Bolsonaro critica ações contra aliados e ameaça: “Está chegando a hora de tudo ser colocado no devido lugar”

Bolsonaro disse que operação realizada pela PF foi “abuso”

Daniel Gullino
O Globo

O presidente Jair Bolsonaro classificou nesta quarta-feira a operação realizada na véspera contra aliados seus, por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), como “abuso” e afirmou que “está chegando a hora de tudo ser colocado no devido lugar”, mas disse que não será o “primeiro a chutar o pau da barraca”, sem explicar a que estava se referindo.

“Eu não vou ser o primeiro a chutar o pau da barraca. Eles estão abusando. Isso está a olhos vistos. O ocorrido no dia de ontem, quebrando sigilo de parlamentares, não tem história nenhuma vista em uma democracia por mais frágil que ela seja. Está chegando a hora de tudo ser colocado no devido lugar”, disse Bolsonaro a apoiadores, na saída do Palácio da Alvorada.

QUEBRA DE SIGILO – No âmbito do mesmo inquérito em que foi realizada a operação, o ministro Alexandre de Moraes, do STF, determinou a quebra do sigilo bancário de 11 parlamentares bolsonaristas para apurar se eles atuaram no financiamento de atos antidemocráticos, que pediam o fechamento do STF e do Congresso Nacional.

Segundo Bolsonaro, “está chegando a hora” de “todos, sem exceção, entenderem o que é democracia”. Ele disse que cada um dos Três Poderes não pode fazer o que quiser. “Está chegando a hora de nós acertamos o Brasil no rumo da prosperidade e de  todos, sem exceção, entenderem o que é democracia. Democracia não é o que eu quero, eu e você, o que um Poder quer, o que outro Poder quer. Está chegando a hora, fique tranquila”, disse.

MEDIDAS LEGAIS – Na noite de terça-feira, em um texto publicado em suas redes sociais que não mencionou a operação, Bolsonaro já havia criticado “ataques concretos” contra seu governo e prometeu tomar “todas as medidas legais possíveis”. Os comentários desta quarta-feira foram feitos após uma apoiadora afirmar que os outros Poderes não deixam Bolsonaro governar.

O presidente disse estar fazendo “exatamente o que deve ser feito” e reclamou dos que o criticam sem ter a mesma experiência. “Desde os anos 70 eu já estava na luta armada. Eu conheço tudo que está acontecendo no Brasil. Você está falando respeitosamente comigo. Mas tem gente que nasceu 40 anos depois do que eu e  quer dizer como eu devo governar o Brasil. Eu estou fazendo exatamente o que deve ser feito”, afirmou.

Bolsonaro ainda disse que “terrorismo” não é “o que alguns estão achando”: “Terrorismo é você meter carro bomba em guarita no Exército, meter bomba em aeroporto dos Guararapes. É um montão de coisas. Terrorismo é isso, não é o que alguns estão achando que é”, finalizou.

19 thoughts on “Bolsonaro critica ações contra aliados e ameaça: “Está chegando a hora de tudo ser colocado no devido lugar”

  1. Comparação é pouco.
    Atribuo mesmo que Bolsonaro e bolsominios sejam nazofascistas.
    O que significa “ucranizar” que tanto defendem (?)

    Está posição nazofascista é clara como a luz solar.

  2. BOLSONARO E SUA LUTA DESIGUAL CONTRA O SISTEMA
    Muitos dizem que Bolsonaro usa agora a mesma NARRATIVA VITIMISTA que antes Lula usava contra as “ZILITIS deste país”. No caso de Bolsonaro, além das ZILITES tem todo um SISTEMA que não o quer no poder. Mas a narrativa encontra seu fundamento quando damos os nomes dos bois deste SISTEMA que fazem oposição covarde e ferrenha para manterem suas pautas progressistas bem como seus interesses e benefícios pessoais intocados:
    -Parte do STF
    -Membros da OAB
    -Banda Podre do Congresso e Senado
    -Banda Podre da Cultura Nacional
    -CUT
    -MST
    -Comunistas, Partidos de Esquerda e Centro Esquerda
    -LGBTS
    -Reitores e Educadores de Faculdades Públicas Federais
    -Isentoes e traíras
    -Desafetos históricos e pessoais de Bolsonaro
    -Foro de São Paulo
    -China, Cuba e Rússia
    -Radicais de Esquerda
    -Crime Organizado (Nacional e Internacional)
    -Narcotraficantes
    -Rede Globo e imprensa oposicionista
    -George Soros e seus asseclas por ele patrocinados.
    Bolsonaro realmente o seu maior defeito é falar a verdade em uma sociedade acostumada a viver de mentiras.

    “Está chegando a hora de tudo ser colocado no devido lugar”.

    Eles gora tremem e temem.

  3. Bolsonaro se pretendesse agir democraticamente, nos termos dos livrinhos e o livro dos livros, não teria esse comportamento.

    Uma verdade de que o Brasil fosse conservador, não se dúvida. Que seja atualmente, já não podemos assim concluir.

    Ainda que fosse retorlmar um conservadorismo, isso se faz mediante escolhas democráticas.

    A eleição de um candidato conservador à Presidência, ao Governo do Estado ou Prefeitura nada mais significa senão que as ações de governo sejam mais alinhados a esse discurso

    – Mas sem representatividade no Poder Legislativo muito pouco se avança no conservadorismo. Tudo deve ser negociado.

    Ainda assim, caso fosse maioria no Legislativo somado ao Executivo conservador eleito, importa lembrar que, num Estado de Direito Democrático, o Poder Judiciário tem função contramajoritária, de garantia dos direitos fundamentais, da dignidade humana, de proteção da minoria contra o abuso da maioria.

    Um exemplo de que o mandatário não pode tudo vemos na Casa Branca. O Presidente Trump, que proibiu a entrada de uma jornalista, teve, depois, de recuar.
    – Aqui nossos profissionais da Imprensa são perseguidos e boicotados, coletivas são fechadas para grupos e entrevistas são dadas seletivamente.

    • * Vamos lembrar que Bolsonaro fugiu de todos os debates.
      Então, depois de eleito, não gosta de receber todos os profissionais. Fica incomodado com certas perguntas.
      – Ah… Saudades da Dilma que, mesmo atacada, demonstrava paciência e atendia a Imprensa sem distinção de tratamento.

    • * Mesmo Trump conservador com Senado conservador encontra limites na Câmara progressista e temos ainda o Judiciário que determinou, no exemplo citado, que a Casa Branca se abstivesse de impedir acesso de jornalista nas coletivas.

  4. Só pra relaxar.

    “Exército já gastou quase meio milhão de reais com cloroquina desde março.
    Laboratório da força armada produziu 2,25 milhões de comprimidos, mas nega fabricação em massa do remédio que não tem eficácia comprovada contra Covid-19”.

    Esse Bozo é burro mesmo!

  5. Realmente, está chegando a hora de colocar as coisas nos lugares certos, inclusive os bandidos fantasiados de políticos, e os parafusos frouxos, com roscas espanadas. “Desde os anos 70 eu já estava na luta armada. Eu conheço tudo que está acontecendo no Brasil. Você está falando respeitosamente comigo. Mas tem gente que nasceu 40 anos depois do que eu e quer dizer como eu devo governar o Brasil. Eu estou fazendo exatamente o que deve ser feito.” O Bolsa fala de um jeito que dá impressão que ele tem muita culpa nesse cartório, que fez tanta merda em nome da famigerada ditadura, fora de controle, que a dita-cuja deve ter ficado de rabo preso com ele, e até por isso ao invés de expulsá-lo face às suas cagadas quartelescas, o promoveu a capitão, e jogou o sapo na lagoa podre da politicalha carioca onde só dá gente final, Cabra e CIA, onde o filho fez carreira, brilhante, junto com o Queroizão, nas “rachadinhas” e nos “rolos” , imóveis, carros e CIA.

  6. Será, Ceará, que caiu a ficha, e que, enfim, ele vai ter a dignidade de acatar a verdade que liberta e, por conseguinte, render-se, pacificamente, e levar consigo, à rendição, o sistema político podre por inteiro, de porteira fechada, em prol do Projeto Novo e Alternativo de Política e de Nação, como propõe a RPL-PNBC-DD-ME, a Mega-Solução, com Democracia Direta e Meritocracia, o novo caminho para o novo Brasil de verdade, porque evoluir é preciso, pela redenção da política, da democracia, do país e da população, na boa, na moral e no jogo limpo ? Ou será que ele está apenas blefando, outra vez, à moda camaleão, dissimulado, embusteiro, com sua dubiedade costumeira, bipolar, conduzindo o país rumo à Brazuela, que, a contrário senso, tb poderá chegar à Nova Europa face à possível reação popular, à moda dissolução da união soviética e formação de uma nova comunidade solidária de estados independentes, pelo próprio povo, diretamente, que reagiu nas ruas e venceu o exército russo, o mais poderoso do mundo, que via golpe tentou impedir a abertura democrática total daquele país e daquela região, sendo derrotado pelo próprio povo que fez as mudanças geopolíticas necessárias naquele país e região com as próprias mãos? O fato é que se ele partir para a loucura total e escancarar as portas da ilegalidade, afrontar a Constituição, aí tudo será possível, inclusive o aparentemente impossível, tal seja a transformação do Brasil numa Confederação pelas mãos do próprio povo, diretamente, que, em sã consciência, já não aguenta mais tanto sofrimento em vão, à toa, causado pelo sistema podre e sua horda de ladrões. A conferir. Tempo ao tempo. http://www.tribunadainternet.com.br/bolsonaro-critica-acoes-contra-aliados-e-ameaca-esta-chegando-a-hora-de-tudo-ser-colocado-no-devido-lugar/?fbclid=IwAR1T9GOvapsAJ0XZeqjCTMrGx3C6UzLwIRtWfAw5ZgE5pyfTn427s9YRwBE

  7. Agora a pouco na posse do Mário Frias, o seu Jair afinou na frente do Toffoli, dizendo que a Constituição tem que ser respeitada.

    Baixou o tom, feito um totozinho.

  8. A cada dia e a cada nova declaração o boçal se parece mais e mais com aquela infeliz ex-presidanta, o cara não sabe o que diz, de tanta besteira que diz. Que loucura é esta agora, “está chegando a hora de tudo ser colocado no devido lugar”? O que o boçal quer é que os militares darem um golpe com ele no comando, hipótese bastante improvável. Até quando vamos ter que suportar este boçal?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *