Bolsonaro condecora os filhos Eduardo e Flávio pela segunda vez em menos de um mês

Imagem relacionada

Mais uma vez, Bolsonaro deixou de homenagear o filho Zero Dois

Rayanderson Guerra
O Globo

Em menos de um mês, o presidente Jair Bolsonaro condecorou os filhos, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), com mais uma condecoração do governo. Nesta terça-feira, Eduardo, Flávio e 15 ministros de seu governo — entre eles dez que também já haviam sido homenageados com a Ordem de Rio Branco — foram agraciados com a Ordem do Mérito Naval . A homenagem é entregue a personalidades civis e militares que tenham prestado serviços relevantes à Marinha.

A Ordem também foi concedida a sete governadores, à procuradora-geral da República, Raquel Dodge, ao presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), Thompson Flores e ao presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco.

RIO BRANCO – No início deste mês, Bolsonaro designou Flávio e Eduardo Bolsonaro para receberem a Comenda de Grande Oficial da Ordem de Rio Branco, condecoração que “distingue serviços meritórios e virtudes cívicas” e estimula “a prática de ações e feitos dignos de honrosa menção”. No ato também foram homenageados o vice-presidente Hamilton Mourão e o ideólogo de direita Olavo de Carvalho com o mais alto grau da Ordem.

Desta vez, a lista de agraciados conta com 461 pessoas, entre políticos, militares, magistrados e instituições civis e militares. Entre os agraciados com a Ordem, além dos filhos do presidente, estão os ministros da Economia, Paulo Guedes; da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, que também receberam a Ordem de Rio Branco.

Os governadores homenageados: Rio de Janeiro: Wilson Witzel (PSC); Minas Gerais: Romeu Zema (Novo); Paraná: Ratinho Júnior (PSC); Santa Catarina: Comandante Moisés (PSL); Rio Grande do Sul: Eduardo Leite (PSDB); Mato Grosso: Mauro Mendes (DEM) eMato Grosso do Sul: Reinaldo Azambuja (PSDB).

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGFaltou de novo o Zero Dois reeber a homenagem… Deve ser alguma nova forma de “perseguição política. (C.N.)

12 thoughts on “Bolsonaro condecora os filhos Eduardo e Flávio pela segunda vez em menos de um mês

  1. Paranóia de governantes: um condecorou seu cavalo Incitatus; outro, por enquanto, condecora os filhos.

    Tomara que fique por aí. De repente ele ficá com
    Inveja daquele outro que incendiou Roma. Brasília que se cuide.

  2. A esta altura do campeonato do sistema político podre, bandido, corrupto, condecoração sob a égide do dito-cujo será um bem ou um mal, com a Revolução Redentora já batendo na porta da massa falida ?

  3. “Bolsonaro condecora os filhos Eduardo e Flávio pela segunda vez em menos de um mês”.

    Notícia de atitude altamente prejudicial ao país. Por isso o réu deve ser condenado à morte, né?

    • No mínimo ser impedido de assumir a presidência, pois é réu.

      Mas, como deixaram passar, vai ficar isso que tá aí, condenando os outros a morte…

      PATIFE.

  4. Falta ao Presidente o conhecimento dos Deveres que o cargo impõe, parece criança, quebrando os brinquedos, e não um governante que ama sua Pátria. 5 meses de besteirol, e o povo trabalhador, com 13 milhões de desempregados, que representam 60 milhões, (família de 4 pessoas) na rua da amargura., meu voto de Esperança, está nos 57 milhões, nos 47% da Câmara e 37% no Senado, me sinto traído, que já entraram no “toma lá, da cá”.
    Pobre Brasil, tá ferrado, que DEUS nos ajude!!!

    • Falta de aviso e comentários,é que não foi.

      Nos debates da rede TV, ainda candidato,se viu que não tinha conteúdo. Um vazio imenso..

      Pior,de tudo, não tinha, não tem honestidade de propósito.

      Na época escrevi,usando o sentido figurado do carro FIAT 147 .”FUI engando AGORA é TARDE.

  5. Estas medalhas já chegaram ao mesmo nível que uma tampinha de cerveja amassada na linha do bonde, ninguem dá importância para elas, nem mesmo os agraciados, que sabem que elas não tem valor algum…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *