Bolsonaro deve se reunir com empresários para acertar a desoneração da folha de salários

Quem é Eduardo Gomes, novo líder do governo no Congresso?

Líder Edurado Gomes faz a intermediação do acordo

Valdo Cruz
G1 Política

O presidente Jair Bolsonaro deve se reunir com representantes dos 17 setores beneficiados pela desoneração da folha de pagamento para fechar um acordo para manter a redução no pagamento de tributos até o final de 2021. Com isso, o Congresso deve derrubar, na semana que vem, o veto presidencial à medida.

O líder do governo no Congresso, senador Eduardo Gomes (MDB-TO), disse à GloboNews que ele e os demais líderes estão articulando a reunião.

PAUTA DA DISCUSSÃO – A proposta de acordo que está sendo fechada prevê que a desoneração seria mantida até o final do ano que vem com a derrubada do veto presidencial. Além disso, os 17 setores apoiariam medidas que o governo vai propor para financiar a desoneração para todos os setores da economia.

“Estamos construindo um acordo que passa pela manutenção da desoneração, importante para evitar demissões nestes setores, e conseguir destes grupos o apoio para as medidas que o governo está propondo para garantir a recuperação da economia brasileira”, afirmou o líder do governo no Congresso.

UMA SOLUÇÃO – “Há uma articulação dos líderes para que o presidente receba os 17 setores e ajuste uma solução que passe pela prorrogação da desoneração e pelo apoio às medidas que irão proporcionar uma desoneração mais ampla a partir da aprovação das reformas, sendo dada a autorização para a derrubada do veto”, acrescentou o líder.

O senador informou ainda que a expectativa é que, fechado esse acordo, o veto à desoneração seja colocado em votação na quarta-feira da próxima semana. Nesta sessão do Congresso Nacional, o veto seria derrubado.

3 thoughts on “Bolsonaro deve se reunir com empresários para acertar a desoneração da folha de salários

  1. Justiça do Trabalho, o atraso do país. Só juízes com seus servidores e sindicatos ganham com esta situação surreal.

    Um dia isto acabará e o país empregará milhões que hoje estão na informalidade.

    • Com licença, Professor, essa “desoneração da folha de salários” se refere a Que, por favor?
      INSS, talvez? Isso não tornará impossível sua vida?
      E o do FGTS, e o do PiS-PASEP?
      Não estou entendendo…

  2. A solução Guediana é desonerar os grandões, não taxar convenientemente as grandes fortunas e o sistema financeiro, para no final enviar a conta a massa brasilleira através da CPMF e na classe média acabar com desconto para educação e saúde. Grande escola de Chicago.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *