Bolsonaro admite adiar escolha do procurador-geral para o final de setembro

“No d para ter prazo”, alega Bolsonaro sob presso

Gustavo Uribe e
Reynaldo Turollo Jr.
Folha

Com nomes de sua preferncia sob crticas pblicas, o presidente Jair Bolsonaro decidiu brecar o processo de escolha do novo chefe da Procuradoria-Geral da Repblica e avalia deixar o anncio para setembro, aps a sada da atual procuradora-geral, Raquel Dodge. Os dois ltimos favoritos do presidente para o posto, os subprocuradores-gerais Augusto Aras e Antonio Carlos Simes Soares, passaram a ser criticados pela base eleitoral de Bolsonaro e at mesmo por integrantes de seu prprio partido, o PSL, aps divulgao de declaraes polmicas.

Em 2016, Aras afirmou que a direita radical explorava a “doutrina do medo” e defendeu teses de partidos de esquerda. Soares, em um texto de 2014, disse que a democracia um “verdadeiro embuste” e criticou a atuao da Lava Jato em Curitiba. Na tentativa de diminuir a presso sobre a escolha, Bolsonaro disse a auxiliares presidenciais que pretende no estabelecer mais um prazo para a seleo de um nome e que deve deixar o assunto para depois de 17 de setembro, quando espera que o tema esfrie e que o assunto perca espao na imprensa.

DISPUTA – Segundo relatos feitos Folha, o presidente tem se incomodado com o movimento de grupos para emplacar nomes de seu interesse. A bancada federal do PSL, por exemplo, tem defendido o procurador regional Lauro Cardoso, enquanto o subprocurador-geral Marcelo Rabello preferido da cpula militar. At o STF (Supremo Tribunal Federal) tem participado do processo. O subprocurador-geral Paulo Gonet, por exemplo, tem o apoio dos ministros Gilmar Mendes e Dias Toffoli. Nesta semana, Soares disse que tambm conta com a simpatia de Toffoli e do ministro Luiz Fux.

Nesta tera-feira, dia 20, em entrevista imprensa, Bolsonaro reconheceu que pode deixar a deciso para depois da sada de Dodge. “No d para ter prazo. At o possvel sucessor no momento, caso no indique at l, uma pessoa que, pelas informaes que tenho sobre ele, so as melhores possveis”, disse. “Todas as possibilidades esto abertas”, acrescentou. Bolsonaro disse ainda que a escolha de um procurador-geral da Repblica no simples e a comparou a um casamento, que pode fracassar. Ele afirmou que busca um nome que tenha uma “viso global de Brasil” e que tenha posies que no sejam opostas s dele.

“ATRIBUTOS” – “ igual o casamento, costumo fazer muito a comparao. Voc casado com uma mulher, ou com um homem, est muito na moda isso a, e s v a beleza e no v outros atributos, tem tudo para fracassar”, disse. No caso de o presidente atrasar sua indicao, quem assumiria de forma interina o subprocurador-geral Alcides Martins. No comeo deste ms, Martins, um dos mais antigos membros ativos no Ministrio Pblico Federal, foi eleito vice-presidente do Conselho Superior do MPF.

Descrito como um homem de perfil conservador, ligado Igreja Catlica e comunidade portuguesa, Martins, 70, tornou mais palatvel para o governo uma eventual interinidade na PGR. Nascido em Portugal, ele se formou em direito pela Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) em 1975 e tem mestrado em cincias jurdico-criminais pela Universidade de Coimbra. J deu aula em diversas faculdades e ocupou vrios cargos no Ministrio Pblico Federal, no qual ingressou em 1984.

DESGASTE – Em conversas reservadas, o presidente tem dito que quer um nome que no seja prximo do ex-procurador-geral Rodrigo Janot e que no mantenha em sua equipe a procuradora federal dos Direitos do Cidado Deborah Duprat, que tem questionado medidas da atual gesto. Para evitar um desgaste tanto com a categoria como com os ministros do Supremo, Bolsonaro foi convencido a escolher o nome de um subprocurador-geral, cargo do topo da carreira, e que faa parte do MPF, reivindicao apresentada em sondagens informais feitas pelo Planalto.

Alm dos candidatos favoritos ao posto, h trs nomes que disputaram a eleio interna em junho e foram os mais votados entre seus colegas: Mario Bonsaglia, Luiza Frischeisen e Blal Dalloul. Pela Constituio Federal, Bolsonaro no obrigado a indicar um dos nomes da lista trplice, mas essa tem sido a tradio desde 2003.

INDEPENDNCIA – Para boa parte dos membros do MPF, a eleio interna um instrumento importante para garantir a independncia da PGR em relao ao Poder Executivo. J para crticos da eleio interna, a prtica levou para dentro do MPF o corporativismo e todos os vcios de uma campanha eleitoral, como promessa de cargos e favorecimentos.

16 thoughts on “Bolsonaro admite adiar escolha do procurador-geral para o final de setembro

  1. VERDADE SEJA DITA, JUSTIA SEJA FEITA. Por burrice, fuxicos, fake-news e m-f, o fato que o Brasil perdeu o Trem da Histria. Foi no ps-Lula que o Brasil errou feio, direita, esquerda e centro a bordo, ao invs de pular para frente, para o futuro, fizeram o Brasil pular para trs, voltar ao passado. O Brasil no podia voltar para trs, tivessem o Lula, o PT e seus aliados o problema que tivessem, no podamos regredir, estvamos prontos para dar o Pulo de Leo adiante dos EUA, da sia e at da prpria Europa-me, j havamos adquirido asas econmicas mais fortes que nos permitiam voar como guia, como propunha e prope a RPL-PNBC-DD-ME, o projeto novo e alternativo de poltica e de nao, o novo caminho para o novo Brasil de verdade, porque evoluir preciso, ou seja, o start e as turbinas que estavam faltando serem acopladas Nave-Me para manter o Brasil voando como guia por pelo menos mais 100 anos consecutivos, com paz, estabilidade e prosperidade, ao contrrio dos costumeiros voos de galinha, mas o sistema poltico podre e seus cabeas de bagre, mercenrios, oportunistas, aventureiros, aproveitadores, enfim a turma do famigerado “quanto pior, melhor”, puseram tudo a perder, infeliz e desgraadamente. Ainda que pudessem ser apenas castelos construidos nos ares, no caso, o mais inteligente que tnhamos a fazer era colocar os alicerces sob eles e no a demolio. Enfim, prevaleceu nas urnas “o quanto pior, melhor”. E o que de gosto, regalo da vida. https://www.facebook.com/resistenciasempre/videos/383671205684104/UzpfSTEwMDAwMTA3MDQ4NTA2OTo5NTQ3MTg3MDQ4NjQ1MDU/?comment_id=954753271527715&notif_id=1566242926379173&notif_t=group_highlights

      • Pera, pera, com o seu nvel baixo e a sua grosseria de baixo nvel, alm da covardia de no colocar o seu prprio nome sob o que vc escreve, fica impossvel o debate de alto nvel, fica parecendo coisa de terrorista bolsonariano.

  2. Uma coisa certa, Dallagnol no agrada aos parlamentares por razes obvias e est fora da panela dos amigos dos amigos. de qualquer forma que decide o presidente, quem entra ou se Dodge permanece.

  3. “Paulo Gonet, por exemplo, tem o apoio dos ministros Gilmar Mendes e Dias Toffoli.”

    O STF quer indicar Procurador Geral? Viramos casa da zona: Especialmente as duas pessoas non gratas do povo brasileiro. Mendes e Toffoli prestam para mscaras de carnaval ou bonecos no dia de malhar Judas. No melhor ouvir o Marcola?
    Porra, Bolsonaro, voc nem parece que era milico. Deixe de ser mole, frouxo, fraco!

    • Prezado Sr. Jaburu,
      O milic perdeu a fora: o filho rachid, o sumidao do queiroz, o cheque pra michelle, pelo menos por enquanto, acabaram com a graa do Capita.
      Pra tudo isso que est acontecendo, acho que, sabemos muito pouco dessa famiglia.
      Votei nele, reconheo, e se arrependimento matasse…
      Atenciosamente.

  4. Boa tarde.

    Sem paixes e sim aos fatos. A indicao do Moro. Ningum me dir que o Moro no saiba colocar quem quer que seja no local certo. Este pensamento serve ao COAF, a Receita Federal, a Polcia Federal e etc, dentro da sua rea de judicializao.

    Aps, a responsabilidade ser do Moro, como seu prprio estilo de governar Presidente.

    Bolsonaro, se eu fosse seu assessor ,este seria meu conselho. Alis como tem feito, as responsabilidades na realidade so dos Ministros.

    A sade a meu pequeno juzo, devo confessar, deveria-se fazer o mutiro do Dria do jatinho, nos hospitais particulares, como no Srio Libnes na poca de sua prefeitura, de madrugada e, no seu caso em todos os hospitais particulares do Brasil.

    Na fome, o retorno do restaurante populares, a mudar as filas de desemprego montadas ficticiamente por filas de caridade momentnea verdadeiras. E outros vrios exemplos.

    Enquanto o capital estrangeiro no se decidir, abramos mos de nossas
    reservas e faamos nossas reservas impulsionarem nossa economia com apenas 1/3 delas, e isso criar expectativas l fora, dizendo: ser que o Brasil realmente precisar de nossos recursos, com tamanhas riquezas naturais e alimentos que precisamos e sempre precisaremos?

    Abraos e toro por ti, se Flvio Bolsonaro por essa mesquinharia que os outros no esto a sofrer, vier a pagar se for culpado, que se v o anel e fique o dedo. Porm uma coisa certa, entrars na Histria realmente, com o povo a acreditar como at agora; BRASIL ACIMA DE TUDO, E DEUS ACIMA DE TODOS, e um ESTADISTA que o Brasil nunca viu surgir. Faa o que deve ser feito, Jesus lhe salvar de tudo pesado que no aguentes carregar, Jesus est a lhe testar e no lhe dar nada que no possa suportar, ningum melhor do que voc para saber.

    No existe ningum e nem famlia perfeita, mas voc passar para Histria como um verdadeiro estadista, e dinheiro, como somos pecadores, lhe jorraro com estas atitudes, em palestras futuras, no mundo todo em 2028.

    No diga mais que quer o melhor para o seu filho, Eduardo. O BRASIL est acima de tudo. Eu juro que toro por ti, conheo sua vida, melhor, imagino, s deve d trara, mas pense que com Jesus na Verdade ningum pode, e aguenta!!!

    No sou pastor e tampouco evanglico, tento ser esprita Kardecista, mas falta muito para tamanha bondade de Chico Xavier, quia a Jesus.

  5. Boa tarde.

    Relendo meu texto, senti uma sensao de que queira ver o termmetro do dia 25/08. Nem pense nisso, aja, imediatamente, o povo duvidar talvez de voc.

    No adianta, chegou o momento, este meu conselho, para quem torce por ti, e principalmente pelo Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.