Bolsonaro aguarda resposta do governo dos EUA antes de indicar o filho para embaixador

Resultado de imagem para trump e bolsonaro charges

Charge do Iotti (Zero Hora)

Guilherme Mazui
G1 — Brasília embaixador nos Estados Unidos.

A indicação do filho para ocupar o posto é alvo de críticas nos meios político, jurídico e acadêmico. No Itamaraty, diplomatas disseram não se lembrar de um precedente como esse – a nomeação de um parente de primeiro grau de um presidente da República para uma embaixada.

SABATINA – “Falta a resposta dos EUA. Uma vez havendo a resposta, o Ernesto Araújo [ministro das Relações Exteriores] está fora do Brasil, a gente comunica o Senado Federal para que seja marcada a data da sabatina”, afirmou, após participar de cerimônia comemorativa do Dia do Futebol no Ministério da Cidadania.

Confirmada a indicação, Eduardo Bolsonaro terá de se submeter a uma sabatina na Comissão de Relações Exteriores do Senado e a duas votações – uma na comissão e outra no plenário.

Bolsonaro disse que “entra em campo para ganhar o jogo”, ao ser questionado sobre a expectativa de aprovação de Eduardo no Senado.

TEM CERTEZA – “Acho que o Senado vai fazer uma boa sabatina e tenho certeza que seja aprovado. Agora, talvez haja o viés político por parte de alguns, eu espero que ele seja aprovado”, disse.

Ele também disse não acreditar em recusa do governo de Donald Trump ao nome de Eduardo Bolsonaro, que se diz próximo da família do presidente norte-americano. “Duvido. Acho muito difícil ter um negativo por parte dos EUA. E ele vai ser o nosso cartão de visitas. Sabe da tremenda responsabilidade que terá pela frente”, declarou.

Para o presidente, o filho vai ser vitrine. “Acha que eu ia botar uma pessoa que não tivesse competência para exercer uma nobre missão, como essa? O meu filho está indo para trabalhar nos EUA, ele tem um relacionamento com vários países”, afirmou.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Bolsonaro é criativo e trocou a ordem das coisas. Na prática da diplomacia, o país nomeia seu embaixador e a outra nação diz se se aceita (concede o “agrément”) ou não. No caso de Eduardo Bolsanaro, o presidente norte-americano dirá por antecedência se concorda com a indicação. Assim , será uma desmoralização total se os EUA aprovaram e o Senado brasileiro vetar.  (C.N)

6 thoughts on “Bolsonaro aguarda resposta do governo dos EUA antes de indicar o filho para embaixador

  1. Creio que Bolsonaro deve estar seguríssimo da aprovação,pelo Senado,do nome do indicado.
    Caso contrário sua desmoralização será total.
    Em Brasília,o que se comenta que ele tem certeza da aprovação,pelo Plenário do Senado,mesmo no caso da não aprovação do nome,pela Comissão de Relações Exteriores.
    Nunca uma Casa Legislativa deixou de aprovar um nome de um parlamentar para QUALQUER CARGO e queiram ou não o indicado é o deputado federal mais votado da história do Brasil. Ele teve 1.814.443 votos.

    • Mas é filho do presidente e isso é vergonhoso. Eu não preciso de mais nada para concluir que o Bolsonaro foi uma decepção. Ainda não encontrei ninguém das minhas relações que sinta diferentemente – ele pisou na bola!

    • Se Caligula nomeou o seu cavalo preferido – Incitatus – para o senado romano, por que Bolsonaro não pode nomear seu filho para Embaixador. Se fosse possivel tal nomeação para o senado brasileiro, acho que o excesso de cavalgaduras que por lá existem, não permitiria mais uma.

      Espero também, que ele nao copie Nero incendiando Brasilia e colocando a culpa nos comunistas.

  2. Boçalnaro seguindo as ordens do patrão Donald Trump, envolveu o Brasil no caso com os navios do Irã prejudicando o comercio de trigo do Brasil com aquele país.

    Trump já está programando um encontro com o Governo Iraniano onde irá fechar negócios com os aiatolás para que os mesmos comprem o trigo americano.

    Resumindo:

    não haverá guerra nenhuma, e mais uma vez, assim como aconteceu com a china, trump faz o brasil de palhaço para tira do caminho dos americano os negócios do brasil para favorecer os negócios americanos.

    Para saber mais:

    https://www.youtube.com/watch?v=2UohjMIbNNY

  3. O presidente não está fazendo anda de novo, em Pindorama sempre adoramos em reinventar a roda, lembram-se da “engenharia reversa” nos tempos dourados da Ditadura? Comprávamos computadores e os nossos “engenheiros” os desmontavam para tentar copiá-los, aí tínhamos verdadeiros portentos como os Cobra, lembram -se deles e destes tempos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *