Piada do Ano! Bolsonaro diz que apagão no Amapá “não tem nada a ver com o governo federal”

Charge do Pater (portalcontexto.com.br)

Ingrid Soares
Correio Braziliense

O presidente Jair Bolsonaro voltou a dizer na tarde desta quarta-feira, dia 25, que o apagão no Amapá “não tem nada a ver” com o governo federal e que “não era competência ou atribuição” dele resolver o problema, mas que dispôs de boa vontade. A declaração ocorreu durante reunião com investidores promovido pelo grupo Voto.

“O que foi feito no Amapá, um problema sério que tivemos no dia 3 de novembro, a questão da energia elétrica, não tem nada a ver com o governo federal. Mas, como nós somos aqui um governo de 210 milhões de brasileiros, nós fomos para lá. E em menos de duas semanas o assunto foi resolvido”, apontou.

MEDIDA PROVISÓRIA – No dia 21, a convite do presidente do Senado, Davi Alcolumbre, Bolsonaro visitou duas subestações de energia no estado e prometeu assinar uma medida provisória que isenta consumidores do Amapá do pagamento da conta de luz por 30 dias retroativos. O montante será pago pela União.A expectativa é de que o documento seja assinado no final da tarde desta quarta após a volta de Bolsonaro de viagem a São Paulo, na Base Aérea de Brasília, com a presença de Alcolumbre e do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

Ainda na visita ao Amapá, Bolsonaro falou sobre as medidas iniciais que foram tomadas desde o dia 3 de novembro, quando o estado foi assolado por um apagão total e destacou que as ações tomadas ajudarão a acelerar o restabelecimento de energia, ainda que não seja atribuição federal. Ele completou que “nos próximos dias”, o estado estaria operando com capacidade máxima. Segundo o MME, o fornecimento de energia elétrica foi 100% restabelecido na terça-eira, dia 24, com a energização do segundo transformador na subestação Macapá.

A crise no estado teve início após um incêndio, em noite de tempestade, que levou a danos significativos numa subestação de energia elétrica, deixando 13 das 16 cidades do estado no escuro. Um novo blecaute atingiu a região no último dia 17.

16 thoughts on “Piada do Ano! Bolsonaro diz que apagão no Amapá “não tem nada a ver com o governo federal”

  1. O Amapá não pertence ao Brasil. Esta é a verdade. Apenas temos que aturar o pres do Senado. Mas o senado não é Brasil. Skrotinhos 01, 02 e 03 pertencem a matriz.
    O skrotão 00 tá de passagem por aqui.

  2. Me dizem que eu tenho prazer em bater em Bolsonaro zero Zero,mas é possível aceitar tamanha inabilidade para resolver problemas que necessitam de velocidade de soluções?

    Respostas impulsivas,estúpidas,geram um novo problema em cima do problema.

    PS-Como sempre digo: Bolsonaro Zero Zero é um preguiçoso contumaz.

    Tem problema no Amapá? Deixa as coisas se solucionarem por si mesmas…
    .
    Tem problema na Saúde? É o ministro que resolva…

    Tem problemas na economia (totalmente errática)
    com Nero ? O Nero (Paulo Guedes) do posto Ipiranga que resolva….eu não entendo nada de economia (afirmação trágica para quem ficou 28 anos como deputado,e não aprendeu nada).
    (…)
    Mas afinal,o que faz Bolsonaro zero Zero de útil no governo(?) ?

    • Desculpa, Germani, mas se um transformador da Light explode aqui e deixa o RJ sem energia elétrica, o problema é de Brasília ou é resultado da privatização que só visa o lucro e C&A para a manutenção ?

      Já disse, Bolsonaro & Filhos qsf, mas se seguirmos a cartilha do blog o tempo todo, cometeremos injustiças e disparates. Por exemplo: nunca se associou Pelé (ou Edson) ao tráfico de drogas. Pela lógica cá reinante, ele deveria ser, pois o filho o é. Seria uma injustiça.

      • Discordo,Rocco!

        O governo federal em casos extremos (quer maior caos do que a falta total de energia elétrica em um estado) deve agir IMEDIATAMENTE
        para corrigir o acontecido,e depois,
        pela lei,processar os culpados pela negligência.Seja empresa estatal (nossa Senhora!!!),seja empresa privada.

        PS-No caso do Amapá,é evidente que não houve controle e aplicações dos protocolos técnicos de manutenção.
        O que a empresa fez foi criminoso.

        PS-Colocar como causa a privatização,não é a análise correta.

        PS2-O que ocorre nas privatizações aqui em Sucupira (Brasil) é promover privatizações totalmente fora dos padrões da economia liberal.

        BNDES financia tudo a perder de vista,com juros subsidiados.

        BNDES não tem que financiar nada.
        Os investidores que se virem para pagar.

        Contratos de concessão com cláusulas que isentam responsabilidades em ocorrências
        técnicas,tal como aconteceu.

        • Muito bem. O que fizeram os Sarneys ? O próprio presidente do Senado ? Acredite: se houvesse mesmo a tal culpa atribuída, o STF já teria enquadrado o Planalto, como já o fez várias vezes.

          Você não vê problema na privatização, mas não coisa pior para o contribuinte do que privatizar algo que é monopólio. Exemplo: a quem pertence as tubulações de água e esgoto do município do RJ ? Privatize-se e teremos uma empresa absoluta sem concorrente algum para lhe encher o saco. Assim acontece com a energia elétrica. As reguladoras ? Basta molhar a mão de seus diretores.

          Ainda bem que há concorrência suficiente na telefonia.

          Como poderia ter dito o falecido Chico: “No princípio era o Verbo. Depois, veio a Verba e, com ela, a propina”.

          • Sim caro Rocco.

            A defesa que faço das privatizações inclui a expansão do mercado.

            Mas,já é um início privatizar,
            tirar do domínio do Estado.

            PS-E o cartel dos bancos?

            PS2-O Brasil pelo número de habitantes que tem deveria ter no mínimo 100
            bancos de diversas bandeiras.

            PS3-Mesmo a telefonia,
            ainda precisa aumentar o número de operadoras.

            PS4-Veja como é o mercado nos EUA.Um exemplo perfeito.

  3. Pois é, e a ANEEL não teria responsabilidade por culpa “in vigilando”?

    A ANEEL faz parte de qual ente federativo?

    Querer tirar a responsabilidade do governo federal sobre o apagão no Amapá é coisa de torcedor fanático.

    • Assim vocês querem. Como eu disse, Pelé é traficante, pois seu filho é.

      As agências reguladoras são um cabide que FHC criou para colocar apaniguados que defendem os interesses de seus próprios “regulados”, digamos. Se funcionassem, não teríamos de ir aos juizados especiais cíveis para reclamarmos nossos direitos, entendeu ?

  4. Tem sim e muita porque a agência reguladora do setor é federal e não fez o que devia ter feito. A Aneel existe só para dar emprego para amigos e apaniguados de políticos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *