Bolsonaro contraria líder e diz que bancada do PSL “não vai atrapalhar votações”

Bolsonaro e o ministro Onyx Lorenzoni participam da transmissão ao vivo feita toda quinta-feira pelo governo Foto: Reprodução

Bolsonaro pede que o novo texto da MP 870 não seja modificado

Natália Portinari
O Globo

Contrariando o que disse mais cedo o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), o presidente Jair Bolsonaro defendeu que a Medida Provisória que enxugou o número de ministérios seja votada no Senado sem modificações. “No meu entender, deve aprovar o que foi votado na Câmara e vamos seguir em pautas mais importantes” —afirmou.

O presidente deu a declaração durante a transmissão ao vivo semanal que faz às quintas-feiras em sua página do Facebook. Mais cedo, Bezerra Coelho defendeu que o Senado mude a MP para garantir que o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) continue no Ministério da Justiça.

DIZ O RELATOR — “Nós vamos defender o Coaf com o ministro Moro. Essa é a posição que está no relatório, mas isso depende do plenário do Senado” — afirmou Bezerra.

Após a fala do presidente, o Globo procurou Bezerra para saber se houve uma mudança na posição, mas o líder respondeu apenas que irá “seguir a orientação do governo”.

Ao falar sobre a MP, Bolsonaro se confundiu e disse que, na medida que foi aprovada, “Coaf foi para o Ministério da Justiça”. Na realidade, o órgão foi transferido para o Ministério da Economia, contrariando o desejo do ministro Sergio Moro.

VALIDADE – Se o Senado insistir em manter o Coaf com Moro, porém, a MP corre risco de perder a validade, porque terá que voltar à Câmara, onde já foi votado, na noite de ontem, que o Coaf deveria ser transferido para e Economia. Se a MP não for aprovada nas duas casas até 3 de junho, a estrutura volta a ser a dos 29 ministérios do governo Temer.

“A minha bancada é uma bancada de parlamentares bastante novos, alguns ainda acham que tem que ganhar todas, não dá. A gente vai ter que perder, (se) vai ter que perder uma votação, sem problema nenhum, e quem tiver mais voto leva” — disse Bolsonaro.

Na noite de quarta-feira, o partido do governo acabou atrasando as discussões para tentar derrubar a previsão de que auditores da Receita Federal fossem proibidos de investigar crimes não fiscais. A proposta foi inserida pelo líder de governo Bezerra Coelho na Medida Provisória, mas foi refutada pelos governistas na Câmara. Na quinta-feira, um acordo entre líderes da Câmara derrubou a proposta e permitiu a votação.

BANCADA LIVRE – “Agora nossa bancada não vai atrapalhar votações no que depender de mim. Não tenho ascendência na bancada, o pessoal acha que eu mando na bancada. Eu não mando, logicamente. Os líderes nós que indicamos e eles trabalham nesse sentido, Joice Hasselmann e o Vitor Hugo, trabalham nesse sentido, para que a gente busque o melhor possível para atender o povo, mas o Parlamento tem mais do que autoridade, tem legitimidade para mudar essas questões”, disse Bolsonaro.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
A Constituição proíbe a reedição de medida provisória na mesma sessão legislativa, mas nada impede que o governo crie outra MP, mais extensa, abrangendo outros temas e nela inclua a reforma administrativa. Afinal, estamos no país do jeitinho brasileiro. (C.N.)

6 thoughts on “Bolsonaro contraria líder e diz que bancada do PSL “não vai atrapalhar votações”

  1. Guedes diz que pode deixar o governo se Previdência virar “reforminha”
    Em entrevista a revista, o ministro da Economia afirmou que o país vai pegar fogo se o texto não for aprovado.
    Então já pode ir arrumando as malas. Guedes é um grande farsante como economista relacionado as previsões da “reforma” da previdência. Vai fazer tudo para não sair para manter o foro privilegiado. Na economia não sabe o que fazer. Nota-se que Bolsonaro tem outros economistas que está direcionando para outro lado – se Bolsonaro for nas águas de Guedes e seus seguidores – Bolsonaro não se manterá de pé no governo.

  2. Vamos lá manada, domingo pedir o fim de sua aposentadoria, o fim das leis trabalhistas, a entrega de nosso Petróleo a preço de banana, etc….é isso aí…

    Parabéns!

    Ps. Vocês estão pensando que o Ministro Moro quer o COAF sob seu comando, estão enganados, pois em 2020 ele será sabatinado pelos políticos e precisa estar de bem com eles.

    KKKKK

    • Nem o Bolsonaro está bancando essa manifestação que não tem pauta definida. Aliás o Bolsonaro consegue ser mais sensato que alguns boçais que pedem o fechamento do congresso e do STF.

      • Marcos,

        Se pedir pelo fechamento do congresso é ser “boçal”, então quem defende este poder corrupto, inútil, vagabundo, perdulário, estelionatário e ladrão, identifica-se muito bem com tais larápios do dinheiro público!!!

        Defender uma instituição que apodreceu, que tem sido a causa maior dos problemas porque vivemos hoje em dia, pelo aumento brutal da pobreza e miséria deste país, prefiro a boçalidade que a desonestidade, o preconceito, a segregação, a discriminação, que tu apoias!

        Olha, alguns comentaristas precisam rever seus textos.
        Opinem, questionem, sejam contrários às ideias de outras pessoas, mas tá na hora de parar com esses rótulos, com o desrespeito, com a má educação!

        Eu continuarei clamando pelo fechamento do Legislativo, se quisermos ter futuro, pois o custo anual de 40 bilhões para este poder deletério, deprimente e deplorável, trata-se de uma quantia que resolveria nossos problemas mais graves imediatamente, enquanto os vagabundos parlamentares teriam de procurar emprego!

        Na razão direta que defendes esse Legislativo venal, te colocas como inimigo dos necessitados, dos pobres e miseráveis, pois se estão nessa condição a causa é o parlamento!!!!

        Nessas alturas, posso afirmar das duas, uma:
        ou tens medo de expor teus pensamentos verdadeiros, apesar de usares até mesmo o anonimato ou, então, te interessa este sistema que nos rouba, explora e manipula!

        Peço encarecidamente aos meus colegas comentaristas que parem com essas ofensas gratuitas, provocações, acusações, rótulos imbecis e idiotas!

        Ou levamos a vida, pelo menos neste blog, conforme ditam as regras do bom senso, do respeito, da educação ou, então, Newton tem toda a razão em entender que a TI é uma utopia, que não é, mas que está se tornando perigosamente utilizada para radicalismos inaceitáveis!

  3. Clubes Naval e de Aeronáutica convocam para os atos pró-Bolsonaro
    O Antagonista

    Militares e seus familiares estão sendo convocados para as manifestações pró-Bolsonaro no próximo domingo.

    Em texto divulgado no site oficial, o Clube de Aeronáutica encara os atos como “demonstração de total apoio às reformas almejadas pelo governo federal e à Operação Lava Jato”.

    “Venham e participem, pelos nossos filhos e netos, por patriotismo, idealismo e valores morais”, diz trecho do comunicado.

    Também em nota, o Clube Naval registra sua “concordância com as manifestações (…) em apoio às medidas imprescindíveis à recuperação econômica e social do país”.

  4. O Clube Militar também decidiu fazer uma convocação para os atos de domingo pró-Jair Bolsonaro.
    O Antagonista

    Diz o texto publicado no site oficial:

    “O Clube Militar, tradicionalmente preocupado com os assuntos atinentes ao desenvolvimento da Nação Brasileira, vem convocar seu Quadro Social e convidados a participarem das manifestações a serem levadas a efeito em todo o território nacional, apoiando o Governo Federal na implementação das reformas necessárias à governabilidade.”

Deixe um comentário para Marcos Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *