caem no desvio padrão, pensando exclusivamente neles mesmo, ou perseguindo o poder, ou dinheiro, ou ambos. Com uma presidente que nos envergonha cada vez que abre a boca e que na sua arrogância, sua sede de vingança e na mediocridade de seus confusos pensamentos, pouco se importa com o povo brasileiro. São pessoas doentes, sem valores, que pensam pequenininho. E aí incluo a nossa diplomacia anã. Deles não espero nada, aliás, prefiro que não façam nada porque quando agem é desastradamente. Dilma e Lula nunca vão se abrir para o mundo, eles tem medo do mundo, por isso perseguem a idéia de fazerem o mundinho deles, onde serão senhores absolutos.

  8. Mas no Brasil tem ainda muitos otários que gostam de apanhar no rabo pelo p… do Mensalão, Petrolão, Lava Jato, Pixuleco, Pedaladas e a Elite Socialista do PT!

  9. Falta complementar dizendo que o PT entregou os dados da Petrobras para a Hallibuton, do Dick Cheney, ex vice do Bush tomar conta e que os equipamentos de águas profundas são produzidos pela Diamond Offshore Drilling da família Reagan, ambas situadas em Macaé/RJ.
    Sem contar com os acordos que e CUT fez com a AFL-CIO, que antes do golpe de 64 ‘formou’ mais de 100 sindicalistas na CIA.
    O Dick Cheney, também é sócio da Blackwatter, que colonizou o Iraque e foi contratada pelo governo federal para atuar na Copa do Mundo.

  10. O que está acontecendo com o nosso respeitado e experientente Newton Carlos. Escreveu um artigo de primeirissíma. No final o ESPANTO: Newton está inquieto, preocupadoe pelo visto aterrorizado com um tal bolivarianismo que não existe em lugar algum. Chaves falou em Simon Bolivar o heroi da libertação da América Espanhola, e aproveitando-se da história, consegiu adeptos estusiasmados com sua pregação política. Isso as duras penas, dentro de seu país a Venezuela.Nem na Venezuela essa pregação conseguiu maioria. Será que nosso caro Newton está mesmo vendo bolivarianismo dentro do Brasil? Será que agora os brasileiros de algibeira cheia deixaram de ver comunistas comento criançinhas para verem bolivarianista a beira de fogões com espetos enormes assando, pretinhos, indinhos e italianinhas. Acho melhor tomar meu uisque com gêlo e ler novamente para ver se estou errado.

  11. Não acredito no que estou lendo. Será que é verdade ou estou delirando? Newton Carlos o respeitado experiente e competente jornalista que por anos a fio nos brindou com seus comentários na TV.Agora está preocupado com um tal bolivarianismo que não existe e nunca existiu. Bolivar libertador da América Espanhola no século XVIII, foi usado por Chaves em suas pregações políticas na Venezuela. Não representa nada pois até lá o povo não assimilou e vive dividido. Será que agora em vez da elite pretenciosa do Brasil temer os comunistas, vai ver bolivarianistas ao redor do fogão com espetos enormes assando pretinhos, indinhos e italianinhas? Vou tomar meu uisque e depois ler novamente para ver se li errado.

    • Desculpe, Aquino. Newton Carlos é meu velho amigo, casado com uma amiga minha, neta de dr. Vital Brazil. Não o culpe pela bobagens que eu escrevo. A meu ver, o bolivarianismo é um sonho de Hugo Chávez, que o governo do PT encampou. Se você acha que não existe, melhor ainda. Vamos em frente, amigo.

      CN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *